Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3084
Title: Competências para a prática dos serviços farmacêuticos prestados na atenção primária nos municípios de Itaperuna e Campos dos Goytacazes do estado do Rio de Janeiro
Authors: Chiarello, Sabrina Pereira
metadata.dc.contributor.advisor: Cordeiro, Benedito Carlos
metadata.dc.contributor.advisorco: Brito, Monique Araújo de
metadata.dc.contributor.members: Luiza, Vera Lucia
Issue Date: 21-Mar-2017
Abstract: O Sistema Único de Saúde desde a sua criação tem avançado de forma significativa. Dentro desse processo ressalta-se a importância da Atenção Primária à Saúde, que é considerada a principal porta de entrada do sistema de saúde no Brasil. Independente do nível de atenção, a maioria das ações em saúde resulta em intervenção medicamentosa. O medicamento é considerado um insumo importante na prestação dos serviços de saúde. Diante da necessidade de disponibilizar medicamentos e da utilização destes de forma racional, é fundamental a organização dos serviços farmacêuticos, bem como a capacitação dos recursos humanos. O trabalho aborda as competências para a prática dos serviços farmacêuticos na Atenção Primária. Objetivos: Analisar as competências para o desempenho dos serviços farmacêuticos ao nível de Atenção Primária, identificando o perfil dos profissionais e realizando uma avaliação dos seus conhecimentos. Metodologia: Estudo descritivo e transversal, baseado em entrevistas com profissionais que realizam dispensação de medicamentos na Atenção Primária. O estudo foi realizado nos municípios de Campos dos Goytacazes e Itaperuna do estado do Rio de Janeiro. Foi empregado um questionário do tipo estruturado com perguntas fechadas. No questionário aplicado foram solicitadas informações sobre os dados pessoais do entrevistado, como formação profissional, vínculo empregatício, carga horária, informações sobre as unidades de trabalho, faixa salarial, gênero e grau de satisfação em relação aos funcionários da farmácia e da unidade de saúde. Na segunda parte foram solicitadas para cada atividade citada o grau de importância na opinião do entrevistado, a frequência de realização das atividades e o grau de conhecimento. Resultados: Foram entrevistados 19 profissionais que fazem a dispensação de medicamentos na atenção primária. Dentre os entrevistados 12 eram farmacêuticos. Treze entrevistados possuíam mais de um vínculo empregatício. Sobre a renda mensal, 4 tinham faixa salarial de até 3 salários. Onze fizeram estágio em atenção primária. Dez entrevistados fizeram curso de atualização. Sobre as farmácias das unidades de saúde, Campos tem 8 farmácias com sistema informatizado. A média de funcionários nas farmácias foi de 2. Seis entrevistados trabalham 40 horas por semana. Doze relataram que a infra-estrutura da unidade de saúde é o seu maior desafio no trabalho. Sobre a análise das competências dos serviços farmacêuticos, o escore para a opinião do grau de importância para as atividades citadas foi alto. O escore de frequência de realização das atividades foi baixo, o farmacêutico foi o profissional que mais praticou as atividades citadas no questionário. O grau de conhecimento foi elevado entre os farmacêuticos. Conclusão: O resultado sugere a discrepância entre a opinião do grau de importância e a frequência da realização das atividades (indicadores de competência) referentes aos serviços farmacêuticos. A maioria dos participantes do estudo relatou que consideram as atividades referentes aos serviços farmacêuticos citadas no questionário importantes, porém na prática algumas atividades não são praticadas. O farmacêutico foi o profissional que obteve maiores escores para a frequência de realizações de atividades e do grau de conhecimento em relação aos demais profissionais, demonstrando assim a importância da sua participação no contexto da atenção primária
metadata.dc.description.abstractother: The Health System since its inception has advanced significantly. Within this process highlights the importance of primary health care, which is considered the main health system gateway in Brazil. Regardless of the level of attention, most health actions results in drug intervention. The drug is considered an important input in the provision of health services. According to the need to provide medicines and the use of these rationally, the services organization is important, as well as the training of human resources. It considers the competence for the practice of pharmaceutical services in primary care. Objectives: To analyze the competences for the performance of pharmaceutical services at the level of primary care, identifying the profile of professionals and conducting a self-assessment of their knowledge. Methodology: Descriptive, cross-sectional study, based on interviews with professionals involved in dispensing drugs in primary care. The study was conducted in Campos dos Goytacazes and Itaperuna cities of the state of Rio de Janeiro. It was used a semi-structured questionnaire type with open and closed questions. In the questionnaire were asked about the respondent's personal data, such as vocational training, employment, working hours, information on units of work, salary range, gender and degree of satisfaction with pharmacy staff and health unit. In the second part were required for each activity mentioned how important the opinion of the respondent is, the frequency of the activities and the degree of knowledge. Results: We interviewed 19 professionals who are drugs dispensers in primary care. Among the respondents were 12 pharmacists. Thirteen respondents had more than one job. About the monthly income, 4 had salary range of up to 3. Eleven had training in primary care. Ten respondents did refresher course. About pharmacies of health facilities, Campos has 8 pharmacies with computerized system. The average number of employees in pharmacies was 2. Six respondents work 40 hours a week. Twelve reported that the health facility infrastructure is your biggest challenge at work. On the analysis of the competences of pharmaceutical services, the score for the opinion of the degree of importance for the mentioned activities was high. The frequency score of carrying out activities was low, the pharmacist was the professional who carried out most of the activities mentioned in the questionnaire. The degree of knowledge was high among pharmacists. Conclusion: The results suggest the discrepancy between the opinion of the degree of importance and frequency of performing activities (competence indicators) relating to pharmaceutical services. Most of the study participants reported that think the importance of the activities related to pharmaceutical services mentioned in the questionnaire, but in practice some activities are not practiced. The pharmacist was the professional who obtained higher scores for the frequency of activities and achievements of the degree of knowledge in relation to other professionals, thus demonstrating the importance of their participation in the context of primary care
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3084
Appears in Collections:PPG-GAFAr - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Chiarello, Sabrina Pereira [Dissertação, 2015].pdf1.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.