Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3328
Title: Estudo da sedimentação recente na Várzea do Lago Grande do Curuai, Pará, Brasil
Authors: Amorim, Marcelo Andrade
metadata.dc.contributor.advisor: Turcq, Patricia Florio Moreira
metadata.dc.contributor.members: Cordeiro, Renato Campello
Carneiro, Arnaldo
Turcq, Bruno Jean
Issue Date: 12-Apr-2017
Abstract: As várzeas são ecossistemas extremamente ricos, em termos de biodiversidade e de produtividade (Junk, 1997), na Amazônia. Embora muito pouco se conheça sobre a dinâmica sedimentar no interior destes sistemas de várzeas, eles parecem desempenhar um papel importante tanto no que diz respeito ao transporte sedimentar, quanto nos ciclos dos elementos dissolvidos e particulados. Este estudo possibilitará, através de uma caracterização sedimentológica da várzea, a compreensão dos principais processos que determinam a deposição e/ou remobilização dos sedimentos superficiais nestes sistemas. O que de uma maneira mais ampla será extremamente importante para determinarmos a natureza do material sedimentar (orgânico e mineral) e conhecermos a atual dinâmica dos sedimentos, desde sua entrada nos lagos até sua deposição, assim como os processos que regem esta deposição e a provável ressuspensão. A várzea escolhida para este estudo foi a Várzea do Lago Grande do Curuai, situada próxima à cidade de Óbidos, no estado de Pará, a 850 km a montante da desembocadura deste no Oceano Atlântico. Para a realização deste estudo diferentes pontos de coleta de sedimento foram amostrados e os parâmetros a seguir foram analisados: concentração em material em suspensão, granulometria, mineralogia, teor em carbono e nitrogênio orgânico, a razão C/N e a composição isotópica do carbono e nitrogênio (δ13C e δ15N ). Os resultados mostram que com relação à caracterização granulométrica, foi verificado que os lagos próximos ao rio Amazonas apresentam uma granulometria mais fina devido ao material que chega pelas águas do rio Amazonas. Os lagos próximos a terra firma, são caracterizados por maiores teores de areia. Essa areia seria proveniente de igarapés que deságuam nestes lagos e trazem consigo um material mais grosseiro. A várzea de um modo geral apresenta-se como siltosa, variando entre silte médio a fino. Alguns lagos são um pouco arenosos, como é o caso do Lago Curumucuri, isolado do sistema, de águas pretas e com um igarapé desaguando sobre ele. Os Minerais presentes na Várzea são: a caolinita, a esmectita, o quartzo, a sílica amorfa. Apresentando como o argilo-mineral mais presente a esmectita. Os lagos com maiores teores em matéria orgânica são os lagos de águas pretas. A matéria orgânica presente nos sedimentos dos lagos parece ter basicamente duas fontes: o Rio Amazonas e a atividade biológica local (macrófitas, fitoplâncton e perifito). Mas de uma maneira geral a componente fitoplanctônica parece ser muito bem preservada nos sedimentos da várzea
metadata.dc.description.abstractother: Flood plains are extremely rich ecosystems of Amazonia in terms of biodiversity and high production (Junk, 1997). Furthermore, they play an important role in sedimental transportation as well as for the cycles of dissolved and particular elements. Várzea of Lago Grande de Curuai is located on the southern banks of the Amazon River, 850 km in length until the mouth of the river in the Atlantic Ocean. Through a full sedimentological characterization of the flood plain, this study will enable the understanding of the main processes, that determine the bulk and/or remobilization of the superficial sediments in these systems. This will be extremely important for us to determine the nature of sedimental material (organic and mineral) and to know the present dynamics of the sediments, the organic material and the potential of accumulation of carbon in these systems. For the study of the recent sedimentation in the area, a sedimental collection was made at several spots along Várzea. For the comprehension of these, sedimentological and grainsize studies of the material in suspension and the origin of the organic material, with a total of carbon, nitrogen, its reason and isotopic composition δ13C e δ15N, were made. In relation to the grainsize characterization, it was verified that lakes nearby the Amazon River show smaller grainsize due to the fine material brought by the water of the river. In lakes close to the forests, one can find find higher concentrations of sand. than in others. This sand comes from igarapés, which flows into these lakes, bringing with it thick material like sand. In general the flood plain presents silty, varying from medium to small silt. Some lakes, such as Lago Curumucuri have less sand. Morover, it is isolated from the system, containing black water and an igarapé flowing into it. The present minerals found in the Várzea are: kaolinite, smectite, quartz, and amorphous silic. Presenting as a claymineral, the most present material is esmectita. The organic material present in the sediments of the lakes is the main consequence of the phytoplanktonic activity in situ
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3328
Appears in Collections:PPG-GEO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO FINAL.pdf15.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.