Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/22632
Title: "Colunas vivas de São Pedro": concílios, temporalidades e reforma na história institucional do papado medieval (1046-1215)
Authors: Rust, Leandro Duarte
metadata.dc.contributor.advisor: Bastos, Mário Jorge da Motta
metadata.dc.contributor.members: Silva, Andréia Cristina Frazão Lopes da
Macedo, José Rivair de
Freitas, Edmar Checon de
Ferreira, Roberto Godofredo Fabri
Issue Date: 2010
Citation: RUST, Leandro Duarte."Colunas vivas de São Pedro": concílios, temporalidades e reforma na história institucional do papado medieval (1046-1215). 2010. 548f. Tese (Doutorado em História)- Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2010.
Abstract: Este estudo analisa a constituição política do papado medieval entre os séculos XI e XIII. Em especial, nossa busca consiste em compreender como transcorreram os processos decisórios nos quais estavam envolvidos os homens encarregados de agir em nome da autoridade apostólica romana. A análise de um diversificado corpus documental, composto por constituições e atas conciliares, vitae papae, epistolários, crônicas e opúsculos, revelou uma intrincada trama de condicionamentos envolvendo, num mesmo movimento histórico, a organização e a dinâmica das relações políticas pontifícias e as representações do tempo partilhadas pelos integrantes da igreja romana. Isto é, íntimas conexões ligavam os sentidos atribuídos à passagem do tempo à aplicação de lei canônica, ao entrosamento com as elites regionais da Cristandade senhorial, aos fundamentos sociais da noção de autoridade, às metas de controle social presentes nas relações de poder vivenciadas pelos membros do papado centro-medieval. Com base no exame destas correlações destaca-se uma releitura dos domínios institucionais que fundamentavam o exercício do poder pontifício; a análise da ascensão política do papado como um conjunto supra-regional de pólos de poder; os pressupostos e os limites analíticos envolvidos na aplicação historiográfica do conceito de “Reforma”; as relações existentes entre o governo pontifício, a eclesiologia romana e a secularização da temporalidade.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/22632
Appears in Collections:PPGH - Teses - Niterói



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons