Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3226
Title: Estudo dos registros do cartão da gestante e sua implicação na qualidade da assistência pré-natal
Authors: Carvalho, Thais Basílio
metadata.dc.contributor.advisor: Ferreira, Helen Campos
metadata.dc.contributor.members: Ferreira, Helen Campos
Lauriano, Andre Guayanaz
Campos, Maria Aparecida Brito
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Carvalho, Thais Basílio. Estudo dos registros do cartão da gestante e sua implicação na qualidade da assistência pré-natal. 2014. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2014.
Abstract: Trata-se de uma pesquisa quantitativa, exploratória, através da análise documental do cartão das gestantes de Unidade Básica de Saúde (UBS) do Rio de Janeiro Alice Toledo Tibiriçá cujo tema central foi a qualidade da assistência pré-natal, fundamental para um período gravídico saudável livre de agravos culminando em parto e recém-nascido sadios. Como objetivos estabeleceu-se: verificar os registros contidos no cartão da gestante em relação à associação com assistência de qualidade preconizada pelo Ministério da Saúde (MS); identificar a incidência das inadequações principais oriundas do preenchimento do cartão da gestante pela equipe de saúde da UBS; descrever a relação da implicação dessa incidência na perspectiva da qualidade da assistência pré-natal com as informações contidas no cartão e analisar, através de dados coletados, a significância da necessidade de registros da consulta. A coleta de dados foi realizada através de formulário check list composto com os itens do atual cartão da gestante. Os resultados confirmaram a hipótese de que registros de dados do cartão do pré-natal não permitem expressar o acompanhamento da cliente e dessa forma distorcem os indicadores de qualidade do serviço de enfermagem prestado e estes ficam prejudicados, com destaque para ausência de 100% agendamento da gestante, do item cor, da não identificação do agente comunitário de saúde; registro do índice de líquido amniótico e posição da placenta; não avaliam a pelve da mulher e em mais de 90% os exames de laboratório também não são valorizados, principalmente VDRL, Ht e Hb, tipagem sanguínea e fator Rh. Conclui-se que os registros realizados durante a assistência são de suma importância para a continuidade do serviço e para o alcance da qualidade da assistência, cabe aos profissionais extrema atenção ao transcrever as informações de forma correta e buscar conhecimento sobre cada instrumento utilizado no dia-a-dia do cuidado, avaliando o impacto da qualidade assistencial.
metadata.dc.description.abstractother: It is a exploratory and quantitative research, through documentary analysis of the card of the pregnant women of a Basic Health Unit (BHU) of Rio de Janeiro Alice Toledo Tibiriçá whose central theme was the quality of prenatal care, fundamental to a pregnancy healthy free of diseases culminating in healthy delivery and newborn. As objectives established: check the records contained in pregnancy card in relation to the association with quality assistance recommended by the Ministry of Health (MOH); identify the incidence of inadequacies main from completing the pregnancy card by the health team of UBS. Describe the relationship of the implication of such incidence in the perspective of the quality of prenatal care with the information contained in the card and analyze, through data collected, the significance of the need for records in the consult. The data collection was performed by means of checklist form composed with the items of the current pregnancy card. The results confirmed the hypothesis that records of card data of the pre-delivery does not allow to express the monitoring of customer and thus distort the quality indicators of the nursing service provided and these are harmed, with emphasis on lack of 100% schedule of pregnant women, the item color, the nonidentification of community health agent; record of amniotic fluid and position of placental; do not assess the pelvis of women and more than 90 percent of the laboratory tests are also not valued, especially VDRL, Ht and Hb, blood typing and Rh factor. It is concluded that the records made during the service are of the utmost importance for the continuity of the service and to the range of quality of care, the professionals must have extreme attention to transcribe the information correctly and seek knowledge on each instrument used in day-to-day care, evaluating the impact of health care quality.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3226
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Thaís Basílio Carvalho.pdf385.04 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons