Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1721
Title: Diagnósticos e intervenções de enfermagem em pediatria: manual de orientação
Authors: Oliveira, André Luiz Gomes de
metadata.dc.contributor.advisor: Silvino, Zenith Rosa
metadata.dc.contributor.members: Rodrigues, Elisa da Conceição
Correia, Dayse Mary da Silva
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Oliveira, André Luiz Gomes de. Diagnósticos e intervenções de enfermagem em pediatria: manual de orientação. 2015. 258 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2015
Abstract: O objetivo geral desta pesquisa é produzir um manual de orientação sobre diagnósticos e intervenções de enfermagem, para a clientela das unidades de internação de um hospital público pediátrico do Estado do Rio de Janeiro. Objetivos específicos: identificar os diagnósticos de enfermagem nos prontuários das crianças internadas; estabelecer a prevalência dos diagnósticos de enfermagem das crianças internadas; levantar nos prontuários de crianças as intervenções de enfermagem relacionadas aos respectivos diagnósticos de enfermagem. Material e método: pesquisa realizada obedecendo à resolução 466/12, com parecer circunstanciado nº 849.957 do CEP do HUAP e CAAE nº 35037314.3.0000.5243. Tipo de Estudo: documental, exploratório, retrospectivo, com abordagem quantitativa. Cenário: um Hospital Público Pediátrico do RJ. Critérios de Inclusão: prontuários de crianças que foram internados no hospital entre janeiro e dezembro de 2013. Critérios de Exclusão: prontuários de crianças que permaneceram menos de 48h de internação, de crianças que permaneceram internadas na emergência e de neonatos. Amostra: 333 prontuários. Análise: tabulados utilizando-se o Excel® 2010 e analisados pelo software S.A.S® System, versão 9.3.1. Resultados: observa-se prevalência de prontuários de crianças entre 1 mês a 5 anos, sendo 75,97% da amostra, no entanto, foram utilizados prontuários de crianças até 13 anos. Tempo médio de internação 8,55 dias. Identificada a ocorrência de 105 registros como diagnósticos de enfermagem. Diagnósticos NANDA-I mais frequentes: risco de infecção, hipertermia e integridade da pele prejudicada. Intervenções de enfermagem mais frequentes: verificar sinais vitais, registrar queixas de dor e características, registrar frequência e características das eliminações. A partir dos resultados produziu-se o manual de orientação aos enfermeiros nos formatos impresso e e-book. O manual aborda as necessidades humanas de Horta e em relação às intervenções de enfermagem, complementou-se com outras fontes, principalmente a NIC. Está dividido em 03 partes de acordo com a faixa etária. Contribuições: espera-se contribuir com a gerência de enfermagem à qualificação, documentação e visibilidade da enfermagem da instituição estudada e servir de subsídio para pesquisas sobre Sistematização da Assistência de Enfermagem e sua implementação nos serviços de saúde pediátricos
metadata.dc.description.abstractother: The general objective of this research is to produce a guidance manual on diagnoses and nursing interventions for the costumers of inpatient units of a pediatric public hospital in the state of Rio de Janeiro. As specific goals: to identify nursing diagnoses in medical records of inpatient children; to establish the prevalence of nursing diagnoses of inpatient children; to survey in the children medical records the nursing interventions related to the respective nursing diagnoses. Materials and methods: A survey performed obeying the Resolution 466/12, with detailed opinion No. 849.957 of HUAP CEP and CAAE No. 35037314.3.0000.5243. Study Type: documentary, exploratory, retrospective with a quantitative approach. Scenario: a Pediatric Public Hospital of Rio de Janeiro. Inclusion criteria: children medical records that were hospitalized in the Hospital from January to December of 2013. Exclusion criteria: medical records of children that spent less than 48 hours of hospitalization in the hospital wards, medical records of children who remained hospitalized in emergency and medical records of neonates. Sample: composed of 333 medical records. Analysis: they were plotted using the Microsoft Excel 2010 software and analyzed by S.A.S® System software, version 9.3.1. Results: it is observed the prevalence of child medical records between 1 month to 5 years, being 75.97% of the sample, however, medical records of children up to 13 years were used. The average length of hospitalization was 8.55 days. Identified the occurrence of 105 medical records as nursing diagnoses, being the most frequent NANDA-International nursing diagnoses: infection risk, hyperthermia and integrity of damaged skin. Most frequent nursing interventions: check vital signals, filing complaints of pain and characteristics, filing frequency and nature of the deletions. From the results produced the guideline manual for nurses in print and e-book formats. The manual addresses the human needs of Horta and in relation to nursing interventions, as well as, supplemented with other sources, especially the NIC. It is divided into 03 shares according to age group. Contributions: it is expected to contribute to the nursing management in order to facilitate the qualification, documentation and visibility of nursing service of the studied institution and provide support for research in the field of systematization of nursing care and its implementation in pediatric health services
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/1721
Appears in Collections:MPEA - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
André Luiz Gomes de Oliveira.pdf3.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.