Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2422
Title: Atuação do enfermeiro no atendimento pré-hospitalar de emergência:uma referência bibliográfica
Authors: Dias, Joanna Almeida Medeiros
metadata.dc.contributor.advisor: Pereira, Andreia Pereira
metadata.dc.contributor.members: Souza, Robson Damião de
Cortes, Ana Laura Biral
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Dias, Joanna Almeida Medeiros. Atuação do enfermeiro no atendimento pré-hospitalar de emergência. 2016. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem e Licenciatura)-Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2016
Abstract: A Atuação do enfermeiro no atendimento pré-hospitalar de emergência foi o objeto de identificação dessa pesquisa, com os objetivos de caracterizar a atuação do enfermeiro no atendimento pré-hospitalar de emergência, descrever como se desenvolve o processo de capacitação dos profissionais que atuam em APH e também analisar a autonomia do enfermeiro durante esse atendimento pré-hospitalar de emergência. Para alcançar os objetivos propostos, escolheu- se a revisão integrativa através da análise de dados. A coleta de dados foi feita no segundo semestre de 2015. Resultados e Discussão: A avaliação rápida da gravidade do trauma no local do acidente pode representar oportunidade de sobrevida para a vítima até a sua chegada ao hospital. Dentro do APH móvel o uso de protocolos torna-se essencial, pois permite que, o Enfermeiro juntamente com a equipe atue com um maior grau de independência e interdependência, gerando otimização na assistência prestada. Considerações Finais: Considerando a pequena gama de publicações inerentes ao tema e utilizando das informações conseguidas, conclui-se que é baixo o conhecimento dos profissionais de enfermagem no que tange seu currículo de formação de faculdade sobre APH, devendo o profissional interessado em atuar nessa área procurar um preparatório pós-graduação. É sabido que o APH, não é um tratamento definitivo, mas sua realização é primordial para a sobrevida do paciente e os profissionais de toda a equipe devem se preocupar em estabilizá-la e encaminhá-la o mais breve ao tratamento definitivo
metadata.dc.description.abstractother: The Nurses' performance in emergency pre-hospital care was the subject of identification of this research, with the objective to characterize the work of nurses in the emergency pre-hospital care, describe how it develops the training process for professionals working in APH and also analyze the autonomy of nurses during this pre-hospital emergency. To achieve the proposed objectives, we chose to the integrative review through data analysis. Data collection was done in the second half of 2015. Results and Discussion: The rapid assessment of the severity of the trauma at the scene may represent survival opportunity for the victim until his arrival at the hospital. Within the mobile APH use protocols becomes essential because it allows, nurse along with the team to act with a greater degree of independence and interdependence, generating optimization in the care provided. Final Thoughts: Considering the small range of publications relating to the issue and using the information obtained, it appears that is low knowledge of nursing professionals regarding their college training curriculum on APH, with the professional interested in working in this area looking for a graduate preparatory. It is known that the APH is not a definitive treatment, but its realization is essential for the survival of patients and professionals from all staff should worry about stabilizing it and forward it as soon as the definitive treatment
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2422
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC NITERÓI 2016 JOANNA ALMEIDA.pdf159.48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.