Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3074
Title: Adesão dos prescritores à lista de padronização de medicamentos de um hospital do Estado do Rio de Janeiro
Authors: Hofer, Ana Paula Barroso
metadata.dc.contributor.advisor: Cordeiro, Benedito Carlos
metadata.dc.contributor.advisorco: Mosegui, Gabriela Bittencourt Gonzalez
metadata.dc.contributor.members: Dellamora, Elisangela da Costa Lima
Issue Date: 20-Mar-2017
Abstract: A lista de medicamentos essenciais é um instrumento de orientação das condutas clínicas e administrativas para medicamentos em determinada organização. Uma lista com medicamentos adequadamente selecionados favorece a sua utilização racional e os demais processos da assistência farmacêutica; sendo a adesão dos médicos prescritores às listas um indicador de sua qualidade. O objetivo do trabalho foi avaliar a adesão dos prescritores à lista de padronização de medicamentos de um hospital terciário do Estado do Rio de Janeiro, através da aplicação de um questionário aos prescritores, além da avaliação de prescrições médicas. O modelo de investigação se caracterizou como descritivo com delineamento transversal, sendo analisadas 1108 prescrições dos pacientes internados e aplicados 31 questionários aos médicos prescritores do hospital de estudo. Foram verificadas características das prescrições médicas e dos prescritores, além de condutas diante dos fatores relacionados à adesão à lista de padronização de medicamentos da instituição. A incidência de medicamentos não padronizados solicitados foi conferida e classificada de acordo com a Anatomical Therapeutic Chemical Classification (ATC) e quanto ao grau de recomendação para utilização em suas principais indicações. O indicador de prescrição médica proposto pela OMS referente à porcentagem de medicamentos prescritos que pertencem à lista de medicamentos essenciais (lista de medicamentos padronizados pela instituição) foi determinado, resultando no valor de 98,25%, referente à taxa de adesão dos prescritores à lista. Entre os medicamentos prescritos ou solicitados não incluídos na lista, aproximadamente 30% fazem parte da classe do sistema cardiovascular, sendo a valsartana, o mais frequente. Os resultados obtidos através da análise das prescrições médicas demonstraram que a adesão à lista ocorre de maneira expressiva, entretanto, foi verificado pelos questionários aplicados que uma grande parte dos médicos desconhece a lista. Desta maneira, a adesão à lista pode ser proveniente do fato do medicamento estar disponível para prescrever, ou ainda, pela grande variedade de itens presentes na lista. Esse desconhecimento da lista de medicamentos por parte dos prescritores parece compartilhado por outras instituições no país, devido a outros hábitos de prescrição, preconceito ou eventualmente pela falta de compromisso dos profissionais
metadata.dc.description.abstractother: The list of essential drugs is a policy instrument of clinical and administrative managements for drugs in a given organization. A list of properly selected medicines promotes the rational use of them, as well as organizes other pharmaceutical assistance processes. The adherence of prescribers to the lists is an indicator of its quality. The objective of this study was to evaluate the adherence of prescribing the medicine standardization list of a tertiary hospital in the state of Rio de Janeiro, through the analysis of a questionnaire to the prescribers. We also evaluated if the medical prescriptions are compliant with the list of properly selected medicines. It is a descriptive cross-sectional study. We analyzed 1108 prescriptions of patients admitted and applied the questionnaire to 31 medical doctors of the hospital. Were recorded characteristics of medical prescriptions and prescribers factors possibly related to the adherence to the list of properly selected medicines. It was given the incidence of non-standardized medications ordered, classifying them according to the Anatomical Therapeutic Chemical Classification (ATC) and the degree of recommendation for use in its main indications. The indicator, proposed by the WHO, i.e.; the percentage of prescription drugs that belong to the list of medicines essential (list of standardized medicines by the institution) was determined, 98.25% were adherent to the list. Among the medications prescribed or ordered not included in the list, about 30% are part of the cardiovascular system class, and valsartan, the most frequent. The results obtained by analyzing medical prescriptions showed that joining the list occurs more significantly, however, through the questionnaire to the prescribers, we verified that part of them is unaware of the list. Consequently, the adherence to the list is due to the several items available to the prescribers, even if they do not know its existence. The lack of knowledge of the list of drugs by prescribers is observed in other institutions in the country, we believe it was observed due to ancient prescription habits, prejudice or eventually by the lack of commitment of the professionals
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3074
Appears in Collections:PPG-GAFAr - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Hofer, Ana Paula Barroso [Dissertação, 2015].pdf1.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.