Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2884
Title: Mudanças no ensino de língua materna: crenças dos professores de língua portuguesa
Authors: Pessoas, Ana de Lourdes do Nascimento
metadata.dc.contributor.advisor: Almeida, Ricardo Luiz Teixeira de
Issue Date: 2015
Abstract: A partir da década de 1980, as ciências linguísticas trouxeram teorias que contribuíram para uma nova visão do ensino de língua materna. Em linhas gerais, temos esse ensino como um processo dinâmico que leva o aluno a estruturar seu pensamento através de inúmeras possibilidades, ajustando-o em contextos diferenciados, tanto instrumentando o aprendiz para a prática política, como também contribuindo para ampliar suas competências comunicativo-interacionais. Chegamos, então, a um quadro bastante favorável para redefinição do que se quer ensinar, para que e como ensinar. Culminando com o advento dos Parâmetros Curriculares Nacionais de Língua Portuguesa, os quais consideramos uma síntese e uma sistematização de todas essas discussões sobre o ensino de língua materna. Apesar de todos esses estudos, não encontramos um quadro satisfatório para o ensino da língua materna. Dessa forma, neste trabalho, temos o objetivo geral de descrever e analisar crenças de professores de Língua Portuguesa do segundo segmento do Ensino Fundamental de escolas públicas municipais da cidade do Rio de Janeiro, sobre as mudanças no ensino de língua materna, se houve entendimento do que hoje em dia deva ser uma aula de língua materna, as mudanças que ocorreram e se os efeitos percebidos foram positivos ou negativos. Os sujeitos participantes foram sete professores de Língua Portuguesa do 2º segmento, pertencentes ao quadro permanente da Prefeitura do Rio de Janeiro. Enquanto pesquisa qualitativa, investigamos o que os participantes da pesquisa estão experienciando, como eles interpretam as suas experiências e como eles próprios estruturam o mundo social no qual vivem (BOGDAR & BIKLEN, 1998 apud ABRAHÃO, 2006, p. 220). Os instrumentos geradores de dados foram questionários e grupo focal. Optamos como referências teóricas, em relação ao ensino, as obras de Magda Soares, Irandé Antunes, Luiz Carlos Travaglia, Marcos Bagno, Maria Auxiliadora Bezerra. Ana Maria Ferreira Barcelos e Maria Helena Vieira Abrahão são as referências teóricas para fundamentar os estudos sobre crenças dos professores. Os resultados sugerem que os professores tem um entendimento próximo do que deveria ser uma aula de língua materna atualmente. Pelas suas crenças, percebemos que este seja um momento de transição,estando o professor ora realizando um trabalho dentro de uma tradição defasada, ora nos moldes atuais.
metadata.dc.description.abstractother: From the 1980s, the linguistic sciences brought theories that contributed to a new vision of mother language teaching . Generally speaking, we have this education as a dynamic process that leads the student to structure your thinking through numerous possibilities, adjusting it in different contexts , both orchestrating the apprentice for political practice , as well as helping to increase their communicative , interactional skills. Now, we come to a very favorable framework for redefining what it wants to teach, to what and how to teach. Culminating with the advent of the National Curricular Parameters for Portuguese Language, which we consider a summary and systematization of all these discussions about mother language teaching. Despite all these studies, we found a satisfactory framework for mother language teaching. Thus, in this work, we have the general objective of describing and analyzing beliefs of Portuguese-speaking teachers of the second segment of Elementary Education in public schools of the city of Rio de Janeiro, about changes in the mother language teaching, if there was understanding of that nowadays should be a lesson in mother language, the changes that have occurred and the perceived effects were positive or negative. The subjects were seven Portuguese-speaking teachers of the 2nd segment, belonging to the permanent staff of the Municipality of Rio de Janeiro. While qualitative research, we investigate what survey participants are experiencing, how they interpret their experiences and how they themselves structure the social world in which they live ( BOGDAR & BIKLEN 1998 cited ABRAHÃO, 2006, p. 220). The data -generating instruments were questionnaires and focus groups . We chose as theoretical references in relation to teaching, works of Magda Soares, Irandé Antunes, Luiz Carlos Travaglia , Marcos Bagno , Maria Auxiliadora Bezerra . Ana Maria Ferreira Barcelos and Maria Helena Vieira Abraham are the theoretical references to support studies on beliefs of teachers. The results suggest that teachers have an understanding close to what should be a native language class today. For their beliefs, we realize that this is a time of transition, with the teacher now doing work within an outdated tradition, now in the current form.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2884
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA DE LOURDES DISSERTAÇÃO DE MESTRADO.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.