Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/351
Title: A ascensão da nobreza secundogênica no processo de legitimação e consolidação da Dinastia de Avis: o caso de Nuno Álvares Pereira
Authors: Coimbra, Marcos Arêas
metadata.dc.contributor.advisor: Ferreira, Roberto Godofredo Fabri
Issue Date: 2014
Citation: COIMBRA, Marcos Arêas. A ascensão da nobreza secundogênica no processo de legitimação e consolidação da Dinastia de Avis: o caso de Nuno Álvares Pereira. 2014. 146 f. Dissertação (Mestrado em História) – Departamento de História, Universidade Federal Fluminense Niterói, 2014. Disponível em: <ttp://www.historia.uff.br/stricto/td/1834.pdf>.
Abstract: O objetivo deste trabalho é analisar a produção de memória realizada durante os primeiros reinados da Dinastia de Avis, com ênfase na Crônica de D. João I e na Crônica de D. Fernando, de autoria do autor lusitano Fernão Lopes, e na Crônica do Condestável, de autor anônimo. Diante do desafio de se consolidar e legitimar no poder, os reis avisinos e a nova nobreza que com os mesmos ascende, promoveram uma propaganda política, por meio de representações dos seus maiores personagens, visando a construção de imagens paradigmáticas. Esses heróis, exemplos morais e modelos de conduta, fortaleceram tanto a nova dinastia, quanto as novas casas senhoriais, no jogo político da corte, onde a centralidade monárquica e a hierarquização dos espaços ganhavam força. Nuno Álvares Pereira emerge destes escritos como o nobre/cavaleiro ideal, personificando atributos, como lealdade, fidelidade e piedade, provenientes do ideal cavaleiresco-cristão, ganhando novos significados no bojo do projeto centralizador da monarquia avisina. A análise das características marcantes deste cavaleiro/nobre exemplar sugere a promoção - por meio de instrumentos simbólicos e ideológicos do poder, de novas forças sociais, que ascendem ao espaço da corte régia, fortalecendo a noção de um novo súdito, incondicionalmente fiel ao soberano lusitano.
metadata.dc.description.abstractother: The aim of this work is to analyze the memorialization accomplished during the first reigns of the Avis Dynasty, with emphasis on the Crônica de D. João I and the Crônica de D. Fernando, by Lusitanian author Fernão Lopes, and on the Crônica do Condestável, by an unknown author. Facing the challenge of consolidating and legitimizing their power, the Avis kings and the new nobility that ascended to power with them made use of political propaganda through the representation of their major personages, in order to produce paradigmatic images. Through these real heroes, who served as moral examples and role models, the kings, as well as the new nobility, strengthened their positions in the political game of the court, where the concentration of power by the monarchy and the hierarchization of spaces were increasingly prevalent. Nuno Álvares Pereira emerges from these writings as the ideal nobleman/knight, personifying attributes such as loyalty, fidelity and piety pertaining to the chivalrous Christian ideal, gaining a new significance within the centralizing project of the Avis monarchy. The analysis of the major features of this exemplary nobleman/knight suggests the promotion – through symbolic instruments, genuine ideological bases of power - of new social forces that, up to then, had little or no access to space in the royal court, strenghthening the notion of a subject unconditionally loyal to his sovereign.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/351
Appears in Collections:PPGH - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Coimbra, Marcos-Dissert-2014.pdf618.03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.