Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3986
Title: Sistema de gestão da medição: impactos e consequências em análises dos casos de recálculo da produção de petróleo e gás natural no Brasil
Authors: Tavares, Gustavo Rodrigues
Silva, Mariana Meneses Motta da
metadata.dc.contributor.advisor: Souza, Geraldo Ferreira de
metadata.dc.contributor.advisorco: Lima, Marta Verônica Ferreira
metadata.dc.contributor.members: Guerrero, Muriel Cortez
Issue Date: 12-Jul-2017
Abstract: A integridade dos volumes de produção de petróleo e gás natural fornecidos pelas operadoras é de extrema importância para garantir que os valores de participações governamentais, referentes aos volumes produzidos, estejam sendo pagos de maneira correta aos beneficiários. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) é o orgão no Brasil responsável por fiscalizar esses volumes e nela existe o Núcleo de Fiscalização da Medição da Produção de Petróleo e Gás Natural (NFP) cuja competência é verificar essas informações.Através do Regulamento Técnico de Medição de Petróleo e Gás Natural (RTM), a ANP, juntamente com o INMETRO, estabeleceu as condições e requisitos técnicos que os sistemas de medição de petróleo e gás natural deverão obedecer para garantir a credibilidade dos resultados de medição. Além disso, coloca a Norma ISO 10012 como um modelo que as operadoras devem seguir para a gestão no sistema de medição, assegurando os requisistos metrológicos que devem ser atendidos. O presente trabalho apresenta a forma como a ANP age quando ocorrem divergências entre esses volumes declarados no Boletim Mensal de Produção (BMP) e os efetivamente produzidos através do recálculo da produção, mostrando os principais casos e fatos geradores de recálculo.
metadata.dc.description.abstractother: The integrity of the oil and natural gas production volumes provided by the petroleum companies is extremely important to ensure that government participation amounts, related to the volumes produced, are being properly paid to the beneficiaries. The National Petroleum Agency (ANP) is the institute in Brazil responsible for inspecting these volumes and there, exist the Núcleo de Fiscalização da Medição da Produção de Petróleo e Gás Natural (NFP) whose competence is to verify this information. Through the Technical Regulation of Oil and Natural Gas Measurement (RTM), the NPA, with INMETRO, established the conditions and technical requirements that the oil and natural gas measurement systems must obey in order to guarantee the credibility of the measurement results. In addition, it places ISO 10012 as a model that companies must follow for management in the measurement system, ensuring the metrological requirements that must be met. The present work presents the way in which the NPA acts when there are differences between these volumes declared in the Monthly Production Bulletin (BMP) and those which were, actually, produced through the production recalculation, showing the main cases and events generating the recalculation.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3986
Appears in Collections:TGO - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mariana M M. da Silva e Gustavo R Tavares.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.