Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3163
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAbreu, Aldira Samantha Garrido Teixeira-
dc.contributor.authorSantos, Camila Moreira-
dc.date.accessioned2017-03-28T16:50:54Z-
dc.date.available2017-03-28T16:50:54Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationSantos, Camila Moreira. Assistência pré-natal á gestantes privadas de liberdade: uma revisão integrativa. 2014. 64f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttps://app.uff.br/riuff/handle/1/3163-
dc.description.abstractO estudo objetivou analisar a produção científica, de 2004 a 2014, acerca da assistência pré-natal a gestante privada de liberdade. Trata-se de revisão integrativa da literatura, com abordagem predominantemente qualitativa, norteada pelos seguintes questionamentos: Qual é a produção científica nacional existente sobre a temática da assistência pré-natal de gestantes privadas de liberdade? Como os autores que discutem o tema o abordam?Os dados foram coletados em outubro de 2014 através de busca nas bases de dados eletrônicas de Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, de Literatura Internacional em Ciências da Saúde e Base de Dados de Enfermagem, utilizando os seguintes descritores: Direitos humanos, Assistência pré-natal, Gestação, Prisões e Mulher. Foram critérios de inclusão dos estudos na pesquisa: estudos divulgados na língua portuguesa; publicados em periódicos nacionais no período compreendido entre 2004 e 2014; disponibilidade de texto na íntegra. Foram encontrados 94 artigos, dos quais foram selecionados 16 para análise. As informações oriundas dos artigos foram registradas em um formulário criado pela própria pesquisadora; os dados qualitativos foram categorizados em três temáticas centrais. Os principais resultados evidenciaram que o perfil das mulheres reclusas é na sua maioria composta por mulheres jovens e a maior causa de aprisionamento é o envolvimento com drogas. A maioria destas mulheres já ingressou na penitenciária gestante. No entanto, apesar da gestação ser um fenômeno comum dentro do sistema penitenciário, ao analisar os resultados das pesquisas, percebe-se a inexistência ou ineficácia da assistência e acompanhamento ao pré-natal para a maioria das mulheres que vivenciaram a gestação no presídio, além da falta de preparação para receber essa população que necessita de atenção de cuidados diferençados e especializados. Porém, mesmo com todas as situações vivenciadas por estas mulheres, elas olharam para a gestação como oportunidade de ser mãe. No que diz repeito a pesquisa realizada, é necessária a investigação da situação do sistema carcerário brasileiro, sobretudo no que se refere à assistência pré-natal uma vez que estas reclusas também são amparadas pela lei no direito a saúde, haja vista que a população sob esta custódia reflete importância epidemiológica e sanitária ao país, o que fica mais preocupante quando se trata de gestantes, desta forma reforça que a atenção à saúde carcerária deve ser repensada. Frente ao exposto, acredita-se na necessidade de realização que mais estudos sobre a temática, para o enriquecimento de conhecimento, que gestores e outros servidores percebam a importância de uma assistência à saúde das mulheres privadas de liberdade, principalmente aquelas que vivenciam o período gestacional no ambiente prisional e que enfermeiros e demais profissionais da saúde estejam aptos ao diálogo e à escuta de forma não julgadora, sendo atores de uma assistência de qualidade.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Fabiana Gonçalves Pinto (benf@ndc.uff.br) on 2017-03-28T16:50:54Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) TCC Camila Moreira Santos.pdf: 539261 bytes, checksum: aa634c161b8cd77f0bebaf9de75a77e8 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-03-28T16:50:54Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) TCC Camila Moreira Santos.pdf: 539261 bytes, checksum: aa634c161b8cd77f0bebaf9de75a77e8 (MD5) Previous issue date: 2014en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal Fluminensept_BR
dc.rightsOpen Accesspt_BR
dc.titleAssistência pré-natal á gestantes privadas de liberdade: uma revisão integrativapt_BR
dc.typemonografia de conclusão de cursopt_BR
dc.subject.keywordPrisõespt_BR
dc.subject.keywordEnfermagempt_BR
dc.subject.keywordAssistência pré-natalpt_BR
dc.contributor.membersAbreu, Aldira Samantha Garrido Teixeira-
dc.contributor.membersDaher, Donizete Vago-
dc.contributor.membersLeão, Diva Cristina Morett Romano-
dc.contributor.membersSão Bento, Paulo Alexandre de Souza-
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade Federal Fluminense. Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa. Niterói, RJpt_BR
dc.subject.descriptorCuidado pré-natalpt_BR
dc.subject.descriptorGestantespt_BR
dc.subject.descriptorPrisõespt_BR
dc.subject.descriptorEnfermagem materno-infantilpt_BR
dc.subject.descriptorPrisioneirospt_BR
dc.subject.keywordotherPrisonspt_BR
dc.subject.keywordotherNursingpt_BR
dc.subject.keywordotherPrenatal carept_BR
dc.description.abstractotherThe study aimed to analyze the scientific production from 2004 to 2014, about prenatal care to pregnant private freedom. It is an integrative literature review, with a predominantly qualitative approach, guided by the following questions: What is the existing national scientific literature on the topic of prenatal care of pregnant women deprived of freedom? As the authors discussing the subject the address? Data were collected in October 2014 by searching the electronic databases of Latin American and Caribbean Health Sciences, International Literature in Health Sciences and Base Nursing, using the following descriptors: Human Rights, prenatal care, pregnancy, Prisons and Women. Were criteria for inclusion of studies in the research: studies published in Portuguese; published in national journals in the period between 2004 and 2014; text availability in full. 94 items were found, of which 16 were selected for analysis. The information from the articles were recorded on a form created by the researcher; qualitative data were categorized into three central themes. The main results showed that the profile of women prisoners is mostly composed of young women and the leading cause of imprisonment is the involvement with drugs. Most of these women have entered the prison pregnant. However, despite the pregnancy is a common phenomenon within the prison system, to analyze the results of the research, we notice the absence or ineffectiveness of assistance and support to prenatal care for most women who experienced pregnancy in prison, plus the lack of preparation to receive this population that needs attention of differentiated and specialized care. But even with all the situations experienced by these women, they looked at pregnancy as an opportunity to be a mother. As repeito says the survey, the research of the Brazilian prison system situation, especially with regard to prenatal care as these inmates are also supported by the law on the right to health is necessary, given that the population under this reflects custody epidemiological and health importance to the country, which is more worrying when it comes to pregnant women in this way reinforces the attention to prison health should be reconsidered. Based on these, believes in the need to conduct more studies on the subject, to the enrichment of knowledge that managers and other servers realize the importance of health care for women deprived of freedom, especially those who experience pregnancy the prison environment and that nurses and other health professionals are able to dialogue and listening non-judgmental way, with actors of quality care.pt_BR
dc.identifier.vinculationAluno de Graduaçãopt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal Fluminensept_BR
dc.degree.departmentEscola de Enfermagem Aurora de Afonso Costapt_BR
dc.degree.date2014-
dc.degree.localNiteróipt_BR
dc.degree.cursoBacharelado e Licenciatura em Enfermagempt_BR
dc.publisher.departmentNiteróipt_BR
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Camila Moreira Santos.pdf526.62 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons