Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2156
Title: Elaboração de uma ferramenta quantitativa para análise de risco em higiene ocupacional
Authors: Vianna, Juliana de Almeida Barbosa
Lira, Rafaela Santos
metadata.dc.contributor.advisor: Araujo, João Felipe Mitre de
metadata.dc.contributor.members: Coutinho, Ana Carla da Silveira Lomba Sant´Ana
Dias, Luiz Antônio Corrêa
Issue Date: 26-Aug-2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Nesse trabalho foi desenvolvida uma ferramenta de análise de risco quantitativa, utilizando o software editor de planilhas Microsoft Office Excel, para avaliar os possíveis danos à saúde provocados por um eventual vazamento de um gás tóxico. Com uma interface simplificada e de baixo custo, esta ferramenta fornece subsídios adicionais ao higienista para definição da aceitabilidade do risco e de medidas de controle. A planilha apresenta como resultados a probabilidade de óbitos e/ou a localização das isocurvas dos Limites de Exposição, considerando a liberação contínua de um determinado gás tóxico. Os agentes químicos selecionados para esse estudo foram: amônia, benzeno, butadieno, buteno, cloro, etano, eteno, etilbenzeno, hexeno, metanol, propano, propeno, tolueno e xileno. Para a elaboração dessa ferramenta, foram utilizados o método probit e o modelo de nuvem Gaussiano. Esse último é comumente utilizado para estudar a dispersão de gases de flutuabilidade neutra e positiva, não sendo preciso para gases com flutuação densa. Além disso, o modelo Gaussiano considera uma emissão com duração média de 10 minutos, e a validação dos resultados é limitada para distâncias entre 0,1 a 10 km da fonte de emissão. Por meio de um estudo de caso, comparou-se o resultado da ferramenta com o obtido pelo software PHAST, o qual a modelagem considera as diversas forças que atuam na dispersão de uma nuvem e suas diferentes fases. Constatou-se que as localizações das isocurvas obtidas pela planilha são maiores do que as calculadas pelo PHAST
metadata.dc.description.abstractother: In the present study, it was developed a quantitative risk analysis tool to assess the potential problems in health caused by a potential leak of toxic gas, using the spreadsheet editor software Microsoft Office Excel. This tool provides additional subsidies with a simplified and low-cost interface for hygienist to defining the acceptability of a risk and control measures. The spreadsheet provides as result the probability of death and/or the location of Exposure Limits isopleths, considering a continuous release of a particular toxic gas. The chemicals selected for this study were ammonia, benzene, butadiene, butene, chlorine, ethane, ethylene, ethylbenzene, hexene, methanol, propane, propylene, toluene and xylene. In the development of this tool, it was used the probit method and Gaussian dispersion model. This model is commonly used for studying neutral or positive buoyancy gases dispersion, but it doesn’t accurately simulate dense gases dispersion. In addition, the Gaussian model considers an implicit 10 minutes release averages. The validation is limited to distances between 0.1 to 10 km from the emission source. The results obtained with the tool were compared with the software called PHAST through a case study. The modeling used by PHAST considers the various forces acting on the plume dispersion and its different phases. It was found that locations of the isopleths obtained by the spreadsheet are greater than calculated by PHAST
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2156
Appears in Collections:TGQ - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC-JulianaViana-RafaelaLira.pdf1.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.