Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/321
Title: Adoção, avaliação e circulação de livros didáticos de matemática no século XIX
Other Titles: Adoption, review and circulation of mathematics textbooks in the 19th century
Authors: Soares, Flávia dos Santos
Issue Date: 2013
Publisher: Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas
Citation: SOARES, F. S. Adoção, avaliação e circulação de livros didáticos de Matemática no século XIX. Zetetikè, Campinas, v. 21, n.40, p. 37-58, 2013. ISSN: 2176-1744. Disponível em: <http://www.fae.unicamp.br/revista/index.php/zetetike/article/view/4359/5247>
metadata.dc.relation.ispartof: Zetetiké Online. Revista Semestral do Cempem (Círculo de Estudo, Memória e Pesquisa em Educação Matemática) / Faculdade de Educação/Unicamp. Campinas, SP. v.1, n.1, mar (1993). v. 21, n. 40 jul/dez - 2013. ISSN: 2176-1744.
Abstract: Pode-se dizer, com certeza, que o livro didático é o instrumento mais utilizado no contexto escolar por professores de todas as disciplinas. Devido a sua importância, tanto como recurso didático, quanto como fonte de informações – dentre outras de suas muitas funções, eles têm sido historicamente produtos sujeitos ao controle político ou religioso, submetendo-se a mecanismos de censura e autorização. Este texto tem como objetivo fazer algumas considerações sobre o processo de autorização e avaliação de livros didáticos para o ensino de Matemática no século XIX, momento em que começaram a surgir as primeiras obras didáticas destinadas às escolas elementares e secundárias, escritas por autores brasileiros. Para tecer tais considerações, foram consultadas obras didáticas do século XIX, bem como a legislação da época e os documentos manuscritos disponíveis no Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro (AGCRJ).
metadata.dc.description.abstractother: It can be said with certainty that the textbook is the most used tool at school by teachers of all disciplines. Due to its importance, both as a teaching resource and as a source of information, among its many other functions, it has been historically subjected to political or religious control, submitted to censure and authorization mechanisms. This text aims to make some considerations about the authorization and evaluation process of textbooks for Mathematics teaching in the 19th century, when the first textbooks by brazilian authors were written for Elementary and Secondary schools. To weave such considerations, textbooks from this time were consulted, as well as legislation and handwritten documents available in the General Archives of the City of Rio de Janeiro (AGCRJ).
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/321
Appears in Collections:HEDUMAT - Artigos de periódicos e trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ZETETIKE_2013_SOARES.pdf166.28 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.