Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2566
Title: Educação permanente a trabalhadores do centro de material e esterilização: uma contribuição da enfermagem
Authors: Athanázio, Alcinéa Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor: Cordeiro, Benedito Carlos
metadata.dc.contributor.members: Rosas, Ann Mary Machado Tinoco Feitosa
Chrizostimo, Miriam Marinho
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Athanázio, Alcinéa Rodrigues. Educação permanente a trabalhadores do Centro de Material e Esterilização: uma contribuição da enfermagem. 2015. 114f. Dissertação (Mestrado Profissional de Ensino na Saúde) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2015
Abstract: O objeto de estudo desta pesquisa se constitui na Educação Permanente em Saúde (EPS) como ferramenta para qualificação dos profissionais de enfermagem do Centro de Material e Esterilização (CME). A pesquisa emerge do cotidiano a partir da prática enquanto profissional, o que possibilitou a percepção do nítido enfrentamento dos funcionários no CME frente às novas tecnologias no desenvolvimento de suas atividades laborais. Objetivo: analisar a EPS como ferramenta na qualificação dos profissionais de enfermagem do CME. Método: Utilizou-se estudo de natureza exploratória descritiva, com abordagem qualitativa, através do trabalho de campo com entrevistas semiestruturadas. A fim de contribuir com as reflexões, foi construído um referencial teórico baseado nos temas: o contexto e importância do CME; educação permanente e; a Política Nacional de Educação Permanente como contribuição para o trabalho dos profissionais do CME. O referencial teórico-metodológico foi o pensamento de Paulo Freire e sua contribuição com a pedagogia crítica e abordagem da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde para os trabalhadores do CME. Foi realizado no CME de um hospital público de grande porte situado no município de Niterói/RJ. A amostra foi composta por 31 profissionais da saúde entre enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, que fazem parte do quadro efetivo da instituição dos serviços diurno e noturno, atuam no CME e aceitaram participar da pesquisa. A coleta de dados ocorreu no período de setembro a novembro de 2014, quando foram realizadas as entrevistas. A pesquisa foi encaminhada e aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa, da Faculdade de Medicina da UFF, sob o nº CAEE: 33739114.9.0000.5243, parecer consubstanciado nº 777.581. Os dados coletados foram baseados pela proposta de análise de conteúdo conforme o método de Bardin. Resultados: Na análise encontramos três categorias: A pluralidade de percepções sobre Educação Permanente em Saúde: ensino-aprendizagem constante, reciclagem, criação de cursos, educação continuada, capacitação; A inter-relação entre EPS e saúde do trabalhador do CME e A necessária implementação da EPS no CME: em busca da resolutividade e excelência no trabalho. Todo o estudo permeou questões referentes à EPS. O conceito de EPS apresentado pelos trabalhadores revela o desconhecimento de uma prática relevante no atual e futuro cotidiano. Os profissionais aguardam, com expectativa, que o cotidiano de suas práticas seja aperfeiçoado, que um novo olhar seja direcionado para eles, eles têm experiências que precisam ser partilhadas; a maioria, apesar das atividades complexas, está satisfeita com o trabalho que desempenha. Como produtos da pesquisa foram criados: um folder sobre o processo de trabalho no CME para as unidades consumidoras, como forma de contribuir com a visibilidade e a valorização da unidade; uma cartilha com orientações sobre a política de EPS para os trabalhadores do CME e um projeto de extensão para posterior implantação
metadata.dc.description.abstractother: The study object of this research constitutes the Permanent Health Education (PHE) as a tool in the training of nursing professionals in the Material and Sterilization Center (MSC). The research emerges from the everyday practice as a professional, which allowed the perception of sharp confrontation of employees in MSC forward new technologies in the development of their work activities. Aim: to analyze the PHE as a tool in the training of the MSC nurses. Method: We used descriptive exploratory study with a qualitative approach, through field work with semi-structured interviews. In order to contribute to the reflections, it built a theoretical framework based on the themes: the context and importance of the MSC; permanent education; the Permanent Education National Policy as a contribution in the work of MSC professionals. The theoretical framework was the thought of Paulo Freire and his contribution to critical pedagogy and approach of the Permanent Education National Policy for the MSC workers. This study was CME was conducted at the CME of a large public hospital located in Niterói/RJ. The sample consisted of 31 health professionals including nurses, technicians and nursing assistants, who are part of the permanent staff of the institution of the day and night services, operating in MSC and agreed to participate. Data collection occurred from September to November 2014, when the interviews were conducted. The research was forwarded and approved by the Research Ethics Committee of the Faculty of Medicine of UFF, under no CAEE: 33739114.9.0000.5243, seem embodied No. 777,581. The collected data were treated by the proposed Bardin content analysis. Results: In the analysis we find three categories: A plurality of perceptions of PHE: constant teaching and learning, recycling, creation of courses, continuing education, training; The interrelationship between PHE and health of the MSC worker; the necessary implementation of the PHE in MSC: searching for problem solving and excellence at work. All the study permeated issues relating to PHE. The PHE concept presented by workers reveals the lack of a relevant practice in the current and future everyday. Professionals are waiting, expectantly, that their everyday practice be improved, a new look be directed to them, they have experiences that need to be shared; most, despite complex activities, is pleased with the work that plays. As research products were created: one folder on the working process at the MSC for consumer units, in order to contribute to the visibility and appreciation of the unit; a booklet with guidance on PHE policy for MSC workers and an extension project for later deployment
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2566
Appears in Collections:MPES - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alcinea Rodrigues Athanazio.pdf2.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.