Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2099
Title: A educação e a mobilidade de classe: um estudo de caso entre professores do Instituto de Educação de Angra dos Reis
Authors: Reis, Lidiomar Francisca
metadata.dc.contributor.advisor: Requião, Luciana Pires de Sá
metadata.dc.contributor.members: Lima, André Luiz Dias
Oliveira, Marcos Marques de
Issue Date: 9-Aug-2016
Abstract: Esse trabalho foi desenvolvido a partir de uma conversa informal com uma professora de ensino médio da cidade de Angra dos Reis. Durante a nossa conversa, ela se mostrou muito descrente com a possibilidade de que alguém pudesse sair da classe social no qual está inserida e passar por uma mobilidade social (como se classe social fosse predeterminante do seu futuro). Diante disso, surgiu a necessidade de entender quais são as determinações que propiciam a algumas pessoas uma ascensão social enquanto que a outras não. Para execução desse trabalho foram feitas algumas revisões bibliográficas e um estudo de caso com professores do Instituto de Educação de Angra dos Reis, da Universidade Federal Fluminense (IEAR / UFF) que conseguiram burlar o sistema capitalista em que vivem e se tornarem doutores, quando o contexto social deles não os possibilitaria tal mobilidade. Vimos que vários fatores contribuem para a ascensão social, dentre eles, porém, o apoio dado pelas famílias, principalmente da mãe, quando este vem aliado de uma personalidade forte, tem grande influência sobre as mudanças sociais que ocorrem com o indivíduo. No entanto, quando o aluno não encontra bases na família ou nos grupos sociais no qual ele está inserido, a escola é o instrumento usado como agente capaz de dar diretrizes para que o aluno decida a carreira que quer seguir.
metadata.dc.description.abstractother: This study was developed, from the, a casual talk, with a high school teacher of the Angra dos Reis city. During the conversation she showed to be very skeptical about the possibility that someone could leave the social class in which it is inserted and pass through a social mobility (As if social class could define the future of someone). Thus, the need to understand what are the variables that lead to some people a social rise while others do not. To perform this study, were made some bibliographic reviews and a case study with teachers of the Educational Institute of Angra dos Reis of the Federal Fluminense University (IEAR / UFF), who got to evade the capitalist system where they live and become doctors while their social context could not allow such mobility. However, when the student finds no basis in the family or in social groups in which it is inserted, the school is the instrument used as an agent able to give guidelines for the student to decide the career you want to follow
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2099
Appears in Collections:SGG- Trabalho de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A educação e a mudança social final.pdf324.2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.