Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2981
Title: Castor de Andrade e o Jogo do Bicho: Um ensaio sobre violência urbana na cidade do Rio de Janeiro
Authors: Alencar, Bruno Holanda Moura
metadata.dc.contributor.advisor: Ramos, Jair Souza
metadata.dc.contributor.members: Fialho, Carlos Eduardo Machado
Castilho, Sérgio Ricardo Rodrigues
Issue Date: 2017
Abstract: O texto a seguir tem como objetivo, fazer um estudo sobre a figura de Castor de Andrade e suas relações interpessoais, balizando a discussão teórica em alguns conceitos de violência urbana e relações sociais geradoras desse fenômeno. Em um primeiro momento, o texto segue uma definição sobre violência urbana, seguindo a discussão teórica do sociólogo Luis Antonio Machado da Silva, que define diferenças claras entre a violência comum e o fenômeno urbano de violência, gerando conceitos afim de esclarecer e comparar um simples gesto de violência, com um movimento social regionalizado e específico. Num segundo momento o texto se apega diretamente ao jogo do bicho e suas particularidades, seus arranjos, seu surgimento e sua estruturação, para depois focar na figura do banqueiro Castor de Andrade, que surge como o grande líder que faz possível o avanço do jogo do bicho, para algo mais organizado e lucrativo. Ao final, o texto ilumina as dificuldades metodológicas encontradas para sua feitura, trazendo problemas e facilidades do processo de criação do mesmo
metadata.dc.description.abstractother: The following text aims to show the social panorama that generates urban violence and organized crime in Rio de Janeiro, focusing specifically on the emergence of the phenomenon of the game of animals (original “Jogo do Bicho”) and its greatest socio cultural icon, “bicheiro” and lawyer, Dr. Castor de Andrade. At first, the text follows a definition on urban violence, following the theoric disscussion of the sociologist Luis Antonio Machado da Silva, who establishes clear differences between the common violence and the urban phenomenon of violence, generating concepts in order to clarify and compare a simple gesture of violence, with a regionalized and specific social movement. In a second moment the text clings directly to the game of animals and its particularities, its arrangements, its emergence and its structuring, to later focus on the figure of Castor de Andrade, who appears as the great leader that makes possible the advance of the game of animals as something more organized and lucrative. In the end, the text illuminates the methodological difficulties met during the research, bringing problems and facilities of the process of its creation.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/2981
Appears in Collections:GGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Castor de Andrade e o Jogo do Bicho (1).pdf899.21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.