Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4090
Title: Metodologias usuais para tratamento dos principais poluentes atmosféricos em centros urbanos
Authors: Oliveira, Natália de Mattos Nelson
metadata.dc.contributor.advisor: Coutinho, Ana Carla da Silveira Lomba Sant´Ana
metadata.dc.contributor.members: Oliveira, Hugo Alvarenga
Silva, Rosenir Rita de Cássia Moreira da
Issue Date: 28-Jul-2017
Abstract: O tratamento do ar é um requerimento básico a saúde e bem estar do ser humano. Entretanto, cerca de dois milhões de mortes prematuras por ano evidenciam que a poluição atmosférica se torna uma ameaça real e global. Nos centros urbanos, não só os ocupantes do lado externo estão sujeitos a essa poluição, como também aqueles que estão no interior das edificações que tem o ar com concentrações de contaminantes semelhantes. Dependendo do contaminante e das condições interiores de operação, as concentrações podem sofrer decréscimos ou acréscimos significativos, que afetam diretamente a saúde e níveis de concentração em atividades do indivíduo. O estudo e desenvolvimento de tecnologias para o tratamento desses poluentes é vital para se manter um alto nível de qualidade do ar exterior e, principalmente, interior, de modo a garantir a saúde ocupacional dos indivíduos. Com base nessas premissas e normas regulatórias mundiais, este trabalho foi desenvolvido para apresentar os diferentes equipamentos de tratamento do ar nos centros urbanos, a partir da análise dos principais poluentes existentes, sendo particulados ou gasosos, seus efeitos na saúde humana e limites de concentração impostos pelas principais normas regulatórias, incluindo a ANVISA. A análise indica a necessidade do desenvolvimento dos equipamentos para materiais particulados, filtros, e maior eficácia dos equipamentos por via líquida apesar da baixa utilização nos centros urbanos
metadata.dc.description.abstractother: The air treatment is a basic requirement for health and welfare of the human being. However, there isabout two million premature deaths each year show that air pollution have become a real and global threat. In urban centers, not only the occupants of the outside are subject to such pollution, as well as those who are inside the building that has the air with similar concentrations of contaminants. Depending on the contaminant and interior operating conditions, concentrations may suffer declines or significant increases, that directly affect health and to focus on the individual activities. The study and development of technologies to address these pollutants is vital to maintain a high level of outdoor air quality and, particularly, inside, to ensure the occupational health of individuals. Based on these assumptions and global regulatory standards, this work was to present the different air treatment equipment in urban centers, from the analysis of the main existing pollutants, particulate and gaseous, its effects on human health and concentration limits taxes the main regulatory standards, including ANVISA. The analysis indicates the need for the development of equipments for particulate matter, filters, and greater efficiency of the equipments by liquid route in spite of the low utilization in the urban centers
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4090
Appears in Collections:TGQ - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC-Natalia Mattos.pdf2.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.