Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4005
Title: O ambiente do cuidado e a segurança do paciente idoso hospitalizado: contribuições para enfermagem
Authors: Santos, Thayane Dias dos
metadata.dc.contributor.advisor: Espírito Santo, Fátima Helena do
metadata.dc.contributor.members: Silva, Jaqueline da
Valente, Geilsa Soraia Cavalcanti
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Santos, Thayane Dias dos. O ambiente do cuidado e a segurança do paciente idoso hospitalizado: contribuições para enfermagem. 2017. 211 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) – Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2017
Abstract: Em paralelo à mudança no perfil populacional com o crescimento da população idosa ocorre a transição epidemiológica caracterizada pelo aumento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNTS) e suas complicações produzindo impactos diretos nos serviços de saúde. As taxas de hospitalização e tempo de internação de idosos são maiores quando comparadas com outras faixas etárias tornando-os mais susceptíveis a eventos adversos durante a hospitalização. Este estudo teve como objetivo geral Analisar os riscos e benefícios do ambiente do cuidado ao paciente idoso hospitalizado em enfermaria de clínica médica de um hospital universitário e como objetivos específicos: Descrever o ambiente do cuidado ao idoso hospitalizado em enfermaria de clínica médica de um hospital universitário; Identificar os riscos e os benefícios à segurança do idoso no ambiente do cuidado na perspectiva dos profissionais da equipe de enfermagem, idosos e\ou familiares acompanhantes e Elaborar recomendações para a segurança do paciente idoso hospitalizado em enfermaria de clínica médica. Trata-se de estudo com abordagem qualitativa, do tipo estudo de caso único, realizado nas enfermarias de clínica médica masculina e feminina de um hospital universitário localizado no Estado do Rio de Janeiro com profissionais da equipe de enfermagem, clientes idosos internados e\ou familiares acompanhantes. A produção de dados ocorreu no período de março a junho de 2016, por meio de observação participante e entrevista semiestruturada, sendo os dados analisados pela técnica de análise temática de conteúdo. O Projeto de pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da instituição sob Parecer o nº 996.459. Os resultados apontaram que os profissionais de enfermagem e os idosos apresentavam conhecimentos diferenciados e complementares sobre a segurança do paciente sendo destacado pelos profissionais de enfermagem que a segurança consiste na criação e estabelecimento de uma cultura de segurança na instituição mediante a mobilização de conhecimentos científicos e habilidades técnicas, do trabalho em equipe e do cuidado centrado na pessoa. Já para os idosos, a segurança está associada ao estabelecimento de vínculo profissional-paciente-família, a afetividade durante a realização dos cuidados e o controle do acesso de pessoas no ambiente hospitalar. Quanto às estratégias realizadas pelos profissionais de enfermagem para a redução dos riscos à segurança do paciente idoso hospitalizado foram destacadas: auxílio e acompanhamento dos idosos na realização de suas atividades, manipulação do ambiente externo, como manter leito travado e grades elevadas; prevenção de lesões por pressão por meio da avaliação do risco de lesão nos pacientes, mudança de decúbito; prevenção de eventos adversos associados à medicação, pela identificação dos cincos certos na administração de medicamentos, além de treinamentos e palestras para a equipe de enfermagem. Conclui-se que apesar dos profissionais de enfermagem participantes do estudo terem expressado domínio teórico sobre segurança do paciente, isso ainda não se reflete em práticas sistematizadas e focadas nas especificidades do paciente idoso, sem avaliação sistematizada dos riscos e das suas demandas no ambiente hospitalar. O estudo espera contribuir para o conhecimento e prática dos profissionais de enfermagem quanto aos riscos e benefícios do ambiente do cuidado, incentivando a elaboração e implementação de recomendações que resultem na promoção de práticas seguras que viabilizem uma assistência efetiva e livre de riscos durante o processo de hospitalização do paciente idoso
metadata.dc.description.abstractother: In parallel, the change in the population profile with the growth of the elderly population occurs to the epidemiological transition characterized by the increase of chronic noncommunicable diseases (NCDS) and complications producing direct impacts on the health services. Hospitalization rates and length of stay in the elderly are higher when compared to other age groups making them more susceptible to adverse events during hospitalization. This study had as general objective To analyze the risks and benefits of the elderly care environment hospitalized in the medical clinic ward of a university hospital and as specific objectives: Describe the care environment for the hospitalized elderly in a medical clinic ward of a university hospital ; Identify the risks and benefits to the elderly in the care environment from the perspective of nursing staff, elderly and / or accompanying family members and Elaborate recommendations for the safety of the elderly patients hospitalized in a medical clinic ward. This is a study with a qualitative approach, a single case study, carried out in the male and female medical clinic wards of a university hospital located in the State of Rio de Janeiro, with professionals from the nursing team, elderly and hospitalized patients Companions. The data production occurred in the period from March to June 2016, through participant observation and semi-structured interview, the data being analyzed by the thematic content analysis technique. The Research Project was approved by the Research Ethics Committee of the institution under protocol 996,459. The results showed that nursing professionals and the elderly presented differentiated and complementary knowledge about patient safety, emphasized by nursing professionals that safety consists in the creation and establishment of a safety culture in the institution through the mobilization of scientific knowledge and skills Techniques, teamwork, and person-centered care. For the elderly, safety is associated with establishing a professional-patient-family bond, affectivity during the care and control of access of people in the hospital environment. Regarding the strategies carried out by nursing professionals to reduce the risks to the safety of hospitalized elderly patients, the following were highlighted: assistance and follow-up of the elderly in their activities, manipulation of the external environment, such as keeping beds locked and elevated grids; Prevention of pressure injuries by assessing the risk of injury to patients, change of position; Prevention of adverse events associated with medication, identification of the right fives in medication administration, and training and lectures for the nursing team. It is concluded that although the nursing professionals participating in the study expressed a theoretical domain about patient safety, this is not reflected in systematized practices and focused on the specificities of the elderly patient, without systematic evaluation of the risks and their demands in the hospital environment. The study aims to contribute to the nursing professionals' knowledge and practice regarding the risks and benefits of the care environment, encouraging the elaboration and implementation of recommendations that result in the promotion of safe practices that enable effective and risk-free the nursing care assistance during hospitalization process of the elderly patient
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4005
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Thayane Dias dos Santos.pdf2.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.