Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2882
Title: Intervenções de enfermagem na prevenção de infecção de sítio cirúrgico em neurocirurgia: revisão integrativa da literatura
Authors: Abreu, Cláudia de Paula Mucida de
metadata.dc.contributor.advisor: Rembold, Simone Martins
metadata.dc.contributor.members: Rembold, Simone Martins
Andrade, Marilda
Ferreira, Simone Cruz Machado
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Abreu, Cláudia de Paula Mucida de. Intervenções de enfermagem na prevenção de infecção de sítio cirúrgico em neurocirurgia: revisão integrativa da literatura. 2014. 53f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2014.
Abstract: A tomada de decisão do enfermeiro em sua prática diária necessita ser fundamentada em conhecimentos científicos. A prática baseada em evidências é uma abordagem que preconiza a utilização de resultados de pesquisas na prática clínica. Este estudo trata-se de uma revisão sistemática da literatura sobre infecções em neurocirurgia e atuação do enfermeiro na prevenção de infecções, com os objetivos de identificar os fatores de risco e fatores associados à infecção em neurocirurgia e discutir intervenções de enfermagem para a prevenção de infecções em cirurgias do sistema nervoso central com base em evidências. Como produto da revisão, foi elaborado Procedimento Operacional Padrão (POP) dos cuidados no período transoperatório, com base na literatura. A seleção dos estudos deu-se através da utilização da estratégia PICO. Foram pesquisadas as bases eletrônicas Pubmed/MEDLINE, COCHRANE e LILACS. A amostra constituiu-se de onze artigos, os artigos destacados abordaram os seguintes objetos de estudo: 1) Diagnósticos de enfermagem em pacientes neurocirúrgicos oncológicos (2009); 2) Taxas de infecção após a implantação do manual brasileiro de acreditação hospitalar e, dentre estas, as infecções de sítio cirúrgico, em estudo de caso retrospectivo (2004); 3) Fatores associados à infecção relacionada à derivação ventricular externa (2012); 4) Revisão de literatura sobre infecções pós-craniotomias (2012); 5) Relação da carga de trabalho de enfermagem com a taxa de infecção em uma unidade de terapia intensiva (2012); 6) Uso de antibiótico profilático em introdução de cateter intracraniano, em revisão sistemática (2009); 7) Craniotomia sem tricotomia: avaliação de 640 casos (2004); 8) Uso de prótese em cranioplastia e complicações infecciosas (2004); 9) Gerenciamento perioperatório de pacientes submetidos neurocirurgias com S. aureus (2010); 10) Estratégias utilizadas pelos enfermeiros para minimizar infecções hospitalares em unidades de cuidados intensivos de neurocirurgia, através de revisão sistemática (2004); e 11) Redução da incidência de infecção relacionada a drenagem ventricular externa (2012). Os resultados apontam um número pequeno de infecções em neurocirurgia, porém, quando ocorrem tem consequências irreversíveis e até mesmo letais. Os resultados também apontam um número reduzido de pesquisas de enfermagem em relação à neurocirurgia.
metadata.dc.description.abstractother: Decision making of nurses in their daily practice needs to be based on scientific knowledge. The evidence-based practice is an approach that advocates the use of research findings in clinical practice. This study is about a systematic review of the literature on infections in neurosurgery and the work of nurses preventing infections, having as goals the identification of risk factors and factors associated with infection in neurosurgery and to discuss nursing interventions in order to prevent infections in the central nervous system surgeries based on evidences. As a product of the review, it was prepared Standard Operating Procedure (SOP) of care during the perioperative period, based on the literature. The selection of the studies was made through the use of the PICO strategy. The following electronic databases PubMed / MEDLINE, Cochrane Library, and LILACS were researched. The sample consisted of eleven featured articles addressed as the following subjects of study: 1) Nursing diagnoses in cancer neurosurgical patients (2009); 2) Infection rates after the implementation of the Brazilian Accreditation Hospital Manual. And among these, surgical site infections in a retrospective case study (2004); 3) Factors associated with infection related to external ventricular drainage (2012); 4) Literature review on post-craniotomy infections (2012); 5) Listing of nursing workload with the rate of infection in the intensive care unit (2012); 6) Use of prophylactic antibiotics in introduction of intracranial catheter, in a systematic review (2009); 7) Craniotomy without trichotomy: analysis of 640 cases (2004); 8) Use of prosthesis for cranioplasty and infectious complications (2004); 9) Perioperative management of patients undergoing neurosurgery with S. aureus (2010); 10) Strategies used by nurses to minimize nosocomial infections in intensive care neurosurgery through a systematic review (2004); and 11) Reduction in the infection incidence related to external ventricular drainage (2012). The results indicate a small number of infections in neurosurgery. However, when they occur they are irreversible and have even lethal consequences. The results have also indicated a reduced number of nursing research related to neurosurgery.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2882
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Cláudia de Paula Mucida de Abreu.pdf645.91 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons