Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3203
Title: A consulta de enfermagem fundamentada no "modelo de promoção da saúde de nola pender" a uma população idosa: estudo transversal
Authors: Alencar, Tâmara Dias de
metadata.dc.contributor.advisor: Santana, Rosimere Ferreira
metadata.dc.contributor.members: Santana, Rosimere Ferreira
Sá, Selma Petra Chaves
Santos, George Luiz Alves
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Alencar, Tâmara Dias de. A consulta de enfermagem fundamentada no "modelo de promoção da saúde de nola pender" a uma população idosa: estudo transversal. 2014. 107 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2014.
Abstract: A não adesão ao tratamento das doenças crônicas não transmissíveis repercutem negativamente na vida dos idosos. A consulta de enfermagem especializada para esta população e baseada na Teoria de Pender, que visa motivar a autonomia e o autocuidado, influenciam na mudança de comportamentos a fim de alcançar metas específicas para a melhora da saúde. Trata-se de pesquisa quantitativa do tipo descritivo, observacional, transversal, que teve por objetivo geral analisar a consulta de enfermagem e os instrumentos utilizados para a promoção da saúde em idosos frequentadores de um grupo para terceira idade. E como objetivos específicos, caracterizar o perfil de comportamento de adesão e autoeficácia destes idosos; identificar os principais diagnósticos e intervenções para a promoção da saúde; e discutir a aplicabilidade da consulta e seus instrumentos baseado na Teoria de Nola Pender para a promoção da saúde, da adesão e da auto eficácia neste grupo. Utilizou como marco referencial a Teoria de Promoção da Saúde de Nola Pender. A pesquisa teve como campo de estudo o Programa UFF - Espaço Avançado. Realizou-se a consulta de enfermagem com 31 idosos, no período de março a junho de 2014. Os resultados compreenderam: idosos com média de idade de 71,29 anos, sexo feminino foi o predominante 93,55% (29), residiam com o companheiro e/ou filhos e netos 48,39% (15), em sua maioria eram viúvos 32,25% (10), obtiveram até 9 anos de estudos, apresentaram-se eutróficos 67,74% (21), no entanto com obesidade abdominal 70,97 (22), apresentaram baixo controle dos níveis pressóricos 38,71% (12), realizavam acompanhamento com até duas especialidades médicas 61,29% (19) e referiram tomar de 5 a 8 medicamentos 35,48% (11), caracterizando polifarmácia. Apresentaram média adesão 48,39% (15) em relação à Escala de Adesão Terapêutica. Na avaliação Multidimensional obtiveram pontuação adequada 83,87% (26) no exame do estado mental, não apresentaram humor deprimido 87,1% (27) e demonstraram alguma dependência 38,71% (12) nas atividades instrumentais de vida diária. Referiram a hipertensão arterial e a dislipidemias como principais doenças. Os principais diagnósticos foram: Risco de quedas 100% (31), Risco de integridade da pele prejudicada 90,32% (28), Autocontrole ineficaz da saúde 58,06% (18), Dentição prejudicada 54,84% (17), Nutrição desequilibrada: mais do que as necessidade corporais 32,26% (10), Mobilidade física prejudicada 25,81% (8), Padrão de sono prejudicado 19,35% (6) e Memória prejudicada 16,13% (5). Neste sentido as intervenções utilizadas foram: “Prevenção contra Quedas”, “Supervisão da Pele”, “Estabelecimentos de Metas Mútuas”, “Restauração da Saúde Oral”, “Controle da Nutrição - Assistência para Reduzir o Peso”, “Promoção do Exercício: Treino para Fortalecimento”, “Melhora do Sono” e “Treinamento da Memória”. Relativo à Autoeficácia percebida o idoso percebeu-se capaz de aderir ao tratamento e melhorar sua condição de saúde. Quanto ao Compromisso com um plano de ação, os instrumentos utilizados possibilitaram ferramentas para que os idosos alcançassem mudanças no comportamento de saúde. Conclui-se que a utilização da Teoria de Pender em ligação com os instrumentos desenvolvidos contribuíram para o desenvolvimento de intervenções específicas as particularidades dos idosos, quanto à promoção de um comportamento saudável, da adesão ao plano terapêutico.
metadata.dc.description.abstractother: Non-adherence to treatment of chronic diseases negatively impacting the lives of the elderly. The nursing consultation specialized for this population and based on the Theory of Pender, which aims to motivate the autonomy and self-care, influence behavior change in order to achieve specific goals to improve health. This is quantitative research descriptive, observational, cross, which had the main objective to analyze the nursing consultation and instruments used to promote health in a group of elderly regulars for Seniors. And as specific objectives, characterize the behavior of adherence profile and self-efficacy of these elderly; identify the main diagnoses and interventions for health promotion; and discuss the applicability of the consultation and its instruments based on Nola Pender Theory for the promotion of health, adherence and self-efficacy in this group. Used as a reference point the Health Promotion Theory of Nola Pender. The research was to study the field UFF Program - Advanced Space . Held the nursing consultation with 31 seniors, from March to June 2014. The results included: elderly with a mean age of 71.29 years, female sex was the predominant 93.55 % (29), lived with the partner and / or children and grandchildren 48.39 % (15), most were widows 32.25% (10) had up to 9 years of study, had to be eutrophic 67.74 % (21), however with abdominal obesity 70.97 (22) , showed poor control of blood pressure levels 38,71 % (12), performed follow- up to two medical specialties 61.29 ( 19) and said take 5-8 medications 35.48 % (11), featuring polypharmacy . Had a mean adherence 48.39 % (15) in relation to therapy Adherence Scale. In assessing Multidimensional obtained proper punctuation 83.87 % (26) in the mental status examination showed no depressed mood 87.1 % (27) and showed some dependence 38.71 % (12) in instrumental activities of daily living. Reported hypertension and dyslipidemia as the major diseases. The main diagnoses were: Falls risk 100 % (31), Impaired skin integrity risk 90.32 % (28), Self ineffective health 58.06 % (18), Impaired dentition 54.84 % (17), Altered nutrition : more than body need 32,26 % (10), Physical mobility impaired 25.81 % (8), Impaired sleep pattern 19.35% (6) 16.13% and Impaired memory (5). In this sense the interventions used were: “Preventing Falls", "Supervision Skin", "Merchants of mutual goals”, "Restoration of Oral Health”, "Control of Nutrition - Assistance to Reduce Weight", "Exercise Promotion: Training for Strengthening ", " Improves Sleep" and "Training of Memory ". On Self-efficacy perceived the old saw is able to adhere to treatment and improve their health condition . As for the commitment to a plan of action , the instruments used tools made it possible for older people reached changes in health behavior. It is concluded that the use of Pender theory in connection with the developed instruments contributed to the development of specific interventions the particularities of the elderly, as the promotion of healthy behavior, adherence to treatment plans.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3203
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Tâmara Dias Alencar.pdf3.55 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons