Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/21712
Title: Música, mídia e espacialidades: reapropriações do lugar para desenvolvimento de relações musicais (geo)localizadas
Authors: Brotas, Diego
metadata.dc.contributor.advisor: Sá, Simone Pereira de
metadata.dc.contributor.members: Netto, Vinicius
Messias, José
Castanheira, José Claudio
Souza, Paulo Victor
Issue Date: 2017
Citation: Brotas, Diego. Música, mídia e espacialidades: reapropriações do lugar para desenvolvimento de relações musicais (geo)localizadas. 2017. 228f. Tese (Doutorado em Comunicação)- Universidade Federal Fluminense, Niterói (RJ), 2017.
Abstract: A relação entre a música e os lugares pode ser representada de distintas maneiras ao longo da história e se desenvolve de acordo com contextos sociais específicos. Na comteporaneidade, observamos o desenvolvimento de recursos tecnológicos baseados em georreferenciamento que ressaltam aspectos distintos das localizações. Dentro deste cenário, emergem aplicações para telefones celulares que possibilitam uma relação diversa entre música e espacialidade. Esta tese se insere, em perspectiva interdisciplinar, no contexto contemporâneo de produção de informações musicais em mobilidade e investiga a experiência móvel relacionada ao estabelecimento de afetos e perfomances musicais. Apresentamos uma discussão teórica que, em um primeiro momento, abarca a definição dos conceitos de espaço, lugar e território. Na sequência, relacionamos estes conceitos com epistemologias e ontologias que os colocam em perspectiva com o desenvolvimento de práticas musicais e são relacionadas ideias que caracterizam tanto elementos espaciais intramusicais (escrita, partitura), quanto o desenvolvimento de experiências dentro do espaço urbano, contextualizadas aos lugares. São consideradas também aproximações teóricas que definem a apropriação das tecnologias basedas em geolocalização e os paradigmas contextuais da computação ubíqua. Selecionamos dois aplicativos para celular, o Soundspot e o Listen to the Light, que integram os dados georreferenciados com práticas musicais. O primeiro aciona elementos de sociabilidade que constituem um mapa dos afetos musicais criados por seus participantes, já o segundo é caracterizado como um álbum musical sensível à localização que pode ser modificado pelos usuários. Oferecemos uma caracterização dos dois aplicativos, descrevemos suas interfaces e principais funcionailidades e apresentamos uma pesquisa realizada com os criadores e os utilizadores deste tipo de serviço. Concluímos a tese demostrando como a geolocalização proporciona o entendimento de uma relação específica entre música e lugares, a partir de uma rede de sociabilidade baseada em localização e de elementos sinestésicos que conectam a música, usuário, afetos e performances em tempo real.
metadata.dc.description.abstractother: The relationship between music and places can be represented in different ways throughout history and develops according to specific social contexts. In the contemporaneity, we observe the development of technological resources based on geo-referencing that highlight different aspects of the locations. Within this scenario, applications for mobile phones that allow a diverse relationship between music and spatiality emerge. This thesis is inserted, interdisciplinarily, in the contemporary context of production of musical information in mobility and investigates the mobile experience related to the establishment of affections and musical performances. We present a theoretical discussion that, at a first moment, covers the definition of the concepts of space, place and territory. Then, we relate these concepts with other epistemologies and ontologies that put them in perspective with the development of musical practices and are related ideas that characterize intramusical spatial elements (writing, score), as well as the development of affections and musical performances contextualized with places. Are also considered theoretical approaches that define the appropriation of technologies based on geolocation and the contextual paradigms of ubiquitous computing. We have selected two mobile applications, Soundspot and Listen to the Light, which integrate georeferenced data with musical practices. The first one activates elements of sociability that constitute a map of the musical affections created by its participants, the second is characterized as a musical album sensitive to location that can be modified by the users. We offer a characterization of the two applications, describe their interfaces and main functions and present a research done with the creators and users of this type of service. We conclude the thesis by demonstrating how geolocation provides the understanding of a specific relationship between music and places, based on a network of location-based sociability and synesthetic elements that connect music, user, affections and performances in real time.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/21712
Appears in Collections:PPGCOM - Teses - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_doutorado_2017_diego_brotas.pdf5.8 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons