Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3833
Title: Educação bilíngue: uma cartografia e as particularidades de um caso brasileiro
Authors: Vitor, Ana Dulce Moraes Albuquerque
metadata.dc.contributor.advisor: Savedra, Mônica Maria Guimarães
metadata.dc.contributor.members: Windle, Joel Austin
Bolacio Filho, Ebal Sant’Anna
Issue Date: 12-Jun-2017
Abstract: A presente dissertação tem como principais objetivos oferecer uma revisão do conceito de bilinguismo e do tema da educação bilíngue, e apresentar uma análise do Programa Escolas Bilíngues da Prefeitura do Rio de Janeiro. Tal pesquisa se faz necessária em um contexto como o nosso, onde diversas situações de bilinguismo e multilinguismo se dão devido à pluralidade linguística do Brasil. Soma-se a isto o recente fenômeno do aumento na procura e consequente crescimento do número de escolas bilíngues nos centros urbanos do país. No Rio de Janeiro, desde 2013, novas escolas públicas passam a funcionar com programas bilíngues todo ano. Em 2016, já são 15 escolas, entre municipais e estaduais. Estes programas, contudo, carecem, na maioria dos casos, de um planejamento e elaboração mais cuidadosos, sobretudo no que diz respeito ao arcabouço teórico que os sustenta. Esta dissertação se inicia, portanto, justamente acompanhando a evolução do conceito de bilinguismo desde Bloomfield (1933) até García (2009). A revisão bibliográfica nos leva a uma discussão mais concentrada no tema da Educação Bilíngue e suas formas ‘fracas’ e ‘fortes’, seus modelos e tipos, seus fatores condicionantes e a função de se educar ‘bilinguamente’ no século XXI – o referencial teórico é delineado por Baker e Prys Jones (1998), Hornberger (1991), Hamers e Blanc (2000) e García (2009). Ao fim, esboça-se uma visão geral da Educação Bilíngue no Brasil, e apresenta-se uma análise do Programa Escolas Bilíngues da Prefeitura do Rio de Janeiro. Constata-se que, a partir dessa visão geral, como afirmou Pereira (2006), a intenção não é integrar os grupos de minorias socialmente desfavorecidos – como mostra a história da Educação Bilíngue no Brasil. No que concerne ao Programa Escolas Bilíngues, seu projeto não parece ter sido desenvolvido levando em consideração todos os fatores que envolvem uma educação com esse propósito de formação. Além disso, não identificou-se adequação específica para crianças de escolas públicas localizadas, em sua maioria, em comunidades pobres da cidade, como a Pavuna. Espera-se, com esta dissertação, aprofundar o conhecimento acerca do tema, e colaborar para a expansão dos estudos no campo da Educação Bilíngue no país
metadata.dc.description.abstractother: This dissertation aims to offer a review of the concept of bilingualism and the theme of bilingual education, as well as to present an analysis of the Escolas Bilíngues Program of the City of Rio de Janeiro. Such research is necessary in a context like ours, marked by an enormous linguistic plurality, by various situations of bilingualism and multilingualism. Added to this is the recent phenomenon of an increased demand and consequent growth in the number of bilingual schools in the country’s urban centers. In Rio de Janeiro, since 2013, new public schools have been running bilingual programs every year. By 2016, there are already 15 schools. However, these programs lack, in the majority of the cases, a more careful planning and elaboration, especially with regard to the theoretical framework that underpins them. This dissertation begins, therefore, precisely following the evolution of the concept of bilingualism from Bloomfield (1933) to García (2009). The bibliographical review leads us to a more focused discussion on the theme of Bilingual Education and its ‘weak’ and ‘strong’ forms, their models and types, their conditioning factors and the role of educating ‘bilingually’ in the 21st century – the theoretical framework is outlined by Baker and Prys Jones (1998), Hornberger (1991), Hamers and Blanc (2000), and García (2009). Finally, an overview of Bilingual Education in Brazil is portrayed, and an analysis of the Escolas Bilíngues Program of the City of Rio de Janeiro is presented. It is clear that, from this overview, as stated Pereira (2006), the intention is not to integrate socially disadvantaged minority groups – as the history of Bilingual Education in Brazil shows. Regarding the Escolas Bilíngues Program, its project does not seem to have been developed taking into account all the factors that involves this type of education. Moreover, specific suitability was not identified for the children that attend these public schools, located mostly in poor communities of the city, such as Pavuna. It is hoped, with this dissertation, to deepen the knowledge about the subject, and to collaborate for the promotion of the studies in the field of Bilingual Education in the country
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3833
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO FINAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE.pdf2.74 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons