Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2092
Title: Uso de áreas marginais na construção de um APL voltado para uma população em envelhecimento
Authors: Costa, Anna Flávia Nunes da
metadata.dc.contributor.advisor: Teixeira, Marcos Alexandre
metadata.dc.contributor.members: Teixeira, Marcos Alexandre
Silva, Flávio Castro da
Hamacher, Leonardo da Silva
Machado, Thelma de Barros
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O Brasil Rural vive hoje duas grandes realidades que afetam diretamente na produtividade agrícola: o êxodo rural, reflexo das grandes mudanças sofridas no campo, sobretudo da população jovem, que buscam, no meio urbano melhores condições de vida, com maiores oportunidades de educação e melhores postos de trabalho; e o envelhecimento da população rural, com o aumento da expectativa de vida do país, consequência do maior investimento em políticas públicas em saneamento, saúde. Tais realidades trazem como resultado principal, a falta de mão-de-obra atuante no campo, sobretudo nas ditas propriedades familiares, onde a produção é pouco mecanizada e depende, muitas vezes, de trabalhos manuais, braçais e pesados. O presente estudo busca delinear um novo modelo de Arranjo Produtivo Local – APL, mais inclusivo com a mão-de-obra disponível, a ser desenvolvido junto aos pequenos produtores rurais de maior idade, visando um aumento no capital produtivo da propriedade e oferecendo uma complementação de renda, com a adoção do cultivo de culturas permanentes, como pimenta do reino, urucum e fitoterápicos, de maior valor agregado, sem, no entanto, afetar sua produção principal, uma vez que se propõe o uso das áreas marginais para a adesão de tais práticas. Tal modelo, sendo testado e tendo seu sucesso reconhecido por um órgão fomentador competente, pode refletir na adoção de novas políticas de desenvolvimento regional, que conjecturem a necessidade de se empregar de forma produtiva o contingente cada vez maior de mão-de-obra de melhor idade, tornando suas propriedades mais lucrativas e representando um ganho para a agricultura do país, uma vez que que o resultado final culmina no aumento da produtividade agrícola. APL foi elaborada a partir de um estudo de caso realizado na comunidade de assentados localizada na antiga Fazenda do Engenho Novo – Monjolos, São Gonçalo, cujo órgão fomentador responsável é o Instituto de Terras e Cartografia do Estado do Rio de Janeiro – ITERJ.
metadata.dc.description.abstractother: Rural areas in Brazil, face two main issues that impacts the agricultural productivity: rural exodus (due to the big changes as a result of the green revolution, where young generations go to the cities for better living conditions and better educational opportunities and better jobs; and the aging of the rural population, with the increase of the life expectancy in the country as a result of investment on national policies on sanitation and health. The combination on those factors lead to the lack of labor capacity in the field, especially in the family based farming system, where mechanization has a low role and production relays on muscle manual heavy work. The present work seek to draw the bases for casting a new Local Productive Arrangement (APL in Portuguese), more inclusive to small properties elderly rural workers, in the pace to incorporate permanent productive capital as well as becoming an option on income increase in adopting permanent crops cultivation. As examples of such crops one can list: pepper, urucum and herbal medicinal plants with higher aggregated value, without affecting the main crop system as it is envisaged to us marginal areas for such implementation. Such a model, been tested and having its success recognized by supporting agencies, does can reflect in the adoption of new regional development policies, that could offer an option to include the increasing aging working force in a productive way, making the single owned production capital of these part of the population more profitable, impacting in the country agricultural sector, as add the general result on the agricultural productivity. APL, development methodology was developed and applied – as a case study – at the rural community of the former Fazenda do Engenho Novo – Monjolos, in São Gonçalo city Rio de Janeiro State – Brazil, under the tutoring of the Instituto de Terras e Cartografia do Estado do Rio de Janeiro – ITERJ.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2092
Appears in Collections:TGR - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
11043002-COSTA-AFN_da_TCC2_2014-12-10.pdf2.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.