Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/286
Title: "Urbanização sim, remoção não". A atuação da Federação de Associações de Favelas do Estado da Guanabara nas décadas de 1960-1970.
Authors: Mello, Juliana Oakim Bandeira de
metadata.dc.contributor.advisor: Honorato, Cezar Teixeira
Issue Date: 2014
Citation: MELLO, Juliana Oakim Bandeira de. "Urbanização sim, remoção não". A atuação da Federação de Associações de Favelas do Estado da Guanabara nas décadas de 1960-1970. 2014. 211 f. Dissertação (Mestrado em História) – Departamento de História, Universidade Federal Fluminense Niterói, 2013. Disponível em: <http://www.historia.uff.br/stricto/td/1783.pdf>.
Abstract: Em 1962, o Rio de Janeiro (então Estado da Guanabara) foi palco de uma mudança radical na política urbana para as favelas. De uma prática clientelista das décadas anteriores que tolerava sua presença sem a integrar efetivamente na cidade, iniciou-se um período no qual o eixo central da intervenção estatal nas favelas passou a ser a erradicação e o deslocamento (forçado) de seus moradores para conjuntos habitacionais localizados em subúrbios distantes. Os moradores das favelas guanabarinas não assistiram passivos a preparação do cenário para o espetáculo remocionista. Ao contrário. Diante da necessidade de se organizar politicamente para resistir à anunciada política, em 12 de junho de 1963, fundam uma sociedade civil, a Federação das Associações de Favelas do Estado da Guanabara (FAFEG). Constituída por moradores de favelas, a FAFEG atuou ativamente em defesa da urbanização. Esta dissertação aborda a trajetória desta Federação desde sua fundação até o final da década de 1970, quando se encerra o programa de remoções de favelas.
metadata.dc.description.abstractother: In 1962, Rio de Janeiro (State of Guanabara then) was the stage of a radical urban policy change focused on the slums. During the previous decades, a patronage system was implemented, tolerating the slums ‘existence without effectively integrating them with the rest of the city. However, in the 1960’s a period of state intervention to eradicate the slums and evict its inhabitants – forcing them to move to distant suburbs – started. The inhabitants of the Guanabara’s slums did not watch passively though. Facing the need to politically organize their resistance against the State’s announced policy, on June 12th, 1963, they founded the civil society Federação das Associações de Favelas da Guanabara, FAFEG (Federation of the Associations of the Guanabara Slums). Formed by slums’ dwellers, FAFEG actively acted in defense of urbanization. This thesis discusses the history of this Federation from its founding in 1963 until late 1970’s when the slums eradication program ended.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/286
Appears in Collections:PPGH - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mello, Juliana-Dissert-2014.pdf6.73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.