Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2501
Title: Efetividade do gel de papaína no tratamento de úlceras venosas: um ensaio clínico
Authors: Rodrigues, Ana Luiza Soares
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Beatriz Guitton Renaud Baptista de
metadata.dc.contributor.members: Stipp, Marluci Andrade Conceição
Futuro, Debora Omena
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Rodrigues, Ana Luiza Soares. Efetividade do gel de papaína no tratamento de úlceras venosas: um ensaio clínico. 2014. 131 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2014
Abstract: O estudo teve como objetivos avaliar a efetividade do gel de papaína a 2% comparado ao gel de carboximetilcelulose a 2% no tratamento de pacientes com úlceras venosas crônicas e analisar as características sociodemográficas, econômicas e clínicas destes pacientes, atendidos no Ambulatório de Reparo de Feridas do Hospital Universitário Antonio Pedro/UFF. Método: Ensaio clínico controlado e randomizado (ECCR) com tempo de seguimento de 12 semanas. A amostra consecutiva foi composta por 18 voluntários e um total de 28 úlceras venosas. A coleta de dados ocorreu de abril de 2013 a janeiro de 2014. O desfecho primário do estudo foi a redução da área da lesão e os desfechos secundários foram a redução de tecidos desvitalizados no leito da úlcera e a redução da quantidade de exsudato. A pesquisa foi submetida ao Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Medicina, do Hospital Universitário Antonio Pedro/UFF e aprovada com o número 196/98, CAAE nº 0154.0.258.000-08. Resultados: Os grupos foram homogêneos quanto às características sociodemográficas, econômicas e clínicas. A idade dos voluntários variou de 45 a 85 anos, com média de 61,94 anos. A maioria dos participantes se declarou casado (55,6%), com escolaridade até o ensino fundamental (66,7%), residente de São Gonçalo (44,4%) e aposentado (66,7%). Todos os voluntários possuíam insuficiência venosa crônica, 61,1% apresentava hipertensão arterial sistêmica e 11,1% diabetes mellitus. A maioria das úlceras venosas lesões teve início há mais de dez anos (53,6%) e a localização mais acometida foi a região maleolar (53,6%). Quanto à evolução das úlceras ao longo de 12 semanas de tratamento, o grupo papaína apresentou redução significativa da área das lesões, especialmente no período entre a 5ª e a 12ª semanas de tratamento, com duas úlceras cicatrizadas e aumento expressivo da quantidade de tecido de epitelização no leito das lesões. Nos dois grupos de tratamento houve redução significativa da quantidade de tecido desvitalizado e aumento de tecido de granulação da 1ª semana para a 12ª semana (p-valor <0,05). Conclusão: o gel de papaína a 2% apresentou maior efetividade quanto à redução da área das lesões, entretanto se mostrou similar ao gel de carboximetilcelulose a 2% quanto à redução da quantidade de exsudato e de tecido desvitalizado. A partir dos resultados da pesquisa foram destacados os principais cuidados de enfermagem que podem auxiliar a assistência e o tratamento de pacientes com úlceras venosas crônicas.
metadata.dc.description.abstractother: The study aimed to evaluate the effectiveness of papain gel at 2% compared to the carboxymethylcellulose gel at 2% in the treatment of patients with chronic venous ulcers and analyze sociodemographic, economic and clinical characteristics of these patients, treated at the Outpatient Wound Repair at Antonio Pedro University Hospital/UFF. Method: Randomized Controlled Trial (RCT) with 12 weeks of follow-up. The consecutive sample consisted of 18 volunteers and a total of 28 venous ulcers. The data collection occurred from April 2013 to January 2014. The primary end point was the decrease of the lesion area and the secondary endpoints were devitalized tissue decrease in the ulcer bed and the reduction of the amount of exudate. The study was submitted to the Ethics Committee of the Faculty of Medicine, University Hospital Antonio Pedro/UFF and approved with the number 196/98, CAAE n. 0154.0.258.000-08. Results: The groups were homogenous regarding sociodemographic, economic and clinical characteristics. The volunteers ages ranged from 45 to 85 years old, with a mean of 61.94 years old. Most participants declared married (55.6%), with schooling up to elementary school (66.7%), resident of São Gonçalo (44.4%) and retired (66.7%). All volunteers had chronic venous insufficiency, 61.1% had hypertension and 11.1% diabetes mellitus. Most venous ulcers injuries began more than ten years ago (53.6%) and the most affected location was the malleolar area (53.6%). Regarding the ulcers evolution over the 12 weeks of treatment, the papain group showed a significant decrease in the lesions area, especially in the period between the 5th and the 12th weeks of treatment, with two healed ulcers and significant increase in the amount of epithelialization tissue. In both treatment groups, there was a significant decrease in the amount of devitalized tissue and an increase of the granulation tissue from 1st week to the 12th week (p <0.05). Conclusion: The papain gel at 2% was more effective in reducing of the lesions area, however it showed similar to the carboxymethylcellulose gel at 2% in reducing the amount of exudate and devitalized tissue. From the results of the research were highlighted the main nursing care that can help the assistance and treatment of patients with chronic venous ulcers.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2501
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Luiza Soares Rodrigues.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.