Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2430
Title: Capacidade funcional de pacientes com úlceras venosas no município de Petrópolis-RJ
Authors: Santos, Lívia da Silva Firmino dos
metadata.dc.contributor.advisor: Camacho, Alessandra Conceição Leite Funchal
metadata.dc.contributor.members: Stipp, Marluci Andrade Conceição
Oliveira, Beatriz Guitton Renaud Baptista de
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Santos, Lívia da Silva Firmino dos. Capacidade funcional de pacientes com úlceras venosas no município de Petrópolis/RJ. 2016. 118 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2016
Abstract: O objetivo do estudo foi avaliar a capacidade funcional de pacientes com úlceras venosas. Trata-se de um estudo observacional com enfoque transversal e com abordagem quantitativa. Os participantes foram pacientes adultos e idosos com úlceras venosas, atendidos em dois Ambulatórios. No processo de seleção, foi adotada amostragem por conveniência. Para coleta de dados, foram utilizados os seguintes instrumentos: Protocolo I Adaptado–Perfil dos clientes com úlcera; Escala de LAWTON AIVDs; Escala KATZ AVDs e Escala do Índice de Tinetti. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Na análise, foi utilizada a estatística descritiva, composta pelo Teste de χ2 ou exato de Fisher para dados categóricos e o teste Mann-Whitney para dados numéricos, a fim de verificar se existe diferença significativa entre as variáveis e os escores das escalas de cada grupo estudado. O teste Mann-Whitney e o coeficiente de correlação de Spearman foram utilizados para examinar se existe correlação significativa, e a intensidade da correlação entre as variáveis (faixa etária, Medicação em uso, IMC, Número de lesões, Tempo das lesões (anos) e Tratamento utilizado) e os escores (total) das escalas Katz, Lawton e Tinetti de cada grupo. Os resultados referentes às características demográficas e socioeconômicas demonstraram que houve predominância do sexo feminino (57,4%), faixa etária a partir dos 60 anos (57,4%), renda familiar de 1 a 2 salários mínimos (75,9%). As características clínicas evidenciaram fatores de risco, como longos períodos em pé ou sentado (79,6%), história familiar de doença venosa (53,7%), Flebite (37,0%). As características gerais apontam a existência de obesidade I (42,6%), pressão arterial normal no momento (38,9%) e glicemia capilar normal (55,6%). Verificamos, através das características gerais das lesões a existência da lesão no MIE (38,9%) e no MID (38,9%), presença de apenas uma lesão (68,5%), de uma a duas recidivas (50%) e lesão há mais de 10 anos (50%). Na avaliação funcional, foi identificado, através da escala de Lawtom, dependência parcial (90,7%); na escala de Katz, foi identificado independência para todas as atividades (66,7%); e na escala de Tinetti, foi evidenciado baixo risco de queda (44,4%). Conclusão: O estudo mostrou que existem limitações em pacientes com úlceras venosas, tanto adultos como idosos de ambos os sexos, porém o sexo feminino é o mais afetado, assim como está mais presente nos idosos. Em relação à capacidade funcional, foi evidenciado que, nas atividades de vida diária, ela se mantém mais preservada do que nas demais atividades; nas atividades instrumentais de vida diária e atividades referentes ao equilíbrio e marcha, houve um percentual a ser considerado de dependência parcial e risco de quedas, sinalizando a necessidade de investimento do poder publico e atenção dos profissionais para essas questões.
metadata.dc.description.abstractother: The aim of the present study was to evaluate the functional capacity of patients with venous ulcers. This is an observational study with cross-cutting and quantitative approaches. Participants were adults and elderly patients with venous ulcers treated at two ambulatories. In the process of selection, convenience sampling was adopted. For data collection, the following instruments were used: Protocol I Adapted-profile clients with ulcer; LAWTON IADL scale; Scale KATZ ADL scale and the Tinetti Index. The study was approved by the Research Ethics Committee. In the analysis, descriptive statistics were used, made by Fisher χ2 or exact test for categorical data, and the Mann-Whitney test for numerical data in order to verify a significant difference between the variables and the scores of the scales of each group. The Mann-Whitney test and Spearman correlation coefficient were used to examine whether there is a significant correlation, and the intensity of the correlation between variables (age, medication in use, BMI, number of lesions, time of injuries (years) treatment used) and scores (total) of Katz scales, Lawton and Tinetti of each group. The results of the demographic and socioeconomic characteristics highlighted that there was a predominance of women (57,4%), aged from 60 (57,4%) and with a family income of 1 to 2 minimum wages (75,9%). The clinical features showed risk factors, such as long periods of standing or sitting (79,6%), family history of venous disease (53,7%) and phlebitis (37,0%). The overall characteristics suggest the existence of obesity I (42,6%), normal blood pressure at the moment(38,9%) and a normal blood glucose (55,6%). Through the overall characteristics of the lesions, were verified the presence of injury MIE (38,9%) and MID (38,9%), presence of only one lesion (68,5%), one or two recurrences (50%) and injury for more than 10 years (50%). In the functional assessment, was identified: by Lawtom scale, partial dependence (90,7%); by the Katz scale, independence has been identified for all activities (66,7%); and Tinetti scale evidenced low risk of falling (44,4%). Conclusion: The study showed that there are limitations in patients with venous ulcers, both adults and elderly of both sexes, but women are the most affected, most of them elderly. Regarding to functional capacity, it was enhanced that, in the activities of daily living, it remains more preserved than in other activities; in instrumental activities of daily living and activities related to balance and gait, there was a percentage to be considered partial dependence and risk of falls, signaling the need for government investment and professionals’ attention to these issues.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2430
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Livia da Silva Firmino dos Santos.pdf3.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.