Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/21880
Title: Aspectos estruturantes da percepção de professores do ensino superior quanto ao ensino remoto emergencial: uma aplicação da teoria fundamentada nos dados
Authors: Araujo Junior, Pedro Cabral de
metadata.dc.contributor.advisor: Neves, Júlio César Bispo
metadata.dc.contributor.members: Neves, Júlio César Bispo
Andrade, Emmanuel Paiva de
Figueiredo, Marcelo Gonçalves
Issue Date: 2021
Citation: ARAUJO JNIOR, Pedro Cabral de. Aspectos estruturantes da percepção de professores do ensino superior quanto ao ensino remoto emergencial: uma aplicação da teoria fundamentada nos dados. 2021. 64f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção)-Universidade Federal Fluminense, Escola de Engenharia, Niterói, 2021.
Abstract: Com o advento da pandemia de coronavírus SARS-Cov2, as Instituições de Ensino Superior (IES) foram fechadas e autorizadas a substituir as aulas presenciais por aulas que favorecessem os meios e as tecnologias de informação e comunicação. Este estudo buscou analisar e apresentar os aspectos estruturantes da percepção de professores da Educação Superior, da Universidade Federal Fluminense (UFF) sobre suas experiências do novo modelo de aula proposto pelas instituições, denominado como Ensino Remoto Emergencial (ERE). Assim, com a adoção de metodologia baseada na Teoria Fundamentada nos Dados (TFD), apresentou-se um modelo teórico capaz de identificar os fatores que impactam o desempenho do ensino e aprendizagem em tempos da pandemia da COVID-19. Essa abordagem, permitiu traçar relações entre as diversas categorias que influenciam na interação dos professores com alunos, aspecto de preocupação principal relatados pelos entrevistados no ERE. Por fim, a experiência vivida com essa metodologia permitiu fazer emergir um conjunto de fenômenos que poderá ser de grande insumo para os professores e gestores das IES no pós-pandemia.
metadata.dc.description.abstractother: With the advent of the SARS-Cov2 coronavirus pandemic, Higher Education Institutions (HEI) were closed and allowed to replace classroom classes with classes that favor the means and information and communication technologies. This study sought to analyze and present the structuring aspects of the perception of Higher Education teachers from the Universidade Federal Fluminense (UFF) about their experiences of the new class model proposed by the institutions, called Emergency Remote Teaching (ERT). Thus, with the methodology based on the Grounded Theory (GT), a theoretical model was presented to identify the factors that impact the performance of teaching and learning in times of the COVID-19 pandemic. This methodological approach allowed tracing relationships between the various categories that influence the interaction of teachers with students, an aspect of the main concern reported by the interviewees in the ERT. Finally, the experience lived with this methodology allowed to bring out a set of phenomena that may be of great importance for the teachers and managers of the HEI in the post-pandemic.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/21880
Appears in Collections:TEP - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - PEDRO CABRAL DE ARAUJO JR.pdf1.51 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons