Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3844
Title: Face e Polidez nas interações entre coordenadores e professores de um curso de idiomas: entre a hierarquia e a prática colaborativa
Authors: Silva, Sabryna Schneider da
metadata.dc.contributor.advisor: Almeida, Ricardo Luiz Teixeira de
metadata.dc.contributor.members: Valério, Kátia Modesto
Rodrigues, Renata Lopes de Almeida
Issue Date: 13-Jun-2017
Abstract: A presente dissertação tem como objetivo principal investigar as interações e os discursos construídos entre professores e coordenadores de um curso de idiomas do Rio de Janeiro. Considerando um contexto em que as relações entre eles podem ser conflitantes, devido à hierarquia e aos discursos de poder envolvidos, é possível observar traços de cooperação e tentativas de aproximação nessa interação. Esta pesquisa se situa no âmbito dos Estudos do Discurso – com contribuições da pragmática, da análise do discurso e da análise da conversa – e tem como objetivo geral investigar como as estratégias de Polidez e da Face são utilizadas pelos falantes investigados. O estudo se baseia principalmente na teoria da Face proposto por Goffman (1980) e Polidez desenvolvida por Brown e Levinson (1987). Como técnicas de geração de dados, foram utilizadas gravações de sessões de feedback pós-aula entre professores e coordenadores, em que as estratégias utilizadas pelos sujeitos e as relações de poder existentes em seus discursos puderam ser identificadas, revelando as identidades móveis/fragmentadas (HALL, 2011). A pesquisa demonstra, por fim, que através de seus discursos, o coordenador pedagógico carrega no seu dizer marcas constitutivas de sua multiplicidade e que ambos, coordenadores e professores utilizam estratégias para manutenção e preservação de suas faces
metadata.dc.description.abstractother: This dissertation aims to investigate the interactions and discourses between teachers and coordinators of a language school in Rio de Janeiro. Considering a context where the relations between teachers and coordinators can be conflicting due to hierarchy and power discourses involved, it is possible to see cooperation traits and attempts of approximation in this area. This research lies in Discourse Studies – with the support of pragmatics, discourse analysis and conversation analysis – and aims to investigate how the speakers investigated use politeness and face strategies. This study is basedmainly on the Face theory suggested by Goffman (1980) and the Politeness theory developed by Brown and Levinson (1987). As the data for the present research were generated by records of feedback meeting after classes between teachers and coordinators, the strategies used by the subject and the power in their discourses where fragmented identities (Hall, 2011)could be identified. This research finally shows that by the discourse, the pedagogical coordinator has it his/her speech traits that composes its plurality and both, coordinators and teachers use strategies to sustain and preserve their ‘faces’
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3844
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Sabryna-2017PDF.pdf590.43 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons