Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3494
Title: Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos em sedimentos recentes da Baía de Guaratuba - PR
Authors: Pietzsch, Raphael
metadata.dc.contributor.advisor: Patchineelam, Sambasiva Rao
metadata.dc.contributor.advisorco: Torres, João Paulo Machado
metadata.dc.contributor.members: Malm, Olaf
Knoppers, Bastiaan Adriaan
Bernardes, Marcelo Corrêa
Issue Date: 2007
Abstract: O presente estudo teve como objetivo analisar hidrocarb onetos policíclicos aromáticos (HPAs), em diversas seções de dois testemunhos de sedimentos recentes, no estuário de Guaratuba, Paraná, a fim de avaliar os possíveis impactos decorrentes da crescente ocupação humana ao redor e de suas atividades na região. Este sistema estuarino está situado dentro dos li mites de uma Área de Proteção Ambiental, um local considerado ainda rela tivamente preservado. Com esta finalidade, se buscou quantificar quatorze HPAs sele cionados nos testemunhos, de aproximadamente 40 cm cada, os quais foram coletados na parte interna – próxima à área de desembocadura dos principais rios da região, Cubatão e São João – e na parte mais externa, próxima à saída para o m ar. A identificação e quantificação destes hidrocarbonetos foi realizada empreg ando-se um cromatógrafo à líquido de alto desempenho (HPLC – “High Performa nce Liquid Chromatography”), acoplado a um detector de fluorescência. Além disso, busc ou-se quantificar o teor de matéria orgânica nestes sedimentos, para observar se pode ria haver uma correlação entre esta e os HPAs. A concentração total de HPAs encontr ada nas amostras variou de 1,5 a 3.272,1 ng·g -1 (mediana 364,2) de sedimento seco, o que coloca a baía de Guaratuba como um ambiente pouco poluído a moderadamente poluído, se comparada com outras regiões similares do globo. Na part e mais externa, uma tendência atual é parece ocorrer, em função de um crescen te acúmulo destes hidrocarbonetos no sedimento, nas seções mais superficiais. Esta área é a que sofre maior urbanização nas proximidades do estuário nas últim as décadas. As concentrações de HPAs são, contudo, menores do que na base , a qual apresenta as maiores concentrações. A partir disso, pode-se julgar qu e a região esteve sujeita a impactos consideráveis no passado sem, no entanto se demo nstrar alarmante no presente. Um nível dos sedimentos, registrado no interior da baía, em que diversos HPAs estão presentes, indica que houve pelo menos um mom ento de significativa contribuição de queimadas. Além disso, os dados sugerem qu e processos biogênicos ou a diagênese inicial podem ter uma parcel a de contribuição na produção natural de HPAs.
metadata.dc.description.abstractother: The present study aims to analyze polycyclic aromatic hydro carbons (PAHs) in several sections of two cores of recent sediments, from the Guaratuba estuary, Parana State, to evaluate the degree of impact in the area from increasing human occupation and activities. An Area of Environmental Preser vation encloses this estuarine system, a location considered still pristine. Fo urteen selected PAHs were analyzed. The cores had roughly 40 centimeters, one colle cted in the inner part of the estuary and the other in the outer section, close to the sea. The identification and quantification of theses hydrocarbons was conducted using a HPLC – High Performance Liquid Chromatography coupled to a fluore scence detector. Besides, the total organic matter was quantified in order to s ee if there was any correlation with the PAHs. The concentration of total PAHs ranged from 1.5 and 3272.1 ng·g -1 (median 364,2) dry weight, which characterizes Guaratub a bay between a low polluted to moderately polluted environment, when com pared to similar environments around the globe. In the outer sector of the estuary, a trend in the present days is observed, showing an increase in the concentration of these hydrocarbons in the surface sediments. The outer sector is also the area that has been experiencing the fastest urbanization process in recent decades. Despite of t hat, the PAH concentrations are lower than in the bottom, which has the highest concentrations. This suggests that the region has been subjected to consid erable impacts in the past, although it does not seem to be alarming in the pres ent times. Within a level of the sediment cores, recorded in the inner sector of the bay , several PAHs are present in higher concentrations, indicating that at least in one moment there was a contribution of forest fires. Besides that, the data also suggest tha t biogenic processes or early diagenesis may have a slightly contribution to the nat ural production of PAHs.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3494
Appears in Collections:PPG-GEO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Mestrado Raphael Pietzsch.pdf4.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.