Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3312
Title: O acolhimento na saúde da mulher gestante avanços e desafios: uma revisão de literatura
Authors: Victória, Juliana Zambrano
metadata.dc.contributor.advisor: Abreu, Aldira Samantha Garrido Teixeira
metadata.dc.contributor.members: Abreu, Aldira Samantha Garrido Teixeira
Brum, Ana Karine Ramos
Escudeiro, Cristina Lavoyer
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Victória, Juliana Zambrano. O acolhimento na saúde da mulher gestante avanços e desafios: uma revisão de literatura. 2014. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2014.
Abstract: Os programas propostos pelo Ministério da Saúde à mulher gestante, dispõe o acolhimento como postura e prática nas ações de atenção, favorecendo a construção de uma relação de confiança e compromisso dos usuários com as equipes e os serviços. Há tempos são investidas tentativas para avançar no modelo de atenção obstétrica. Em 2000, através da Portaria/GM nº 569, é instituído pelo Ministério da Saúde o Programa de Humanização no Pré-natal e Nascimento (PHPN). O acolhimento possibilita que o processo de trabalho em saúde possua como foco as relações profissional/usuário e pressupõe uma mudança nesta relação, levando ao reconhecimento do usuário como sujeito e participante ativo no processo de produção da saúde. Diante deste contexto podemos compreender o acolhimento como um processo constitutivo das práticas de produção e promoção de saúde que implica responsabilização do trabalhador/equipe pelo usuário. Ouvindo sua queixa, considerando suas preocupações e angústias, fazendo uso de uma escuta qualificada que possibilite analisar a demanda, garantir atenção integral, resolutiva. Visando à horizontalidade do cuidado e a continuidade da assistência. O grande desafio a ser enfrentado por nós, trabalhadores da saúde, está na efetivação do acolhimento, sendo necessário transpor os princípios aprovados e preconizados para a prática no setor de saúde. Reforçando a importância da construção de estratégias que promovam mudanças nas práticas do serviço. Para tal é preciso estabelecer, no cotidiano, a criação de vínculos entre os profissionais e usuárias. Para a enfermagem, a relevância desse estudo está associada à garantia da qualidade e segurança no acompanhamento do processo gestacional, proporcionando à gestante uma gravidez saudável e mais humanizada, atentando para todas as suas necessidades, de forma integral. O presente estudo apresenta como objetivo geral: identificar a produção científica de enfermagem sobre o acolhimento na saúde da mulher gestante. E como objetivos específicos: levantar a produção científica de enfermagem sobre o acolhimento na saúde da mulher gestante; identificar e descrever que estratégias esses profissionais utilizam para acolher a gestante através da literatura levantada e analisar a produção do referencial temático apontando avanços e retrocessos que possam qualificar ou melhorar essa assistência. Trata-se de um estudo exploratório com uma abordagem qualitativa do tipo revisão de literatura, tendo como cenário a base de dados virtual Scientific Electronic Library Online (SCIELO), com as questões de pesquisa: como a enfermagem tem discutido em suas pesquisas o assunto acolhimento na saúde da mulher gestante? De que forma os profissionais de enfermagem tem avançado em suas práticas na implementação do acolhimento através do material preconizado? Para tal, foram utilizados como critérios de inclusão: artigos científicos, publicados no período de 2007 a 2013, publicações em Revistas de Enfermagem, no idioma Português, e que estivessem completos, de modo que pudesse ser feita a leitura do conteúdo integral na Internet. Foram excluídos publicações que correspondam a editoriais, teses e dissertações e artigos internacionais, não disponíveis no idioma português. Os resultados apontam um quadro desafiador para a profissão Enfermagem, visto que nos remete à necessidade modificações de paradigmas que visem objetivar e garantir cuidados qualificados para a mulher. Há a necessidade de modificações na prática e no modo de cuidar da enfermagem, que busquem trazer à tona, não apenas aprimoramento dos procedimentos técnicos, mas sim, valores e iniciativas humanizadoras que impliquem em novas posturas. Neste contexto teremos a mulher como sujeito, com necessidades, desejos e emoções singulares.
metadata.dc.description.abstractother: Programs offered by the Ministry of Health to the pregnant woman, as has the host posture and practice in care actions, favoring building a relationship of trust and commitment of the users with their staff and services. There are times attempts are invested to advance the obstetric model. In 2000, through Ordinance / GM No. 569, is established by the Ministry of Health Program for Humanization of Prenatal and Birth (PHPN). The host enables the process of health work has focused on the professional / user relationships and requires a change in this relationship, leading to recognition of the user as subject and active participant in the process of health production. Given this context we can understand the host as a constitutive process of production practices and health promotion involving accountability worker / staff user. Hearing his complaint, considering their concerns and anxieties by making use of a qualified hearing that allows analyzing the demand, to ensure comprehensive care, resolute. Aiming at the horizontality of care and continuity of care. The major challenge being faced by us, health workers, is the realization of the host, being necessary to implement the approved principles and recommended to practice in the health sector. Reinforcing the importance of building strategies that promote changes in the practices of the service. For this it is necessary to establish, in everyday life, creating links between professionals and users. For nursing, the relevance of this study is associated with quality assurance and safety monitoring of the gestational process, providing the pregnant woman healthy and more human pregnancy, attending to all your needs in a comprehensive manner. The present study has as its general objective: identify the scientific production of nursing about health care in pregnant women. And specific objectives: to raise the scientific production of nursing about health care in pregnant women; identify and describe strategies that these professionals use to welcome the mother and raised by analyzing the production of thematic reference pointing advances and setbacks that may qualify or improve this care literature. This is an exploratory study with a qualitative approach to the literature review type, against the backdrop of the virtual database Scientific Electronic Library Online (SciELO), with research questions: how nursing has discussed his research on the subject host on the health of pregnant women? How nurse practitioners have advanced in their practice in the implementation of the host through the material recommended? To this end, we used the following inclusion criteria: scientific articles, published between 2007 to 2013, publications in Journals of Nursing, the Portuguese language, and they were full, so that reading the entire content on the Internet could be made. Publications that match editorials, thesis and dissertations and international articles, not available in Portuguese language were excluded. The results indicate a challenging framework for the nursing profession, as it reminds us of the need for changes in paradigms that seek to objectify and ensure skilled care for women. There is a need for changes in practice and how to take care nursing, seeking to bring out not only improvement of technical procedures, but, values and humanitarian initiatives that result in new positions. In this context we consider women as individuals with needs, desires and natural emotions.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3312
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Juliana Zambrano Victória.pdf722.83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.