Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/175
Title: Música de subúrbio: cultura popular e música popular na hipermargem de Belém do Pará
Authors: Costa, Tony Leão da
metadata.dc.contributor.advisor: Amaral, Adriana Facina Gurgel do
metadata.dc.contributor.members: Lopes, Adriana Carvalho
Costa, Antonio Maurício Dias da
Palombini, Carlos Vicente de Lima
Issue Date: 2013
Citation: Costa, Tony Leão da. Música de subúrbio: cultura popular e música popular na hipermargem de Belém do Pará. 2013. 311 p. Tese (Doutorado em História) - Departamento de História, Universidade Federal Fluminense. Niterói, 2013. Disponível em: <http://www.historia.uff.br/stricto/td/1452.pdf>.
Abstract: O presente estudo trata de um duplo e complementar fenômeno histórico. Primeiro, elucida uma tradição de elaboração de música popular no Pará a partir da cidade de Belém. Essa tradição foi constituída de uma vertente de música identitária, que tem no carimbo o seu principal símbolo, e de uma segunda vertente de música popular “povão”, a qual se estabeleceu marginalmente junto à primeira. Essas duas vertentes constituíram a tradição local que está, por sua vez, em constante processo de mudança e reelaboração. Como pano de fundo desse processo esteve a “hipermagem” da cidade de Belém, entendida como o território da cultura popular e musical dos subúrbios e periferias, e suas conexões com o interior do estado do Pará e com o “centro” da cidade. Esse território marginal é visto aqui como mediador, por excelência, de gostos musicais subalternos, que em alguns momentos tenderam a se expandir e a contribuir para a constituição da tradição musical local. O segundo tema aqui estudado é a relação de aproximação e/ou afastamento entre essa tradição local e a grande tradição da música popular no restante do Brasil. Os contatos da “música regional” com a “música brasileira” estiveram sempre permeados por uma tensão constituinte, geradora de diferenciação e de identidades mais ou menos intercambiáveis. Observou-se, portanto, que, a partir da hipermagem da cidade de Belém, gostos e gêneros musicais foram cultivados, reelaborados e expandidos para a tradição local, mediados por agentes como a indústria cultural, a intelectualidade artística e a rede de festas populares. Em um circuito mais amplo, essa mesma tradição local estabeleceu contatos com a grande tradição nacional ou com tradições musicais alternativas, como a música caribenha. O mundo cultural da hipermagem e as conexões de sua cultura popular e musical a partir de Belém constituíram uma narrativa sonora subalterna e divergente à narrativa oficial e aos padrões de gosto da tradição musical do Pará e do Brasil.
metadata.dc.description.abstractother: The present study is about a double and complementary historical phenomenon. First, the scheduling of a tradition of popular music in Pará starting from Belém city. This tradition was built from a strand of identitary music which has “carimbó” as its main symbol and a second strand of popular music “povão” that established slightly with the first. These two strands settled down the local tradition that is, in its turn, in a constant process of changing and redesigning. The “hipermargem” of Belém was working as a background of this process, which is understood as folk culture and musical territory of the suburbs and peripheries and their connections with the interior of Pará state nad the “center” of the city. This unrestrained territory is seen here as a worth mediator of subordinate musical tastes that sometimes tended to expand and contribute to the local musical tradition establishment. The second topic studied here is the closeness and/or deviation relationship of this local tradition with the great popular music tradition in the rest of Brazil. The contacts of “regional music” with “Brazilian” music have always been permeated with a basic tension, generating differentiation and more or less interchangeable identities. It was observers, therefore, that since the “hipermargem” of Belém tastes and musical genres were cultivated, reworked and expanded to the local tradition, mediated by agents such as the culture industry, the artistic intellectuality and the popular festivals network. In a wider circuit this same local tradition established contacts with the great national tradition or with alternative musical traditions such as Caribbean music. The “hipermargem” cultural world and its folk culture and musical connections from Belém constituted a sound subordinate narrative opposite to the official narrative and patterns of taste and musical tradition of Pará and Brazil.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/175
Appears in Collections:PPGH - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Costa, Tony Leao-Tese-2013.pdf2.33 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons