Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3098
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMariani, Bethania Sampaio Corrêa-
dc.contributor.authorGomes, Ulisses da Silva-
dc.date.accessioned2017-03-23T14:37:39Z-
dc.date.available2017-03-23T14:37:39Z-
dc.date.issued2017-03-23-
dc.identifier.urihttps://app.uff.br/riuff/handle/1/3098-
dc.description.abstractDebruçando-nos sobre a contribuição dos estudos do discurso ao contexto discursivo jurídico e pela análise de textos jurídicos que leva em conta a Análise de Discurso – tal como apresentada por Pêcheux (2010[1969]) e desenvolvida no Brasil principalmente por Orlandi (1987) – buscamos compreender o processo de construção da imagem de Poder Judiciário e a sua inscrição das relações de poder, principalmente nas relações com o Poder Legislativo. Julgamos ser possível analisar, a partir de uma leitura sintomática dos textos jurídicos (mandados de injunção cujo objeto é o direito de greve do servidor público), o processo de construção de uma imagem do Poder Judiciário brasileiro e de seu posicionamento político a partir da Constituição de 1988 – norma que estabelece os caminhos a serem seguidos para a construção de um Estado democrático e social –. A partir da análise de dois movimentos – mandado de injunção como meio de reivindicação de direitos não regulamentados, e ressignificação de “greve” como “direito de greve” – verificamos que a Constituição inscreve o modo de proceder da sociedade civil e do Estado em um jogo (contraditório) em que a liberdade (democrática) oculta a constrição (autoritária). A previsão do mandado de injunção como “remédio” a ser utilizado na “falta” de norma regulamentadora do agora direito de greve; o movimento de transformação de greve em direito de greve e sua incorporação pela legislação, ressignificando aquele instrumento de luta como direito concedido pelo Estado, tudo isso tem consequências que justificam a análise. O processo de significação da categoria direito de greve do servidor público traz elementos da relação de poderes no discurso jurídico e as marcas de uma relação mais ou menos harmônica entre os poderes inscrita nas discussões sobre o direito de greve dos servidores públicos.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Josimara Dias Brumatti (bcgdigital@ndc.uff.br) on 2017-03-23T14:37:20Z No. of bitstreams: 1 GOMES, Ulisses. REMEDIADO ESTÁ.pdf: 1888680 bytes, checksum: be72caaa0ce5fc127b3c0193a457260b (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Josimara Dias Brumatti (bcgdigital@ndc.uff.br) on 2017-03-23T14:37:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 GOMES, Ulisses. REMEDIADO ESTÁ.pdf: 1888680 bytes, checksum: be72caaa0ce5fc127b3c0193a457260b (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-03-23T14:37:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 GOMES, Ulisses. REMEDIADO ESTÁ.pdf: 1888680 bytes, checksum: be72caaa0ce5fc127b3c0193a457260b (MD5)en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsOpen Accesspt_BR
dc.titleRemediado está: implicações do processo de significação de greve na relação entre o Poder Legislativo e o Poder Judiciário a partir da Constituição Federal de 1988pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordAnálise do discurso francesapt_BR
dc.subject.keywordDireito de greve do servidor públicopt_BR
dc.subject.keywordMandado de injunçãopt_BR
dc.degree.levelmestrado acadêmicopt_BR
dc.subject.descriptorLinguísticapt_BR
dc.subject.descriptorDireito de grevept_BR
dc.subject.descriptorMandado de injunçãopt_BR
dc.subject.descriptorServidor públicopt_BR
dc.subject.descriptorCategorizaçãopt_BR
dc.identifier.vinculationAluno de Mestradopt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal Fluminensept_BR
dc.degree.departmentInstituto de Letraspt_BR
dc.degree.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Estudos de Linguagempt_BR
dc.degree.date2015-
dc.degree.localNiterói, RJpt_BR
dc.publisher.departmentNiteróipt_BR
Appears in Collections:POSLING - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GOMES, Ulisses. REMEDIADO ESTÁ.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.