Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/21728
Title: Bem-estar em tempos de pandemia: o papel das memórias de viagem
Authors: Oliva, Giulia Andrade
metadata.dc.contributor.advisor: Mayer, Verônica Feder
metadata.dc.contributor.members: Vieira, Camila Vaz Mattos Fraga
Valduga, Manoela Carrillo
Issue Date: 2020
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: As viagens envolvem um conjunto de experiências que podem impactar no psicológico dos turistas, sendo uma fonte para obter níveis positivos de bem-estar subjetivo. A pandemia da COVID-19 impactou negativamente o cotidiano e o psicológico dos indivíduos, e consequentemente seu bem-estar subjetivo. Além disso, os setores do turismo e da hotelaria também foram afetados, em decorrência das restrições de deslocamento de pessoas. Desse modo, propõe-se utilizar das memórias de viagem para promover os níveis de bem-estar das pessoas. Para isso, emprega-se o uso de exercícios simples para realizar essa ação. Além disso, analisa-se os frutos que o estudo dessa intervenção pode conceber aos serviços de turismo e hotelaria. Através de uma pesquisa-ação com abordagem qualitativa, o “Programa 4 semanas de viagem” foi elaborado aplicando treze exercícios divididos em três fases: memórias de viagem, remetendo a passeios passados; cotidiano, explorando o momento atual e o presente de uma viagem; e por fim, sonhos de viagem. Como forma de mensuração, a cada final das tarefas os participantes deveriam responder se aquele exercício melhorou ou piorou o seu bem-estar usando uma escala Likert e comentários opcionais. Os resultados indicaram que o programa promoveu o bem-estar subjetivo das pessoas obtendo todas médias das atividades positivas. Os promotores de bem-estar subjetivo durante as viagens foram observados na análise dos dados, sendo destacados pelos indivíduos como fatores que além de causarem o aumento do bem-estar subjetivo no presente, as memórias desses elementos também sugerem o desejo de retorno ao momento. Concluiu-se que as viagens podem elevar o bem-estar pelas memórias utilizando exercícios para designar um gatilho mental a esses momentos. Essa é uma descoberta importante para o turismo e a hotelaria, uma vez que apresenta que a preservação dos promotores de bem-estar pode sugerir o retorno dos clientes. A investigação permitiu o aumento dos níveis de bem-estar dos seus participantes e, ainda, ofereceu frutos para a gestão dos serviços turísticos.
metadata.dc.description.abstractother: Travels involve a set of experiences that can impact the tourists psychological, being a source to reach positive levels of subjective well-being. Due the COVID-19 pandemic, tourism and the hotel businesses suffered from the restrictions on the displacement of people, and there were several negative effects for individuals who ended up shaking their subjective well-being. Thus, it is proposed to use travel memories to promote levels of well-being among people. For this, the use of simple exercises is employed to perform this action. In addition, it is analyzed the results that this intervention can conceive for tourism and hospitality services. Through an action research with a qualitative approach, the "4 weeks travel program" was developed applying thirteen exercises divided into three phases: travel memories, referring to past trips; daily, exploring the current moment and the present of a trip; and finally, travel dreams. As a way of measuring, at the end of each task the participants are invite to answer whether that exercise improved or worsened their well-being using a Likert scale.The results indicated that the program promoted participants’s subjective well-being by obtaining all the averages of positive activities. The promoters of subjective well-being during the trips were observed in the analysis being highlighted by the individuals as factors that besides increasing the subjective well-being in the present, the memories of these elements also suggest the desire to return to that moment. It was concluded that travels can elevate well-being through memories using exercises to designate a mental trigger to these moments.This is an important discovery for tourism and the hospitality business, since it shows that the preservation of well-being promoters can suggest the return of customers. The research allowed the increase of the welfare levels of its participants and also bore benefits for the management of tourism services.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/21728
Appears in Collections:GTH - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - BEM-ESTAR EM TEMPOS DE PANDEMIA - GIULIA A OLIVA.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons