Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3842
Title: UPP e Rio Mais Social: política pública para favelas cariocas
Authors: Prestes, Gabriela Alvarenga
metadata.dc.contributor.advisor: Gurgel, Claudio Roberto Marques
metadata.dc.contributor.members: Oliveira, Carlyle Tadeu Falcão de
Costa, Frederico Lustosa da
Silva, Luiz Antônio Machado
Issue Date: 12-Jun-2017
Abstract: Essa dissertação sistematiza os problemas gerais de execução da política de segurança pública das Unidades de Polícia Pacificadora e do programa Rio Mais Social a partir de informações selecionadas e fornecidas por pesquisas acadêmicas, documentos oficiais e outras fontes secundárias que diagnosticam o processo de implementação e execução das respectivas ações governamentais. Destacamos a importância do estudo, pois se trata de eventos políticos relativamente recentes, com grau de representatividade paradigmática da materialização organizacional neoliberal de políticas públicas. Como “caminho” para compreensão totalizante dos movimentos de contradição e correlação de forças entre os atores envolvidos, preferiu-se a união de dois autores clássicos, frequentemente utilizados no meio acadêmico em análises objetivadas a revelar as causas do subdesenvolvimento brasileiro: Weber e Marx. A escolha pelo método da Sociologia Compreensiva e do Materialismo Histórico Dialético se dá na oportunidade de conquistar uma inteligência sistêmica sobre o assunto, onde é possível respeitar as especificidades históricas e contextuais do desenvolvimento do neoliberalismo e políticas públicas no Brasil, ao passo que os percebemos como elementos constituintes da materialização do Estado, da Sociedade e das Organizações no sistema capitalista hegemônico. O trajeto da pesquisa, contudo, evidencia de que maneira o Estado Servidor ou Estado Instrumento tem se configurado no contexto específico de implementação e execução da política de segurança pública das UPPs e do programa Rio Mais Social.
metadata.dc.description.abstractother: This essay systematizes the major problems in the implementation process of public security policies called Unidades de Política Pacificadora (UPP) and Rio Mais Social program from select information supplied by academic researchers, official documents and secondary sources that diagnose the execution and the realization of the respective government actions. We stress the importance of the study, because the political events are recent, with significant degree to paradigmatic representation in the materialization of a neoliberal organizational of public policies. As a "course" to acquire a totalizing understanding of contradiction movement and balance of forces between the actors involved, we preferred to unite two classical authors, often used in academia in objectified analysis to reveal the causes of Brazilian underdevelopment: Weber and Marx. The choice by the method of Comprehensive Sociology and Dialectical Materialism History takes the opportunity to gain a systemic intelligence on the subject, where it is possible to respect the historical and contextual specificities of the development of neoliberalism and public policy in Brazil, at the same time is possible to perceive them as constituent elements of the materialization of the State, the society and organizations in the hegemonic capitalist system. The path of research, however, shows how the Server State or the Instrument State has been set in the specific context of implementation and enforcement of public safety policy of the UPP and Rio Mais Social progr
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3842
Appears in Collections:PPGAd - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Gabriela Prestes.pdf1.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.