Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16852
Title: Sob a mira da Câmara: viver e trabalhar na cidade de São Luís (1644-1692)
Authors: Ximendes, Carlos Alberto
metadata.dc.contributor.advisor: Raminelli, Ronald José
metadata.dc.contributor.members: Oliveira, Anderson José Machado de
Guimarães, Carlos Gabriel
Wanderley, Marcelo da Rocha
Chambouleyron, Rafael Ivan
Issue Date: 2010
Abstract: Este trabalho tem por objeto de estudo a influência da Câmara da cidade de São Luís na vida de seus moradores, no período de 1644 a 1692. Nossa atenção se volta, num primeiro momento, para compreender os mecanismos de funcionamento da instituição, ao destacar os "homens bons" que dela faziam parte, seus cargos e suas desavenças internas, o processo eleitoral, a periodicidade das reuniões. Num segundo momento, mostramos como essa instituição atuava e interferia na vida da população ludovicense, quer através das ações de seus funcionários, quer pelas posturas adotadas ou por meio da fomentação de um clima de vigilância mútua que era comum entre os moradores, em parte estimulada para prática da delação premiada. A população de São Luís nesse período, ao nascer, já sentia a presença da instituição, pois era esta que definia as pessoas responsáveis por cuidar da saúde e das autorizações para a construção de casas, bem como pelo exercício das profissões. Para se vender qualquer produto, era necessário ter licença da Câmara; os momentos lúdicos também eram por ela controlados. Assim, viver e trabalhar na cidade de São Luís naquele momento significava estar sob a mira da Câmara.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/16852
Appears in Collections:PPGH - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sob a mira da Câmara_ Viver e trabalhar na cidade de São Luís (1644-1692).pdf2.15 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons