Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/235
Title: Um samba de várias notas: estado, imprensa e povo no Brasil (1932-1935)
Authors: Almeida, Paula Cresciulo de
metadata.dc.contributor.advisor: Ferreira, Jorge Luiz
Issue Date: 2013
Citation: ALMEIDA, Paula Cresciulo de. Um samba de várias notas: estado, imprensa e povo no Brasil (1932-1935). 2013. 111 f. Dissertação (Mestrado em História) – Departamento de História, Universidade Federal Fluminense Niterói, 2013. Disponível em: <http://www.historia.uff.br/stricto/td/1719.pdf>.
Abstract: Durante esses anos iniciou-se a tentativa de institucionalizar o carnaval. As escolas de samba se reuniram numa organização, a União das Escolas de Samba, para buscar seu reconhecimento e lutar pela oficialização dos desfiles. Esta organização tinha interesses em comum com a prefeitura do Rio de Janeiro. A investigação abrangeu o período entre 1932, ano em que o carnaval foi oficializado pela prefeitura do Rio de Janeiro, passando a fazer parte do calendário oficial da cidade e 1935, mesmo ano em que as escolas de samba foram oficializadas, e como consequência começaram a receber auxilio financeiro. O estudo se justifica por entender ser importante analisar como as classes populares não permaneceram passivas frente às discriminações sociais e culturais ao longo do século XIX. Os “homens do samba” usaram como estratégia para conseguir apoio a sua música e sua festa, que, ao final, se tornaram símbolos culturais do país. Os sambistas buscaram reconhecimento oficial e contaram com apoio capaz de incentivar suas manifestações, ajudando na divulgação de seu trabalho; Este apoio foi fornecido pela imprensa.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/235
Appears in Collections:PPGH - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Almeida, Paula-Dissert-2013.pdf722.02 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.