Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3064
Title: Adesão à higienização das mãos: instrumento de observação fundamentado na estratégia multimodal aplicado à UTI neonatal
Authors: Araújo, Márcia Mello de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor: Ferreira, Simone Martins
metadata.dc.contributor.members: Souza, Sônia Regina de
Brum, Ana Karine Ramos
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Araújo, Márcia Mello de Oliveira. Adesão à higienização das mãos: instrumento de observação fundamentado na estratégia multimodal aplicado à UTI neonatal. 2016. 75 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2016
Abstract: Situação-problema: O objeto deste estudo é a adesão ao uso de solução alcoólica para higienização simples das mãos pelos profissionais de saúde que atuam na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) da Maternidade Escola da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Objetivos: Apresenta o seguinte objetivo geral: Determinar a adesão ao uso de solução alcoólica para higienização das mãos pelos profissionais de saúde da UTIN, a partir de observações realizadas em conformidade com a estratégia multimodal da OMS. Tem como objetivos específicos: Elaborar um instrumento de observação da higienização das mãos fundamentado no “Manual para observadores: estratégia multimodal da OMS”, considerando as especificidades relacionadas à UTI Neonatal. Observar a adesão ao uso de solução alcoólica para higiene das mãos dos profissionais de saúde nas oportunidades durante a assistência ao paciente e a adequação da técnica. Calcular a adesão dos profissionais ao uso de solução alcoólica na higiene simples das mãos. Bases conceituais: A importância da higienização das mãos na redução das infecções relacionadas à assistência à saúde, a unidade de terapia intensiva neonatal e o controle de infecção com ênfase na estratégia multimodal. Metodologia: Estudo quantitativo do tipo observacional, cujos participantes foram os membros da equipe multiprofissional que atuam na UTI Neonatal. A coleta de dados se deu por meio de sessões de observação baseada nas oportunidades de higienização das mãos durante a assistência ao paciente propostas no “Manual para observadores: estratégia multimodal da OMS”. Resultados e discussão: O índice global de adesão à higienização das mãos da UTI neonatal foi elevado em comparação aos estudos publicados e destacados pela OMS.Os dados demonstram que a utilização do álcool na higiene das mãos predominou, mesmo com erros na técnica na utilização da solução alcoólica pelos profissionais de saúde,há um reconhecimento das indicações para efetivação da adesão.Produto:O produto consiste num instrumento denominado formulário de observação com enfoque na UTI neonatal e um roteiro de orientação para o observador registrar as oportunidades de higienização das mãos e o cálculo da adesão dos profissionais
metadata.dc.description.abstractother: The object of this study is the adherence to the use of alcoholic solution for simple sanitization of the hands by healthcare professionals working in the Neonatal Intensive Care Unit (NICU) of maternity School of the Federal University of Rio de Janeiro. Objectives: Displays the following general objective: to determine the adherence to the use of alcoholic solution for hand hygiene by health professionals of the NICU, from observations carried out in accordance with the strategy of the multimodal WHO. Has as specific objectives: to draw up an instrument of observation of hand hygiene in "Manual for reasoned observers: multimodal strategy of WHO", considering the specificities related to neonatal ICU. Observe the adherence to the use of alcoholic solution for hand hygiene of health professionals in the opportunities during patient care and the adequacy of the technique. Calculate the adherence of professionals to the use of alcoholic solution in simple hygiene of hands. Conceptual bases: the importance of hand washing in the reduction of infections related to health care, the neonatal intensive care unit and the control of infection with emphasis on multimodal strategy. Methodology: a quantitative study of the observational study, whose participants were the multiprofessional team members that act in the neonatal ICU. The data collection was carried out through observation sessions based on opportunities for hand hygiene during patient care proposals in the "Manual to observers: multimodal strategy WHO." Results and Discussion: The overall rate of adherence to hand hygiene in the neonatal ICU was high in comparison to other studies published and highlighted by WHO.The data shows that the use of alcohol on hand hygiene was predominant, even with errors in the technique in the use of alcoholic solution by health professionals,there is a recognition of the signs for effectuation of membership. Product: The product consists of an instrument called the observation form with focus in the neonatal ICU and a roadmap of guidance for the observer to register opportunities of hand washing and the calculation of the accession of the professionals
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3064
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcia Mello de Oliveira Araujo.pdf4.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.