Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3080
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBrum, Ana Karine Ramos-
dc.contributor.authorRamalho, Agnne Katy Soares-
dc.date.accessioned2017-03-21T13:06:22Z-
dc.date.available2017-03-21T13:06:22Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationRamalho, Agnne Katy Soares. Evidências sobre a segurança do paciente no contexto da criança hospitalizada: uma revisão integrativa. 2014. 75f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) – Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttps://app.uff.br/riuff/handle/1/3080-
dc.description.abstractA criança por si só é considerada um ser frágil, cujo cuidado deve ter o máximo de atenção possível. Por mais de um século têm sido descritos e estudados erros e danos causados aos pacientes durante o atendimento médico-hospitalar. Entretanto, essas pesquisas são muito restritas à adultos, e muito pouco quando relacionada às crianças hospitalizadas. Além disso, a visibilidade da temática junto aos profissionais de saúde ainda não alcançou a sua devida atenção. Segundo a Organização Mundial de Saúde, segurança do paciente é a redução dos riscos e danos desnecessários associados à assistência em saúde de acordo com o que seja considerado viável nos recursos disponíveis e no contexto no qual a assistência foi realizada.. O papel do enfermeiro é de suma importância durante esse processo, pois como membro da equipe de saúde, precisa estar instrumentalizado, munido de um conhecimento prévio para cuidar da criança de forma segura. Para a enfermagem, a relevância desse estudo está associada à garantia da qualidade e segurança no cuidado a criança hospitalizada, onde a proteção integral da criança e da família, durante o processo de hospitalização, ocorra mediante a um conhecimento prévio acerca dos eventos adversos por parte dos profissionais, garantindo assim uma segurança, por meio de mecanismos de proteção no cenário dos cuidados. Objetivos: Identificar as evidências nas produções científicas nas bases de dados virtuais sobre a criança hospitalizada no contexto da Segurança do Paciente; Analisar as evidências científicas de acordo com o ano de publicação, fonte, metas internacionais de segurança, eixo temático e eventos adversos ou quase danos; Discutir as evidências frente ao Programa Nacional de Segurança do Paciente, e aos protocolos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária; Elaborar uma tecnologia educativa para os profissionais de enfermagem no âmbito da Segurança do Paciente Pediátrico. Metodologia: Estudo exploratório, com abordagem qualitativa do tipo revisão integrativa, tendo como cenário as bases de dados virtuais com a questão de pesquisa: Quais são as evidências científicas que abordam a criança hospitalizada no contexto da segurança do paciente? Utilizando assim, os seguintes descritores: “Segurança do Paciente”, “Criança Hospitalizada”, “Gerenciamento de Segurança”, “Saúde da Criança”, “Enfermagem Pediátrica” e “Evento adverso”. Resultados: Foram selecionados 14 artigos, dos quais emergiram três categorias na análise: eventos adversos relacionados a erros de medicação; redução do índice de infecção relacionado aos cuidados de saúde; cirurgia segura e a segurança do paciente pediátrico. Conclusão: Os resultados apontaram a necessidade da criação de protocolos e manuais voltados exclusivamente para os pacientes pediátricos. A comunicação efetiva entre a equipe e entre os familiares/cuidadores, a notificação da ocorrência do erro, a prática constante de higienização das mãos, o uso de tecnologias inovadoras na garantia de um acesso mais seguro, a criação de checklist para cirurgia em crianças e uma atualização constante dos profissionais são considerados ferramentas importantes na obtenção de uma cultura de segurança do paciente voltada não apenas para a criança hospitalizada, mas para os pacientes em geral. Como contribuição dessa pesquisa, elaborou-se um folder educativo contendo informações inerentes a realização desse processo.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Fabiana Gonçalves Pinto (benf@ndc.uff.br) on 2017-03-21T13:06:21Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) TCC Agnne Katy Soares Ramalho.pdf: 915922 bytes, checksum: 7238313fb654a8cf85b6437a4d3006c2 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-03-21T13:06:22Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) TCC Agnne Katy Soares Ramalho.pdf: 915922 bytes, checksum: 7238313fb654a8cf85b6437a4d3006c2 (MD5) Previous issue date: 2014en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal Fluminensept_BR
dc.rightsOpen accesspt_BR
dc.titleEvidências sobre a segurança do paciente no contexto da criança hospitalizada: uma revisão integrativapt_BR
dc.typeMonografia de conclusão de cursopt_BR
dc.subject.keywordSegurança do pacientept_BR
dc.subject.keywordCriança hospitalizadapt_BR
dc.subject.keywordGerenciamento de segurançapt_BR
dc.subject.keywordSaúde da criançapt_BR
dc.subject.keywordEnfermagem pediátricapt_BR
dc.subject.keywordEvento adversopt_BR
dc.contributor.membersBrum, Ana Karine Ramos-
dc.contributor.membersFerreira, Simone Cruz Machado-
dc.contributor.membersBorges, Elsie Storch-
dc.contributor.membersBraga, André Luiz de Souza-
dc.degree.levelGraduaçãopt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade Federal Fluminense. Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa. Niterói, RJpt_BR
dc.subject.descriptorSegurança do pacientept_BR
dc.subject.descriptorCriança hospitalizadapt_BR
dc.subject.descriptorGerenciamento de segurançapt_BR
dc.subject.descriptorSaúde da criançapt_BR
dc.subject.descriptorEnfermagem pediátricapt_BR
dc.subject.descriptorNear misspt_BR
dc.subject.keywordotherPatient safetypt_BR
dc.subject.keywordotherHospitalized childpt_BR
dc.subject.keywordotherSecurity managementpt_BR
dc.subject.keywordotherChildren's healthpt_BR
dc.subject.keywordotherPediatric nursingpt_BR
dc.subject.keywordotherAdverse eventpt_BR
dc.description.abstractotherThe child itself is considered a fragile being, whose care should have the maximum possible attention. For more than a century have been described and studied errors and harm to patients during hospital care. However, these studies are restricted to adults, and very little when related to hospitalized children. Moreover, the visibility of the subject with healthcare professionals not yet reached its due attention. According to the World Health Organization, patient safety is to reduce unnecessary risk and harm associated with health care in accordance with what is considered feasible on available resources and the context in which the service was performed .. The role of the nurse is of paramount importance during this process because as a member of the healthcare team, must be exploited, provided with prior knowledge to care for the child safely. For nursing, the relevance of this study is associated with quality assurance and safety in the care of hospitalized children, where the full protection of the child and family during the hospitalization process, occurring by a prior knowledge about the adverse events by professionals, thus ensuring safety through protection mechanisms in the setting of care. Objectives: To identify evidence in scientific production in virtual databases on hospitalized children in the context of Patient Safety; Analyze the scientific evidence according to the year of publication, source, international security goals, thematic axis and adverse events or almost damage; Discuss the evidence before the National Patient Safety Program, and the protocols of the National Health Surveillance Agency; Develop an educational technology for professional nursing within the Paediatric Patient Safety. Methodology: An exploratory study with a qualitative approach to integrative review type, against the backdrop of the virtual databases to the research question: What is the scientific evidence that address the hospitalized child in the context of patient safety? So, using the following descriptors: "Patient Safety", "Child Hospitalized", "Security Management", "Children's Health", "Pediatric Nursing" and "adverse event". Results: 14 articles, of which three categories emerged in the analysis were selected: adverse events related to medication errors; reducing the rate of infection related to health care; safe surgery and the safety of pediatric patients. Conclusion: The results indicate the need to develop protocols and manuals exclusively to pediatric patients. Effective communication among staff and between family / caregivers, notice of the occurrence of the error, the constant practice of hand hygiene, the use of innovative technologies to ensure more secure access, creating a checklist for surgery in children and constant updating of professionals are considered important tools in achieving a culture of patient safety focused not only for hospitalized children, but for patients in general. As a contribution of this research, we prepared an educational brochure containing information pertaining to completion of that process.pt_BR
dc.identifier.vinculationAluno de graduaçãopt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal Fluminensept_BR
dc.degree.departmentEscola de Enfermagem Aurora de Afonso Costapt_BR
dc.degree.date2014-
dc.degree.localNiterói, RJpt_BR
dc.degree.cursoBacharelado e Licenciatura em Enfermagempt_BR
dc.publisher.departmentNiteróipt_BR
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Agnne Katy Soares Ramalho.pdf894.46 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons