Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3162
Title: A comunicação da equipe de enfermagem com a família do recém-nascido internado na unidade de terapia intensiva neonatal: uma revisão integrativa
Authors: Azevedo, Bianca Fonseca de
metadata.dc.contributor.advisor: Aguiar, Rosane Cordeiro Burla de
metadata.dc.contributor.members: Aguiar, Rosane Cordeiro Burla de
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Azevedo, Bianca Fonseca de. A comunicação da equipe de enfermagem com a família do recém-nascido internado na unidade de terapia intensiva neonatal: uma revisão integrativa. 2014. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) – Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2014.
Abstract: Trata-se de uma revisão integrativa da produção científica de enfermagem nacional sobre a comunicação da equipe de enfermagem com a família do RN na UTIN. Objetivos: identificar na literatura científica os estudos sobre a comunicação entre equipe de enfermagem e a família do recém-nascido internado na UTIN, descrever os temas mais comuns da comunicação da equipe de enfermagem com a família do recém-nascido internado na UTIN e discutir a comunicação da equipe de enfermagem com a família do recém-nascido internado na UTIN. Foi levantada bibliografia relativa ao tema por busca nas bases de dados LILACS, BDENF do portal da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS – BIREME) e SciELO, utilizando-se os seguintes descritores: Enfermagem, Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, Família e Comunicação. Dos 354 artigos encontrados, procedeu-se a análise ficando apenas dezessete artigos científicos e os resultados foram agrupados em seis categorias: a comunicação efetiva no cuidado ao RN internado na UTIN, a comunicação não efetiva no cuidado ao RN internado na UTIN, desejo/necessidade de informação da família sobre o RN internado na UTIN, o papel do profissional na comunicação junto à família do RN na UTIN, comunicação como forma de cuidado e obstáculos para a comunicação. Evidenciou-se que tanto a equipe de enfermagem quanto os familiares ainda encontram dificuldades para o desenvolvimento de uma comunicação satisfatória entre si. Essa barreira pode ser modificada à medida que a relação progride entre eles e aumenta a confiança mútua. Para tanto os profissionais da enfermagem necessitam ampliar sua receptividade e compreensão da família como participante no processo de reabilitação do doente.
metadata.dc.description.abstractother: This is an integrative review of the national nursing scientific production on the communication from the nursing staff with the family in the NICU RN. Objectives: To identify studies on communication between the nursing team and the newborn's family admitted to the NICU in the scientific literature, describe the most common themes of the nursing staff communication with the family of the newborn hospitalized in the NICU and discuss the communication of the nursing staff with the family of the newborn hospitalized in the NICU. Was raised bibliography on the topic by searching the databases LILACS, BDENF the portal of the Virtual Health Library (VHL - BIREME) and SciELO, using the following keywords: Nursing, Neonatal Intensive Care, Family and Communication. There has been analysis of seventeen scientific papers and the results were grouped into six categories: effective communication in the care of newborns admitted to the NICU, the ineffective communication in the care of newborns admitted to the NICU, desire/need for family information NB admitted to the NICU, the role of the professional in communication with the family in the NICU RN, communication as a means of care and barriers to communication. It was evident that both the nursing team and the family still find it difficult to develop a satisfactory communication with each other. This barrier can be modified to the extent that the relationship between them and progresses enhances trust. For both the nursing professionals need to broaden their responsiveness and understanding of the family as a participant in the patient rehabilitation process.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3162
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Bianca Fonseca de Azevedo Noronha.pdf352.88 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons