Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/17094
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMoraes, Renata Figueiredo
dc.date.accessioned2021-03-10T19:09:33Z-
dc.date.available2008-02-13
dc.date.available2021-03-10T19:09:33Z-
dc.date.issued2007-03-14
dc.identifier.urihttps://app.uff.br/riuff/handle/1/17094-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2021-03-10T19:09:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissert_MORAES_Renata_Figuereido.pdf: 815096 bytes, checksum: ebd67eb1f4af4697a9370f452d4c2b8b (MD5) Previous issue date: 2007-03-14en
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAbolição da escravatura, 1888por
dc.subjectHistoriografiapor
dc.subjectDuque-Estrada, Osório, 1870-1927por
dc.subjectOsório Duque-Estradapor
dc.subjectHistoria do Brasilpor
dc.subjectAboliçãopor
dc.subjectRepúblicapor
dc.subjectHistória e memóriapor
dc.subjectBrasilpor
dc.titleOs maios de 1888 : história e memória na escrita da História da Abolição, o caso de Osório Duque-Estradapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIApor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Históriapor
dc.publisher.departmentHistóriapor
dc.contributor.advisor1Abreu, Martha Campos
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0437999126739133por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7422043520205798por
dc.description.resumoEsse trabalho analisa a construção da História da Abolição, a partir da obra do Historiador Joaquim Osório Duque-Estrada (1870-1927). Em 1913, Duque-Estrada iniciou a escrita do livro Abolição, um esboço Histórico, publicado em 1918. Nele, o autor analisou o processo abolicionista a partir das leis anteriores a 1888 e também as ações do movimento e da adesão popular. A participação de Duque-Estrada nos momentos finais do movimento serviu para que nessa sua escrita introduzisse elementos da sua memória e também daqueles com quem conviveu durante esse período, contribuindo, dessa forma, para as discussões em torno da memória da Abolição, principalmente ao se opor à continuidade da valorização da imagem da Princesa Isabel, a Redentora, ao mesmo tempo que inseriu novos sujeitos ao processo. Deste modo, essa dissertação discute os caminhos traçados pelo autor para a escrita da História da Abolição e participa dos debates em torno dos símbolos e dos heróis do fim da escravidão no Brasil.por
Appears in Collections:TEDE com arquivos

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dissert_MORAES_Renata_Figuereido.pdf795.99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.