Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3533
Title: O uso do brinquedo terapêutico pelos acadêmicos de enfermagem no cuidado à criança hospitalizada
Authors: Barroso, Maria Clara da Cunha Salomão
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Liliane Faria da
metadata.dc.contributor.advisorco: Machado, Maria Estela Diniz
metadata.dc.contributor.members: Silva, Liliane Faria da
Machado, Maria Estela Diniz
Cursino, Emília Gallindo
Silva, Luciana Rodrigues da
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Barroso, Maria Clara da Cunha Salomão. O uso do brinquedo terapêutico pelos acadêmicos de enfermagem no cuidado à criança hospitalizada. 2016. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2016.
Abstract: A hospitalização infantil representa uma situação diferente de todas as vivenciadas pela criança, uma vez que sua rotina é modificada. É preciso que os profissionais da pediatria tenham um olhar diferenciado para tais peculiaridades, particularmente a equipe de enfermagem que se faz presente no cotidiano das crianças. O brincar pode ajudar a criança a ampliar seus relacionamentos com o exterior, criando um elo entre seu mundo imaginário e o do hospital. O brinquedo terapêutico (BT) se constitui num brinquedo estruturado para que a criança alivie sua ansiedade mediante as experiências vivenciadas no hospital, que representam à ela, uma ameaça. Evidencia-se a necessidade da discussão dentro das universidades acerca da utilização do brinquedo. Nesse sentido, objetivou-se identificar o uso do brinquedo terapêutico no cuidado à criança hospitalizada pelos acadêmicos de enfermagem durante a graduação e discutir as implicações do uso do brinquedo terapêutico, no cuidado à criança hospitalizada, na trajetória do acadêmico de enfermagem. Trata-se de uma pesquisa exploratória com abordagem qualitativa. Realizada na Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa (EEAAC), com 17 acadêmicos do último período da graduação. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada e os dados submetidos à análise temática. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa do Hospital Universitário Antônio Pedro sob nº 59606316.6.0000.5243. Os resultados mostraram que a maioria dos acadêmicos não utilizou o brinquedo terapêutico durante a graduação e alegam que somente tiveram o conteúdo teórico na disciplina de Saúde da Criança II. Os benefícios do brinquedo terapêutico são reconhecidos, porém inúmeras dificuldades para sua aplicação são encontradas. Sua utilização influenciaria em um tratamento mais humanizado e atraumático para a criança, tornando-a mais colaborativa. Em relação ao graduando, ajudaria na sua desenvoltura, diminuindo a insegurança e ajudando-o a mudar a visão da criança sobre o profissional. É imprescindível saber utilizar de maneira correta o brinquedo terapêutico, através de embasamento teórico e do desenvolvimento de habilidades para utilizá-lo. Conclui-se que a realização deste estudo possibilitou ressaltar a importância da utilização do brinquedo terapêutico no cuidado à criança pelos acadêmicos de enfermagem. Apesar do consenso geral, o BT é subutilizado na formação do enfermeiro, visto que os conhecimentos ficam retidos à parte teórica. Faz-se necessária a continuação de discussões sobre a temática em sala de aula vinculada a oportunidade de aplicação da técnica do BT no Ensino Teórico Prático, para que esse aluno de graduação seja capaz de implementá-la em seu ambiente de trabalho, considerando que cuidar com brinquedos é um dos meios mais eficientes de assistir uma criança.
metadata.dc.description.abstractother: Child hospitalization represents a different situation from all those experienced by the child, since her/his routine is modified. It is necessary that the pediatrics professionals have a differentiated look for such peculiarities, particularly the nursing team that is present in the daily life of the children. Playing can help the child expand their relationships with the outside world by creating a link between their imaginary world and that of the hospital. Through play, the child can transform the environment in which she/he is inserted, so that she/he can face the current situation positively. Therapeutic toy (TT) is a structured toy for the child to alleviate her/his anxiety due to experiences that represent a threat to her/him. It is evident the need for discussion within the universities about the importance of the therapeutic toy. According to this, the objective is to identify the use of therapeutic toy in the care of hospitalized child by nursing students during graduation and to discuss the implications of the use of therapeutic toy in the care of the hospitalized child in the trajectory of the nursing student. This work is an exploratory research with qualitative approach. The interviews were conducted in Aurora de Afonso Costa Nursing School (EEAAC), with seventeen undergraduate students from the last semester of graduation. The data collection was performed through a semi-structured interview and the data was submitted to thematic analysis. The research was approved by the Ethics and Research Committee of Antônio Pedro University Hospital under number 59606316.6.0000.5243. As result, most of undergraduate students did not use the therapeutic toy during graduation and claim that they only had the theoretical content in the course of Saúde da Criança II. The benefits of therapeutic toy are well recognized, however numerous difficulties for its application are found. Its use could influence a more humanized and less traumatic treatment for the child, making her/him more collaborative. In the ease of the undergraduate student, could influence by decreasing her/his insecurity and helping her/him change the child’s view about the nursing team. It is indispensable to know how to use the therapeutic toy properly. It is concluded that the execution of this study provides reinforcement of the importance of the utilization of therapeutic toy in child care performed by the undergraduate students. Despite general consensus, the TT is underused in nurse formation, since the knowledge is limited to the theoretical approach. Discussions about the subject are still necessary allied to the opportunity to apply the technique of TT in Theoretical-Practical Learning, in order to enable this undergraduate student to implement it in her/his work place, considering that care with toys is one of the most effective ways to assist a child.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3533
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Maria Clara da Cunha Salomão Barroso.pdf453.49 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons