Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3999
Title: Hipodermóclise no idoso: uma terapia para a autonomia no cuidado
Authors: Brito, Willian de Andrade Pereira de
metadata.dc.contributor.advisor: Espírito Santo, Fátima Helena do
metadata.dc.contributor.members: Silva, Jaqueline da
Hipolito, Rodrigo Leite
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Brito, Willian de Andrade Pereira de. Hipodermóclise no idoso: uma terapia para a autonomia no cuidado. 2016. 147 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde), Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2016
Abstract: Trata-se de um estudo de caso único que aborda a hipodermóclise no cuidado e autonomia do idoso cujo objetivo geral foi elaborar um protocolo de hipodermóclise para a pessoa idosa e como objetivos específicos: caracterizar a produção científica sobre a hipodermóclise, identificar as vantagens e desvantagens da hipodermóclise e avaliar o conteúdo do protocolo de hipodermóclise por um painel de experts em enfermagem gerontológica. O estudo foi realizado, no período de junho de 2015 a novembro de 2016, nas seguintes etapas: na primeira etapa foi realizada Revisão integrativa da literatura para identificação das evidências científicas acerca da hipodermóclise na base de dados PUBMED e BVS, com os descritores hipodermóclise; enfermagem; saúde, obtendo-se 30 artigos. A segunda etapa caracterizou-se pela elaboração do protocolo, com base nas evidências identificadas da revisão integrativa. A terceira etapa configurou-se pela avaliação do protocolo por um painel de experts em enfermagem gerontológica, composta por seis profissionais selecionados segundo critérios de formação e atuação profissional desses enfermeiros. A partir da análise temática dos estudos da revisão integrativa foram elaboradas quatro categorias: Terapia subcutânea, uma via alternativa para o cuidado em saúde; Hipodermóclise: técnica, utilização e aplicabilidade; Hipodermóclise: tecnologias em saúde e a equipe de enfermagem; Hipodermóclise e o idoso. Dentre as evidências identificadas destacam-se as características da via subcutânea na infusão de medicamentos, sendo a hipodermóclise uma alternativa terapêutica, principalmente quando comparada à administração de medicamentos por via intravenosa; as etapas de realização da técnica e as especificidades relacionadas à hipodermóclise, assim como os cuidados desenvolvidos antes, durante e após o procedimento. Quanto à correlação da terapia subcutânea com os profissionais, constatou-se a necessidade de conhecimento e manejo de tecnologias na saúde. Os fatores que contribuem para o desconhecimento da técnica estão relacionados a não abordagem da temática nas universidades e a falta de aproximação dessas discussões com os profissionais e instituições de saúde. Quanto ao uso da hipodermóclise no idoso, esta ocorre, principalmente, no processo de gerenciamento da desidratação leve/ moderada. Tais evidências subsidiaram a elaboração de um protocolo de enfermagem voltado para o manejo desse quadro em idosos, justamente por demonstrar que apesar da possibilidade de utilização da via subcutânea para administração de medicamentos, essa técnica tem grande utilidade para a reposição hidroeletrolítica em idosos. Após a construção do protocolo, o mesmo foi avaliado por um painel de experts quanto a sua estrutura e composição das recomendações sendo indicado: inclusão de figuras para ilustrar as regiões de aplicação da hipodermóclise e da angulação para inserção do dispositivo. Após essas modificações, originou-se a versão final do protocolo. Assim, o estudo favoreceu uma discussão ampla sobre a relação da hipodermóclise com a prática clínica e sua aplicabilidade na atenção à saúde do idoso considerando as vantagens do seu uso para o idoso e para os profissionais nos serviços de saúde. Portanto, conclui-se que a hipodermóclise representa uma técnica importante para a enfermagem no cuidado ao idoso, não somente pela sua efetividade clínica no manejo da desidratação, mas porque pode possibilitar maior conforto e preservação da autonomia desses indivíduos na manutenção das suas atividades diárias favorecendo a reabilitação desses indivíduos e melhoria da qualidade de vida
metadata.dc.description.abstractother: This is a unique case study that addresses the hypodermoclysis in the care and autonomy of the elderly whose general objective was to elaborate a hypodermoclysis protocol for the elderly and as specific objectives: to characterize the scientific production on hypodermoclysis, to identify the advantages and disadvantages Of the hypodermoclysis and to evaluate the content of the hypodermoclysis protocol by a panel of experts in gerontological nursing. The study was carried out, from June 2015 to November 2016, in the following stages: in the first stage was carried out an integrative review of the literature to identify the scientific evidence about the hypodermoclysis in the database PUBMED and VHL, with the descriptors hypodermoclysis; nursing; Health, obtaining 30 articles. The second stage was characterized by the elaboration of the protocol, based on the evidences identified from the integrative review. The third stage consisted of the evaluation of the protocol by a panel of experts in gerontological nursing, composed of six professionals selected according to the training and professional performance criteria of these nurses. From the thematic analysis of the integrative review studies, four categories were elaborated: Subcutaneous therapy, an alternative pathway for health care; Hypodermoclysis: technique, use and applicability; Hypodermoclysis: health technologies and the nursing team; Hypodermoclysis and the elderly. Among the identified evidences the characteristics of the subcutaneous route in the infusion of medicaments stand out, being hypodermoclysis a therapeutic alternative, mainly when compared to the intravenous drug administration; The stages of the technique and the specificities related to hypodermoclysis, as well as the care developed before, during and after the procedure. As for the correlation of subcutaneous therapy with professionals, it was verified the need for knowledge and management of health technologies. The factors that contribute to the lack of knowledge of the technique are related to the lack of approach to the theme in universities and the lack of approximation of these discussions with professionals and health institutions. Regarding the use of hypodermoclysis in the elderly, this occurs mainly in the process of management of mild / moderate dehydration. These evidences supported the elaboration of a nursing protocol aimed at the management of this condition in the elderly, precisely for demonstrating that despite the possibility of using the subcutaneous route for administration of medications, this technique has great utility for the hydroelectrolytic replacement in the elderly. After the construction of the protocol, it was evaluated by a panel of experts regarding its structure and composition of the recommendations being indicated: inclusion of figures to illustrate the regions of application of hypodermoclysis and angulation for insertion of the device. After these modifications, the final version of the protocol originated. Thus, the study favored a broad discussion about the relationship between hypodermoclysis and clinical practice and its applicability in the health care of the elderly considering the advantages of its use for the elderly and for professionals in health services. Therefore, it is concluded that hypodermoclysis represents an important technique for nursing care in the elderly, not only for its clinical effectiveness in the management of dehydration, but also because it can provide greater comfort and preservation of the autonomy of these individuals in the maintenance of their daily activities favoring Rehabilitation of these individuals and improvement of quality of life
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/3999
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Willian de Andrade Pereira de Brito.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.