Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2475
Title: Oficinas educativas para merendeiras de escolas municipais de Niterói: aplicação de metodologias ativas
Authors: Ferreira, Graziele Vasconcelos
metadata.dc.contributor.advisor: Barbosa, Roseane Moreira Sampaio
metadata.dc.contributor.advisorco: Soares, Daniele da Silva Bastos
metadata.dc.contributor.members: Ferreira, Daniele Mendonça
Pereira, Sílvia
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O Programa Nacional de Alimentação escolar (PNAE) é o mais antigo programa em vigência no país e tem por objetivos: contribuir no crescimento e desenvolvimento biopsicossocial, na aprendizagem, no rendimento escolar e na formação de hábitos saudáveis e atua como política promotora da Segurança Alimentar e Nutricional. A merendeira é o profissional responsável pela produção de refeição dentro das Unidades de Alimentação e Nutrição Escolar e exerce um papel fundamental para atingir os objetivos do PNAE. A responsabilidade das merendeiras dentro das UANE tem apontado a necessidade de capacitações contínuas e permanentes, sendo importante para promover mudanças comportamentais no processo de trabalho dessas profissionais e garantir adequação nas condições higiênico-sanitárias. A metodologia ativa tem sido empregada em capacitações e trabalham a problematização como estratégias de ensino - aprendizagem, objetivando examinar e refletir suas práticas por meio dos problemas. Este trabalho teve o objetivo de elaborar oficinas educativas com aplicação de metodologias ativas para merendeiras no município de Niterói. O desenvolvimento das oficinas foi dividido em blocos utilizando metodologias ativas: rodas de conversa, dramatização, atividades práticas oficina de técnica e dietética. A análise das falas compreendeu-se pelo tratamento dos dados através da análise de conteúdos, posterior a uma pré-análise. Para obter uma avaliação das oficinas pelas merendeiras foi construído um instrumento de avaliação da oficina para aperfeiçoamento, obtenção de melhores resultados de organização, metodologia e conteúdo, além de um questionário semi-estruturado. As oficinas aconteceram em dois dias diferentes, no primeiro dia estiveram presentes 5 merendeiras e no segundo 4 merendeiras de escolas pertencentes ao pólo 2 e 4 do município de Niterói. As oficinas aconteceram no Laboratório de Técnica Dietética da Faculdade de Nutrição Emília de Jesus Ferreiro com carga horária de três horas. A execução das oficinas foi dividida em 4 partes: dramatização, oficina ‘’mãos limpas’’, higienização e de hortaliças e frutas e oficina culinária. Ao analisar as falas ditas durante o momento de discussão das oficinas realizadas, pode-se conhecer diversas dificuldades vividas pelas profissionais que atuam em escolas diferentes e que um problema está estreitamente ligado ao outro. Durante o desenvolvimento das oficinas pode-se perceber a importância do uso das metodologias ativas, devido ao ambiente facilitador para discussão sobre as dificuldades vivenciadas pelas merendeiras. Na avaliação das oficinas, a maioria classificou os conteúdos utilizados como muito bom e gostaram das atividades. A partir deste estudo foi possível concluir que a aplicação de metodologias ativas em capacitações para merendeiras foi eficaz para reconhecer as dificuldades vividas por essas profissionais e por promover um ambiente aberto para a troca de experiências e conhecimento. Por meio da avaliação das atividades feita pelas merendeiras, percebeu-se que o uso das metodologias ativas foi bem aceito, demonstrando a necessidade de se replicar oficinas que tenham essa característica.
metadata.dc.description.abstractother: The National Program of School Feeding (PNAE) is the oldest program in force in the country and aims to: contribute to the growth and biopsychosocial development, learning, school performance and the formation of healthy habits and acts as promoter policy Food Safety and Nutrition. The cooks is the professional responsible for the production of meal within the School Feeding and Nutrition Unit and plays a key role in achieving the objectives of the PNAE. The responsibility of the cooks in the UANE has indicated the need for continuous and ongoing training, it is important to promote behavioral changes in the work process of these professionals and ensure adequacy in sanitary conditions. The active methodology has been used in training and work the questioning as a teaching - learning strategies, aiming to examine and reflect their practices through problems. This work aimed to develop education with the application of active methodologies for cooks in Niterói. The development of the workshops was divided into blocks using active methods: conversation circles, drama, activities practices technical workshop and dietetics. The analysis of the speeches realized by the processing of data through content analysis, subsequent to a pre-analysis. For an evaluation of the workshops by cooks it was built a tool for assessing workshop for improvement, achieving better results of organization, methodology and content, as well as a questionnaire with open and closed questions. The workshops took place on two different days, the first day was attended by 5 cooks and second 4 cooks schools belonging to the pole 2 and 4 the city of Niterói. The workshops took place in Dietetics Technical Laboratory of the School of Nutrition Emilia Jesus Ferreiro with a schedule of three hours. The execution of the workshops was divided into 4 parts: drama, workshop “clean hands” hygiene and fruits and vegetables and cooking workshop. By analyzing the spoken words during the time of discussion of the workshops, we can meet various difficulties experienced by professionals working in different schools and that a problem is closely linked to each other. During the development of the workshops can realize the importance of using active methods, due to the enabling environment for discussion of the difficulties experienced by cooks. In the evaluation of the workshops, most classified the contents used as very good and enjoyed the activities. Based on this study it was concluded that the application of active methodologies in training for cooks was effective to recognize the difficulties experienced by these professionals and promote an open environment for the exchange of experiences and knowledge. Through the evaluation of the activities done by the cooks, it was noticed that the use of active methodologies was well accepted, demonstrating the need to replicate workshops that have this feature.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2475
Appears in Collections:MGN - Trabalho de Conclusão de Curso



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.