Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3415
Title: Área de proteção à expressão: um estudo de relações discursivas em área de proteção ambiental
Authors: Heringer, Gleici
metadata.dc.contributor.advisor: Feres, Beatriz dos Santos
metadata.dc.contributor.members: Ribeiro, Patricia Ferreira Neves
Omran, Muna
Issue Date: 2016
Abstract: O presente estudo tem como objetivo principal investigar as estratégias discursivas de silenciamento e de resistência construídas por agricultores e especialistas ambientais nas situações de comunicação que envolvem o processo de implantação e gestão da Área de Proteção Ambiental (APA) Macaé de Cima, localizada na região serrana do estado do Rio de Janeiro. Como corpus de análise utilizam-se textos que documentam discussões acerca desse processo, cujos sujeitos falantes constroem estratégias de silenciamento e de resistência. A investigação dessas construções discursivas se fundamenta na Teoria Semiolinguística de Análise do Discurso, de acordo com as pesquisas de Patrick Charaudeau (2009, 2010, 2011,2013) a respeito dos modos de organização do discurso, dos conceitos de língua, discurso, sujeito e identidade. Utiliza-se, ainda, o instrumental teórico a respeito dos processos de referenciação e de designação, filiado à Linguística Textual. As construções discursivas de silenciamento e resistência são examinadas de acordo com os pressupostos de Eni Orlandi (2007). O estudo evidenciou que ambas as estratégias são continuamente utilizadas pelos dois grupos envolvidos no contexto de discussão da APA, no entanto, os discursos de resistência são construídos em maior número pelo sujeito-agricultor ao objetivar defender suas tradicionais técnicas de uso da terra
metadata.dc.description.abstractother: This paper aims to investigate some discursive strategies of silencing and resistance produced by farmers and environmental specialists on situations of communication which involve the process of implementation and management of the environment protection area Macaé de Clima (Área de Proteção Ambiental Macaé de Clima – APA), located in the mountainous region of Rio de Janeiro. Some texts which document the discussions concerning this process will constitute the corpus of this exposition. The investigation of these discursive productions is based on Semiolinguistic Theory of Discourse Analysis, according to researchers developed by Patrick Charaudeau (2009, 2010, 2011, 2013) related to the modes of organization of the discourse, concepts of language, discourse, subject and identity. Studies of reference and designation are also used on this analysis. Furthermore, the discursive productions of silencing and resistance are examined by the assumptions postulated by Eni Orlandi (2007). The study has shown that both strategies are continuously used by both groups involved in the context of the discussion of the APA, however, the discourse of resistance are built in greater number by subject-farmer , in order to defend their traditional techniques for the use of the land
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3415
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons