Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3406
Title: Avaliação de política e planejamento da linguagem: um estudo sobre os efeitos de um projeto de integração regional
Authors: Carvalhal, Tatiana Pereira
metadata.dc.contributor.advisor: Savedra, Mônica Maria Guimarães
metadata.dc.contributor.members: Hamel, Rainer Enrique
Santos, Danusia Torres dos
Rebello, Adriana Leite do Prado
Pereira, Telma Cristina de Almeida Silva
Issue Date: 20-Apr-2017
Abstract: Esta investigação visa a avaliar a política e planejamento da linguagem de uma universidade federal brasileira pautada em um projeto de integração latino-americana de educação bilíngue em português e espanhol. Particularmente, foram avaliados os efeitos desse projeto sobre o perfil sociolinguístico e ideologias linguísticas dos estudantes. Situado no campo interdisciplinar de pesquisas de Política e Planejamento da Linguagem (PPL), e com foco no eixo avaliação, o presente estudo integrou análises de natureza quantitativa e qualitativa e propôs um enquadre analítico baseado em três dimensões, conjuntural, social e individual, de modo a construir uma compreensão ampla dos efeitos e dos fatores que os geraram. A partir desse procedimento analítico-metodológico, identificou-se que atuam, na política e planejamento da linguagem institucionais, além da proposta de educação bilíngue e do ensino obrigatório de espanhol e português, fatores como a localização na fronteira trinacional formada por Argentina, Brasil e Paraguai e a composição discente e docente da Universidade. A avaliação realizada mostrou que a (inter)ação desses fatores com diferentes orientações ideológicas de política da linguagem gerou múltiplos efeitos na comunidade estudantil, relacionados a processos de mudança e manutenção nos usos e conhecimento das línguas, bem como nas ideologias linguísticas. Quanto aos usos, avaliou-se que tais fatores contribuíram tanto para o contato, integração e usos bilíngues quanto para o conflito, exclusão e transferência de relações assimétricas da região para a universidade. Ademais, contribuíram também para um avanço desigual no aumento do conhecimento e usos do espanhol e do português nos ambientes familiar e educacional, bem como para a perda de outras línguas nesses ambientes, especialmente das originárias. Com relação aos efeitos nas ideologias linguísticas, foi avaliado que a política e planejamento da linguagem da instituição, ao se pautarem na educação bilíngue em espanhol e português e atribuírem a estas a função de línguas de ensino e de produção de conhecimento científico, promoveram o fortalecimento das duas línguas majoritárias, entretanto, no que tange a demais línguas, em especial as originárias, novamente favoreceram a redução do seu status. Por fim, discutiu-se a divergência entre a política e planejamento de integração, de identidade e da linguagem, e se concluiu que o alinhamento dessas diversas políticas e planejamentos seria um possível caminho para o avanço da instituição em direção aos seus objetivos
metadata.dc.description.abstractother: This investigation aims to evaluate the language policy and planning featured in a Brazilian federal university based on a Latin American integration project with bilingual education in Portuguese and Spanish. The effects on this project over the sociolinguistic profile of students and their linguistic ideologies were thoroughly analyzed. Lying in the interdisciplinary field of Language Policy and Planning (LPP), with a focus on evaluation, this study integrated quantitative and qualitative analyses, and proposed an analytical framework in three dimensions, conjunctural, social and individual, in order to build a wide comprehension of the effects and the factors from which they were generated. According to this analytical and methodological procedure, it was verified that, besides the bilingual education proposal and the compulsory teaching of Spanish and Portuguese, factors such as the location in the trinational region of Argentina, Brazil and Paraguay and how the student body and faculty are constituted also have an impact on the institutional language policy and planning. The evaluation revealed that the interaction of these factors, along with different ideological orientations of language policies, generated several effects amongst students, in processes of changing or maintaining the use and kwnoledge of languages, as well as the linguistic ideologies. As far as use is concerned, it was demonstrated that these factors contributed not only to the contact, integration and bilingual uses of languages, but also to conflicts, exclusion and the transfer of asymmetric relationships from the region to the university. Moreover, there was an uneven progress in the grown of knowledge and in the use of Spanish and Portuguese at the family and educational environments, along with the loss of other languages at these environments, mainly their native ones. Regarding the effects in the linguistic ideologies, it was verified that language policy and planning in the institution, by relying on bilingual education in Spanish and Portuguese, and their role as languages of instruction and production of scientific work, strengthened both major languages. Nevertheless, the other languages, particularly the native ones, were once again excluded or had their status diminished. Finally, a thorough discussion concerning the divergence between policies of integration, identity and language took place, and it was concluded that the alignment of these several policies and plans would enable the institution to move forward towards its objectives
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3406
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Tatiana Pereira Carvalhal.pdf2.25 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons