Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4070
Title: Liderança de enfermagem em seus aspectos coercitivos e/ou de conquista do liderado
Authors: Soares, Rebeca Magalhães
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Rose Mary Costa Rosa Andrade
metadata.dc.contributor.members: Silva, Rose Mary Costa Rosa Andrade
Ramos, Eliane Pereira
Silva, Marcos Andrade
Issue Date: 2011
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Soares, Rebeca Magalhães. Liderança de enfermagem em seus aspectos coercitivos e/ou de conquista do liderado. 2011. 64 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2011.
Abstract: Com o decorrer dos anos a gestão de pessoas passou a ser vista como um dos pontos chaves para o sucesso de uma organização, assim estudar de que forma a liderança pode influenciar positivamente seus seguidores passou a ser umas das principais temáticas de instituições de todas as áreas. A enfermagem sempre irá ocupar cargos de chefia ao coordenar uma equipe de técnicos e/ou auxiliares. Fazer com que liderados sejam atendidos em seus interesses e objetivos pessoais é essencial para que a equipe coloque todos os seus esforços a favor do serviço que vai desempenhar. Este estudo busca depreender na fala dos técnicos e dos auxiliares de enfermagem o tipo de liderança que o faz mais producente e motivado, dizer quais as características que os técnicos consideram mais importante na liderança de enfermagem, reconhecer na fala dos técnicos de que forma a equipe de enfermagem pode ajudar a construir uma liderança mais eficaz, listar as cinco palavras que vem a mente dos técnicos ao ouvirem a palavra indutora “chefia” e se para os técnicos é responsabilidade da chefia de enfermagem a construção de um ambiente de trabalho saudável para todos. Metodologicamente a pesquisa é descritiva-exploratória com abordagem qualitativa e foram atingidos todos os preceitos éticos e legais para a pesquisa com seres humanos. A pesquisa de campo foi realizada de abril a junho de 2011 através da realização da entrevista semi-estruturada. O cenário foi o Hospital Universitário Antônio Pedro, localizado no centro de Niterói. Os sujeitos foram 20 técnicos de enfermagem e os critérios de inclusão foram ser técnico ou auxiliar de enfermagem da enfermaria do Hospital Universitário Antônio Pedro e concordar em participar da pesquisa mediante a assinatura do Termo de Consentimento. O projeto foi submetido ao comitê de ética do Hospital Universitário Antônio Pedro, sendo aprovado com o número CEP 055/11. Os dados encontrados foram divididos em cinco categorias: liderança que queremos chama-se democrática; o líder ideal: aquele que se movimenta; a importância da união no trabalho; o valor da credibilidade; a chefia como espelho e exemplo. A análise desses dados revelou haver nos técnicos um desejo de participar junto com a liderança dos processos decisórios, se sentindo mais motivados quando encontram uma liderança que valoriza seu trabalho e que considera suas opiniões sobre o serviço e a assistência. Pode-se perceber que os técnicos querem ser ouvidos e que os mesmos valorizam mais a chefia de enfermagem quando são líderes participativos e que estão ativamente envolvidos em todo o processo de trabalho, não apenas nas partes de rotina onde envolve excesso de burocracia. Conclui-se assim que o perfil de liderança aqui traçado baseia-se no modelo pós-industrial de gestão, ou seja, ter uma enfermagem que líder, por exemplo, com participação direta na assistência junto aos técnicos e que delega poder aos seus liderados ao saber ouvir suas opiniões e inquietações é o ponto chave para que a equipe de enfermagem seja cada vez mais produtiva e que se mantenha motivada no trabalho e nos objetivos e ideologias da instituição que está inserida.
metadata.dc.description.abstractother: Over the years people management was seen as one of the keys to the success of an organization, so studying how leadership can positively influence his followers came to be one of the main thematic areas of all institutions . The nurse will always occupy positions of leadership in coordinating a team of technicians and / or auxiliaries. Have led to be served in their personal interests and goals is essential for the team to put all its efforts to promote the service to be performed. This study seeks to deduce the speech of technicians and nursing assistants the kind of leadership that makes you more productive and motivated, to say what the features that experts consider most important in nursing leadership, recognizing the technical talks on how the team Nursing can help build a more effective leadership, list five words that come to mind upon hearing of the word technical inducing "heads" and to the technicians is the responsibility of nursing leadership to build a healthy working environment for all . Methodologically the research is descriptive and exploratory qualitative approach and have been met all legal and ethical guidelines for research with human subjects. The field research was conducted from April to June 2011 by conducting semi-structured interview. The setting was the University Hospital Antônio Pedro, located in downtown Niterói. The subjects were 20 nursing technicians, and the inclusion criteria were to be technical or auxiliary nursing ward of Antônio Pedro University Hospital and agree to participate in the study by signing the consent form. The project was submitted to the ethics committee of the University Hospital Antônio Pedro, being ok with the number CEP 055/11. The data were divided into five categories: leadership that we called democracy, the ideal leader: one who moves, the importance of the union at work, the value of credibility, the leadership and example as a mirror. The data analysis revealed that there are technical in a desire to participate with leadership decision-making, feeling more motivated when they find a leader who values their work and consider their opinions about the service and assistance. You can see that the coaches want to be heard and that they value their head nurse when they are participatory and leaders who are actively involved in the process of work, not just the parts where the routine involves too much bureaucracy. It is concluded that the profile of leadership drawn here is based on post-industrial model of management, ie have a nursing leader, for example, with direct participation in assisting with the technical delegate and empower their subordinates to learn to hear your opinions and concerns is the key to the nursing staff is more productive and motivated to remain at work and the goals and ideologies of the institution is located.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4070
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Rebeca Magalhães Soares.pdf250.44 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons