Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3469
Title: Em uma esquina do sul: fragmentações e construções identitárias na música platina a partir da análise da obra de Vitor Ramil
Authors: Araujo, Valterlei Borges de
metadata.dc.contributor.advisor: Matos, Cláudia Neiva de
metadata.dc.contributor.members: Nercolini, Marildo José
Sovik, Liv Rebecca
Ramos, Miguel Jost
Labriola, Rodrigo Fernández
Issue Date: 8-May-2017
Abstract: Tendo como objeto de análise a obra do compositor e escritor gaúcho Vitor Ramil, a pesquisa busca apontar, a partir do conceito de construção de identidade e das perspectivas contemporâneas do multiculturalismo, a produção musical de Ramil como produto cultural representativo da geração dos anos 90. Identificamos nessa década o surgimento de alguns importantes movimentos musicais (organizados ou não). Dois desses movimentos são: o Mangue Beat, em Recife, liderado por Chico Science; e A estética do frio, no Rio Grande do Sul, liderado por Vitor Ramil. A estética do frio, assim como os demais movimentos musicais surgidos na década de 90, apresentam algumas propostas em comum, a saber: o interesse e o resgate pela memória da cultura local/regional; a necessidade de afirmação cultural e geográfica na produção musical; o resgate da produção musical local/regional com a qual se afiliavam; a busca e a tradução do passado cultural local/regional com os quais se sentiam conectados para a atualidade; a intencionalidade de colocar em contato propostas musicais e temporalidades diferentes. Nota-se, portanto, uma necessidade dessa geração em fortalecer seus laços locais/regionais e em conectar a tradição com o mundo contemporâneo. Essas necessidades de afirmação estão vinculadas especialmente a dois momentos históricos: o início da redemocratização do país na segunda metade dos anos 80; e o medo da homogeneização cultural representada pela maior entrada de produtos culturais massivos no período pós-ditadura, geralmente oriundo dos Estados Unidos. Lançado em 1993, A estética do frio (2004) é um ensaio reflexivo de Ramil, no qual o autor tenta reformular sua produção musical e sua inserção enquanto músico gaúcho dentro da MPB. Além disso, também busca analisar as relações de afiliação da música gaúcha com as músicas argentina e uruguaia, e os possíveis vínculos culturais entre os três países
metadata.dc.description.abstractother: Analysing the work of Vitor Ramil, composer and writer from Rio Grande do Sul/Brazil, the research aims to identify, from the concept of identity construction and contemporary perspectives of multiculturalism, Ramil’s music production as a representative cultural product of the generation of the 90s. We identify in this decade the emergence of some important musical movements (organized or not). Both of these movements are: Mangue Beat, in Recife, led by Chico Science, and A estética do frio (The aesthetics of the cold), in Rio Grande do Sul, led by Vitor Ramil. A estética do frio (The aesthetics of the cold), as others musical movements that emerged in the 90s, have some proposals in common, namely: the interest and the rescue by the memory of local / regional culture; the need for cultural and geographical affirmation in music production; the rescue of local / regional musical production with which they were affiliated; the search and the translation of local / regional cultural past with which they felt connected to the present; the intention of establishing contacts between musical proposals and different times. Note, therefore, a need for this generation to strengthen their local / regional ties and connect the tradition with the contemporary world. Those needs of affirmation are linked especially to two historical moments: the beginning of Brazil’s democratization in the second half of the 80s; and the fear of cultural homogenization represented by a higher input of massive cultural products in the post-dictatorship period, usually coming from the United States. Released in 1993, A estética do frio (The aesthetics of the cold) is a Ramil’s reflective essay, in which the author tries to reshape his musical production and his role as a gaúcho (born in Rio Grande do Sul) musician within the Brazilian Popular Music (MPB). It also seeks to analyze the relations of affiliation with the Argentine and Uruguayan music, and possible cultural ties between the three countries
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3469
Appears in Collections:POSLIT - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Valterlei_abr 2016_ FINAL ficha catalografica.pdf1.81 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons