Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3944
Title: Características geoquímicas relacionadas à distribuição da bactéria magnetotática " Candidatus Magnetoglobus multicellularis" nos sedimentos da lagoa hipersalina de Araruama, RJ
Authors: Lima Sobrinho, Rodrigo de
metadata.dc.contributor.advisor: Bernardes, Marcelo Correa
metadata.dc.contributor.advisorco: Lins, Ulysses Garcia Casado
Issue Date: 3-Jul-2017
Abstract: Candidatus Magnetoglobus Multicelularis são organizações multi celulares, classificada como pertencentes ao grupo de sulfato redutoras e que possuem em seu citoplasma cristais de greigita, que dá a eles a característica magnetotática. São encontrados em ambientes aquáticos na região de tra nsição oxica-anóxica onde há uma estratificação química vertical. Entretanto, po uco conhecimento se tem sobre as características ambientais que favorecem seu cresci mento e sua sobrevivência, o que impede seu cultivo em laboratório e a compreens ão sobre sua influência nos ciclos biogeoquímicos dos ambientes onde são encont rados. O presente trabalho tem, neste sentido, o objetivo de caracterizar as c ondições geoquímicas que exercem influência sobre a população de Candidatus Magnetoglobus Multicelularis através de uma avaliação das variáveis mais relevan tes para seu metabolismo. Foram realizadas, para isso, duas coletas nos meses de março e junho de 2007 em três pontos da Lagoa de Araruama, quantificando a d istribuição vertical da população de Ca . M. multicellularis em extratos de sedimento e as variáveis abióticas nos mesmos extratos. Os resultados mostra ram que o ferro exerce influência sobre o crescimento populacional na maio ria dos pontos. Entretanto, no ponto da Praia da baleia, onde foram encontrados 89 % de todos os indivíduos quantificados, o ferro encontra-se em concentrações maiores e outros fatores exercem maior influência sobre o crescimento popula cional, como a disponibilidade de enxofre e nitrogênio. O trabalho conclui que Ca . M. multicellularis são encontrados em maior abundância em sedimentos que f avorecem a formação de sulfetos de ferro e a população concentra-se em ext ratos onde as condições ambientais favorecem a formação e a manutenção dos cristais encontrados no citoplasma ou onde há maior disponibilidade de nutr ientes, de acordo com a necessidade metabólica das células.
metadata.dc.description.abstractother: andidatus Magnetoglobus Multicelularis consist of multicellul ar aggregate that are classified as sulfate reductors, with grei gite crystals in their cytoplasm, which give them magnetotactic characteristics. They are f ound in aquatic environments, on the oxi-anoxi transition zone, where a vertical che mical stratification. However, little is known about the environmental characteristics that favor their survival and growth. This fact prevents their controlled breed and cultu re in a laboratorial environment and also impairs the understanding of their influence o n biogeochemical cycles of the environments where they are found. Therefore, the o bjective of the present work is to characterize the environmental conditions that favo r the Ca . M. multicellularis survival through an in situ evaluation of the variables that are more importan t to the cellular metabolism. In order to obtain this data, two sampl e collections were conducted in three spots of the Araruama lagoon, in the months m arch and in june of 2007 quantifying the vertical distribution of the Ca . M. multicellularis population in sediment extracts and their abiotic variables. The results s howed that the quantified iron acts as a limiting factor in most of the collection spot s. However, in Praia da Baleia, where 89% of the total quantified individuals were found, a higher concentration of iron was also found and it does not act as a limiting factor . At the latter collection spot, other factors such as sulfur and nitrogen availability re gulate the population growth. As a conclusion, this work demonstrates that Ca . M. multicellularis are found in more abundance in sediments that enable iron sulfide for mations. Moreover, they use their magnetotactic characteristics to adapt themselves t o environmental variations that occur frequently in the referred sediment region an d they try to find a region where the environmental conditions may allow the formatio n and maintenance of the crystals found in the cytoplasm or where there are more nutrients available.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3944
Appears in Collections:PPG-GEO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Rodrigo Sobrinho.pdf3.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.