Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3082
Title: A gestão orientada a processos aplicada a uma farmácia de um serviço de saúde da atenção primária à saúde
Authors: Carvalho, Jane Maria de
metadata.dc.contributor.advisor: Cordeiro, Benedito Carlos
metadata.dc.contributor.advisorco: Castilho, Selma Rodrigues de
metadata.dc.contributor.members: Futuro, Debora Omena
Silva, Carolina Lazzarotto
Issue Date: 21-Mar-2017
Abstract: A Atenção Primária à Saúde (APS) é a principal porta de entrada no sistema de saúde e se direciona para a promoção, prevenção e recuperação da saúde. No Brasil, o modelo de Estratégia da Saúde da Família (ESF) foi escolhido para fortalecimento da APS. A renovação da APS e o sistema baseado na ESF constitui uma importante abordagem para a produção de melhorias e a promoção da equidade nos serviços de saúde. Visando atender a essas necessidades a Assistência Farmacêutica precisa se reorganizar garantindo melhorias nos processos logísticos de abastecimento e qualidade na Atenção à Saúde. A Organização Pan Americana da Saúde (OPAS) apresenta uma alternativa para isto, a utilização do modelo de gestão por processos tendo como foco principal o indivíduo, família e comunidade (IFC). Ao direcionar a atenção principal do trabalho para IFC há a integração do farmacêutiuco com o usuário e a equipe multidisciplinar, promovendo saúde e o uso racional dos medicamentos. O propósito deste trabalho é aplicar o modelo de gestão por processos em uma farmácia de um serviço da atenção primária à saúde do município do Rio de Janeiro com o intuito de aproximar o farmacêutico na realização de serviços clínicos. Foi realizado um estudo de caso para demonstrar como ocorreu a aplicação do modelo de gestão por processos apresentado por autores que propõem a gestão por processos como um modelo alternativo à gestão convencional focada em funções. Os processos da farmácia foram mapeados e redesenhados. Os processos-chave e os críticos de êxito foram identificados e os indicadores foram selecionados na literatura para a mensuração destes processos. O processo de logística foi eleito como processo crítico, este processo teve seus indicadores mensurados ao longo de 6 meses, melhorias foram implantadas e foram definidos responsáveis por cada subprocesso. Os técnicos de farmácia se aproximaram do processo de logística e o farmacêutico se aproximou dos processos-chave. O processo-chave passou a ter maior destaque e participação do farmacêutico visando à melhoria do atendimento ao usuário, além disto, foi iniciado um novo processo-chave: o seguimento farmacoterapêutico de hipertensos. A reorientação do modelo de gestão do serviço de farmácia pôde contribuir com a inserção do farmacêutico na equipe multidisciplinar e na transformação do usuário do serviço no principal cliente das atividades desenvolvidas pelo farmacêutico.
metadata.dc.description.abstractother: The Primary Health Care (PHC) is the main gateway to the health system and is directed to the promotion, prevention and recovery. In Brazil, the model of the Family Health Strategy (FHS) was chosen to strengthen PHC. PHC renewal and based on the FHS system is an important approach for producing improvements and promoting equity in health services. Aiming to meet these needs the Pharmaceutical Assessment needs restructuring ensuring improvements in logistics processes and supply quality in Health Care The Pan American Health Organization (PAHO) presents an alternative to this, using the model of management by processes having as main focus of the individual, family and community (IFC). By targeting the main focus of the work for IFC pharmacist no integration with the user and multidisciplinary team, health and promoting rational use of medicines. The purpose of this paper is to apply the model of process management in a pharmacy of a service of primary health care in the city of Rio de Janeiro in order to approach the pharmacist in clinical services. A case study was conducted to demonstrate how the application of the management model for processes submitted by authors propose process management as an alternative model to conventional focused management functions occurred. The pharmacy processes were mapped and redesigned. The key processes and critical success were identified and indicators were selected from literature to measure these processes. The logistics process was elected as a critical process, this process had its indicators measured over 6 months, improvements were implemented and defined responsible for each subprocess. Pharmacy technicians approached the logistics process and the pharmacist approached the key processes. The key process now has greater prominence and participation of pharmacist seeking to improve the service to the user, in addition, has started a new key case: pharmacotherapeutic follow-up of hypertensive patients. The reorientation of the management model of the pharmacy service could contribute to the insertion of the pharmacist in the multidisciplinary team and the transformation of the service user in the main client of the activities performed by the pharmacist
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3082
Appears in Collections:PPG-GAFAr - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carvalho, Jane Maria de [Dissertação, 2014].pdf1.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.