Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3821
Title: Gênero na publicidade infantil: estratégias de marketing e representações
Authors: Dias, Julia Santos Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor: Bragaglia, Ana Paula
metadata.dc.contributor.members: Mattos, Amana
Strozenberg, Illana
Issue Date: 12-Jun-2017
Abstract: Nesta dissertação busca-se entender como a publicidade infantil vem utilizando a segmentação por gênero em seus anúncios e quais as representações e estereótipos mais presentes. Para isso, parte-se da epistemologia feminista e da semiologia, considerando a publicidade como uma “tecnologia de gênero” (LAURETIS, 1990). A hipótese aqui levantada é de que a lógica do consumo e da publicidade, cada vez mais presente no universo infantil, tende a aumentar sua segmentação por nichos e categorias, contribuindo para a separação entre gêneros na infância. Para isso, as técnicas de marketing para crianças, bem como o debate sobre a regulamentação da publicidade infantil, são levadas em conta para se entender de que forma o gênero funciona como estratégia publicitária. Analisou-se comerciais voltados para o público infantil em horários e canais destinados a esse público na televisão aberta e fechada: nos programas Bom Dia & cia, do SBT, e Detetives do Prédio Azul (DPA), do Gloob. Nas peças publicitárias pesquisadas, observa-se um alto nível de segmentação por gênero. Os produtos para meninos são apresentado com características ligadas à força e à velocidade, remetendo-se à figura do super-herói. Já os comerciais para meninas oscilam entre representações clássicas da feminilidade, ligada ao cuidado com os outros e à maternidade, e ideais modernos de mulher, que sempre remetem a cuidados com a beleza, a moda e o consumo, ligados ao ideal de musa. Essas duas representações, embora pareçam antagônicas, convergem em diversos momentos, em uma imagem de uma “super- mulher”. Negociações e adaptações nas estratégias das marcas são sentidas como respostas às mudanças na sociedade e às reclamações e protestos de consumidores. Ainda assim, essa novas estratégias muitas vezes reforçam a divisão por gênero e acabam por fortalecer alguns estereótipos
metadata.dc.description.abstractother: In this dissertation we seek to understand how advertising for children has been using gender targeting in their ads and what are the most common representations and stereotypes. For this, we start from the feminist epistemology and the semiotics, considering advertising as a "gender technology" (Lauretis, 1990). The hypothesis raised here is that the logic of consumption and advertising, increasingly present in the childhood universe, tends to increase its targeted categories, contributing to the separation of genders in childhood. In this study, the marketing techniques to children as well as the debate on the regulation of advertising for children are taken into account to understand how gender may work as advertising strategy. We analyze commercials aimed at children, in times and channels for this audience, in the open and closed broadcast: the programs Bom Dia & cia, from SBT, and Detetives do Prédio Azul (DPA), from Gloob. In the surveyed advertisements, we observe a high level of gender segmentation by gender. Products for boys are presented with attributes linked to strength and speed, referring to the super-hero figure. The commercials for girls range from classical representations of femininity, linked to caring and maternity, and the ideal of modern woman, always referred to beauty care, fashion and consumption, linked to the ideal of muse. Although seen as opposite, these two representations converge at various points in an image of a "super woman". Negotiations and adjustments in the strategies of brands are perceived as responses to contemporaneous changes in society and as well to consumers’ complaints and protests. Still, this new strategies often reinforce the gender division and eventually strengthen some stereotypes.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3821
Appears in Collections:PPGMC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação Julia Dias.pdf10.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.